sexta-feira, 23 de maio de 2008

APELO

Daqui queria cumprimentar os adeptos do Penafiel que estão espalhados pelo mundo, que não devem ser muitos mas que os há com toda a certeza, pois eu conheço alguns. Queria pedir a esses adeptos que demonstrassem o amor pelo seu clube fazendo-se sócios do FC.Penafiel, por 7.50euros por mês é quanto custa a quota mensal. Se por acaso tiverem dificuldade em se fazerem sócios, pois acredito que tenham devido ao site do Penafiel estar completamente desactualizado, escreverem para aqui que eu trato disso sem o menor problema. Daqui queria cumprimentar adeptos que gostam do clube e que estão noutros países tais como o Jorge Puskas e Filipe Catota em Inglaterra e o Bruno no Brasil, pessoas que gostam do FC. Penafiel e que tentam acompanhar as novidades do clube.Queria também apelar aos sócios do penafiel que não esmorecam e que continuem a pagar as quotas e que continuem a ver o Penafiel. Já somos poucos e não podemos perder mais adeptos. Uma palavra para a Direcção e para o director de marketing do FC. Penafiel que nada fazem para angariar mais sócios. É uma vergonha... Já que não fazem nada, nós os sócios temos essa tarefa para fazer, se cada sócio arranjasse outro duplicariamos os adeptos no estádio. Eu já fiz a minha parte e convenci a minha mãe e o meu irmão a irem ao estádio, agora está nas vossas mãos fazerem o mesmo. Vamos fazer este clube grande e que para a próxima época sejam mais os adeptos do que os que foram na época transacta. Para o ano NADA MENOS QUE A SUBIDA...

FORÇA PENAFIEL.........

sexta-feira, 16 de maio de 2008

FABRICIO E CALAMARI RESCINDIRAM

Os jogadores Brasileiros Fabricio e Calamari rescindiram de forma amigável, dois jogadores que não tiveram muitas oportunidades de jogar principalmente Fabricio que inexplicavelmente quase nunca jogou, opcões de António Sousa.......

ENTREVISTA AO PRESIDENTE DO PENAFIEL

Pergunta - Que balanço faz desta experiencia à frente do Futebol Clube de Penafiel?

Pereira de Magalhães - Em termos desportivos foi mau. Apesar do terceiro lugar conseguido na Taça da Liga, não conseguimos a manutenção na Liga Vitalis. Nas camadas jovens cumpriram-se os objectivos definidos e voltamos a ter bons valores desportivos a despontar.


P. - O que é que correu mal?

P.M. - Começamos muito mal o campeonato. Nos seis primeiros jogos fizemos só um ponto. A responsablidade é em primeira análise da direcção que escolheu mal o plantel, depois é dos atletas porque não jogaram melhor, depois da equipa técnica que não soube orientar melhor e por último dos adeptos.


P. - Dos adeptos porquê?

P.M. - Porque não apoiaram a equipa quando foi preciso. Nós perdemos mais pontos em casa do que fora. Em muitos jogos em casa tivemos menos adeptos do que a equipa visitante. Mas aí também é responsabilidade minha, não devo ter sabido cativar os adeptos.


P. - Sente que se ficou a dever à sua falta de experiência?

P.M. - Não, até porque a equipa directiva contava com dois ex-presidentes do clube. O mais importante ao meu entender, é que esta II Liga foi disputada em condições injustas e desiguais. Nós cumprimos com todas as nossas responsabilidades fiscais e salariais, pagamos à segurança social, pagamos tudo, e depois disputamos jogos com equipas que não o fazem e investem tudo no plantel. não é justo.


P. - Acha que o Penafiel tem massa social e económica que garanta uma equipa nas competições profissionais?

P.M. - Dou-lhe a resposta com um exemplo, na única assembleia-geral que convoquei, em Fevereiro, apareceram 16 pessoas, 14 eram directores e duas eram funcionários.


P. - Se voltasse atrás no tempo mudava alguma coisa?

P.M. - Não aceitava ser presidente.


P. - Porquê?

P.M. - Porque não tive o apoio necessário. Não senti o apoio das estruturas que me deviam ter apoiado. Isso e o facto de não haver verdade no futebol profissional português.


P. - Os casos de indisciplina registados no início da época influenciaram o resultado?

P.M. - Sem dúvida nenhuma que o plantel se ressentiu das atitudes de indisciplina do Zéquinha. Ele foi um elemento desestabilizador do plantel. Depois de termos afastado o Zéquinha e outros elementos, o plantel não voltou a registar actos de indisciplina.


P. - Admite continuar à frente do Penafiel na próxima época?

P.M. - As circunstâncias mudaram. Assumi um cargo profissional que não estava à espera e, hoje, a minha disponibilidade já não é a mesma. No entanto, há alguns assuntos que devo resolver e, só depois de estarem ultrapassados, colocarei o lugar à disposição. Mas uma coisa é certa, não deixarei o poder cair na rua.


P. - Tem ideia de que algum nome o possa suceder?

P.M. - Há muita gente capaz de o fazer. Gente que está na minha equipa e gente fora da direcção.


P. - O Penafiel vai ou não vender o Guedes?

P.M. - O Guedes é um bom jogador que foi cobiçado e observado por diversas equipas. É um jogador que, desportivamente, é muito importante para o clube, mas tudo pode acontecer.


P. - E o dinheiro da venda do Wesley já apareceu?

P.M. - Não. O Aláves deve cerca de 450 mil euros que até agora ainda não se conseguiram cobrar. Temos um gabinete de advogados em Espanha a tratar disso, mas sem resultados.
Quando tomei conta do clube foi-me garantido que iria receber essa verba. Terminei a época sem a receber.


Aceitam-se comentários a esta entrevista do nosso presidente.

quarta-feira, 14 de maio de 2008

JEAN

Alguém viu o golo do Jean contra o Aves????? Parece fácil... Agora digam-me se este jogador não devia ter jogado mais. O Bakero durante a época teve 5 ou 6 oportunidades frente ao guarda-redes e não marcou. O Sousa andava mesmo de olhos tapados para não meter o Jean a jogar. Já agora felicito o Dias pelo golo que marcou...

domingo, 11 de maio de 2008

ASSEGURADO O PENÚLTIMO LUGAR

Último jogo da época com o Desportivo das Aves o Penafiel saiu com uma vitória 2 a 1. É pena que esta vitória não dê para nada. Só há esperança de algum clube rebentar, vamos esperar para ver. Se isso não acontecer para o ano lá estarei no estádio 25 de Abril para apoiar o nosso PENA...

FORÇA PENAFIEL......

quinta-feira, 8 de maio de 2008

ACABOU-SE O SONHO

Acabou-se o sonho de ficar na Liga Vitalis, numa época muito má do Penafiel aconteceu o inevitavel. Passados 43 anos voltamos ao 3 escalão do futebol português. Agora falta saber quem são os responsaveis pela descida de divisão. Será que o Rui Bento tinha razão !? Apesar do Penafiel não estar a jogar muito bem com o mister Rui Bento, os dirigentes do Penafiel decidiram despedi-lo em vez de limpar o balneáreo, realmente mandaram alguns jogadores embora e merecidamente, jogadores como o Zequinha e Fernando, mas já foi tarde. O Rui bento bem avisou que alguns jogadores estavam a mais, mas os dirigentes decidiram pelo o que é normal, demitir o técnico. Com António Sousa o futebol não melhorou, o treinador teve sempre opções altamente discutiveis no 11 do Penafiel, e em Janeiro as contratações de inverno foram escassas e de pouca qualidade. A única contratação de inverno que sobressaiu foi Jean, jogou poucos jogos devido as opções de António Sousa, mas notou-se que tinha qualidade para jogar muito mais, Bacari mostrou-se também ao treinador mas Sousa fiel ao seu 11 nunca mudou quase nada, não se compreende jogadores como Hélder Sousa e Dias jogarem tantos minutos como jogaram.
Devido a tudo isto, o penúltimo lugar para já assenta-nos bem, para já porque ainda podemos ficar em último. Agora só falta preparar a próxima época e espero que não se cometa os erros deste ano pois não quero que aconteça ao Penafiel o que aconteceu a clubes como Famalicão, Leça, Tirsense. Por isso peço aos dirigentes do Penafiel que não deixem o clube ir abaixo. E claro aos adeptos e sócios do Penafiel que para o ano continuem apoiar o nosso clube para voltarmos de novo ao futebol profissional.
FORÇA PENAFIEL

PENAFIEL 0 - 2 VIZELA


Estádio 25 de Abril

Espectadores: 850

Árbitro - Duarte Gomes

PENAFIEL - Palatsi, Celso, Pedro Araújo, Franco (Rui Sampaio 70), João Pedro, Hélder Sousa, Lourenço (Thiago 54), Jean, Dias (Bacari 79), Bakero, Guedes

VIZELA - Riça, Rodrigo, Claúdio, Machado, Kata, Rincon, Quim Berto, Guerra, Fangueiro (Emerson 74), Hélder Sousa (Kita 88), Serjão (Fininho 60)

GOLOS - Rincon ( 25, 76)

sábado, 3 de maio de 2008

CONVOCATÓRIA PENAFIEL - VIZELA

96 - Palatsi
24 - Vasco Viana
02 - Celso
03 - Hélder Sousa
77 - Franco
07 - Rafa
08 - Lourenço
09 - Guedes
99 - Thiago
13 - Rui Sampaio
14 - Bakero
21 - Pedro Araújo
20 - Pedro Moreira
26 - João Pedro
27 - Dias
44 - Penela
83 - Bacari
86 - Jean
88 - Alex

Castigados com 1 jogo: Avelino e Ferreira

sexta-feira, 2 de maio de 2008

JOGADORES DO PENAFIEL ALICIADOS PARA PERDER


Notícia avançada pelo correio da manha.

Dois anos depois de os factos terem ocorrido, a Polícia Judiciária do Porto termina a investigação. O processo já está no DIAP para acusação pública, devendo a mesma recair apenas em Beto Andrade, um ex-jogador e agora empresário com ligações a Jorge Baidek.
Em causa está uma tentativa de aliciamento a jogadores do Penafiel ocorrida em Junho de 2006, antes do encontro entre os penafidelenses e a Naval 1.º de Maio, a contar para a 34.ª e última jornada da Liga 2005/06.
Segundo o que o CM apurou, Beto Andrade encontrou-se com Juninho Petrolina e Nuno Diogo, ambos jogadores do Penafiel, para que estes ajudassem a Naval a não descer de divisão. Deveriam fazer tudo para perder o jogo e receberiam em troca 30 mil euros, que seriam pagos também ao guarda-redes Nuno Santos.
Os jogadores garantem que recusaram a proposta e Beto Andrade, ouvido na PJ, assegurou que nunca aliciara os atletas. Confirmou, contudo, o encontro com os jogadores, dizendo depois que agira a mando de Jorge Baidek, outro empresário que pretenderia que aqueles atletas utilizassem os seus serviços.
A versão foi mais tarde desmentida pelo agente que já trabalhou com José Veiga. Baidek afirmou nunca ter pedido a Andrade que falasse com os jogadores, embora as chamadas telefónicas desse dia confirmem conversas entre os dois empresários antes e depois do encontro.
Ainda segundo o CM apurou, outro jogador que terá sido aliciado no mesmo encontro foi Wellington Oliveira. O central foi abordado por Sidney, médio do Braga e que jogou também no Penafiel, que lhe deu conta de que Beto estava disposto a dar 30 mil euros a quem ajudasse a Naval a ganhar o encontro. Wellington terá recusado a proposta.
Ainvestigação da PJ não conseguiu determinar se houve qualquer interferência da Naval 1.º de Maio neste processo. Acreditam os investigadores que Beto Andrade agiu a mando de alguém mas não sabem de quem se trata.
Refira-se, ainda, que a Naval, presidida por AprígioSantos, ganhou esse jogo por 1-0, mas os investigadores também não encontraram qualquer lance passível de sustentar a corrupção. O golo foi conseguido num contra-ataque, de forma aparentemente limpa.