domingo, 29 de abril de 2012

MAIS UMA MÁ EXIBIÇÃO

  O FC Penafiel teve esta tarde mais uma má exibição na Vila das Aves frente ao candidato à subida o Aves.  Francisco Chaló apresentou o seu melhor onze e deu-se mal. Não houve oportunidades de golo, as bolas paradas marcadas no primeiro tempo por Sérgio Oliveira nunca levaram perigo ao guardião Avense e nunca houve um fio de jogo. O golo do Aves apareceu aos 39 minutos num cruzamento em que Vasco Matos encostou para a baliza defendida por Golas. Ao intervalo o técnico penafidelense deixou Sérgio Oliveira no balneário e fez muito bem pois o médio parecia que estava a jogar por favor. Entrou em sua vez Pedrinha que deu mais garra ao meio campo mas no entanto as jogadas ofensivas continuavam nulas. Aos 70 e 75 minutos Chaló  fez entrar respetivamente Baptiste para o lugar de Guedes e Diogo Viana para a saida de Dias, as substituições não deram em nada e aos 80 minutos Coronas teve a infelicidade de introduzir a bola na própria baliza fazendo o 2-0 para o Aves. O resultado estava feito e o final da partida foi chegando ao fim sem uma única oportunidade de golo clara para o Penafiel a não ser um remate de Rafa no segundo tempo. A meia centena de penafidelenses presentes no estádio não merecia esta exibição paupérrima dos jogadores penafidelenses. No final da partida só três jogadores tiveram coragem de agradecer o apoio vindo das bancadas (Ferreira, Rafa e Coronas). Matematicamente a manutenção ainda não está assegurada e no próximo jogo frente à Oliveirense uma vitória é precisa para assegurar a tal manutenção mas também é preciso uma boa exibição para se despedirem dos sócios que tanto apoiaram estes jogadores no 25 de abril durante toda a época.

Jogo disputado no Estádio do Clube Desportivo das Aves, em Vila das Aves.
Ao intervalo: 1-0.
Marcadores:1-0, Vasco Matos, 39 minutos. 2-0, Pedro Coronas, 81 (própria baliza).

Equipas:
Desportivo das Aves: Rui Faria, Geraldes, Tiago Valente, João Pedro, Nelson Pedroso, Romeu, Ricardo Chaves (Tito, 67), Bischoff, Pedro Pereira (Renato, 75), Vasco Matos, Pires (Dally, 89).
(Suplentes: Márcio Ramos, Grosso, Tito, Pedro Cervantes, Renato, Fonseca, Dally).

Penafiel: Vítor Golas, Luís Dias (Baptiste, 75), Paulo Oliveira, Allyson, Elízio, Hélder Ferreira, Rafa, Pedro Coronas, Sérgio Oliveira (Pedrinha, 46), Guedes (Diogo Viana, 60), Manoel.
(Suplentes: Tiago Rocha, Vítor Bruno, Valdemar, Pedrinha, Baptiste, Diogo Viana, Aldair).

Árbitro: Rui Silva, de Vila Real.
Ação disciplinar: cartão amarelo para Sérgio Oliveira (19), Ricardo Chaves (45), Bischoff (65), Paulo Oliveira (78), Elízio (82), Nelson Pedroso (85).

sábado, 28 de abril de 2012

OPINIÃO DA SEMANA

Na entrevista concedida à RCP que foi para o “ar” no dia 22/04, antes do relato do jogo Covilhã – Penafiel, o Sr Luís Sousa, responsável pelo departamento de formação, afirma que o primeiro objectivo do departamento é FORMAR HOMENS, que privilegiam a componente SOCIAL, os RESULTADOS desportivos são secundários, ELOGIA o Sr. Gomes, o Sr Teixeira e o Prof João e, o mais caricato, assume-se como um Penafidelense com MISTICA. Ficam bem para a opinião pública estas declarações, no entanto, isto é só TEORIA, pois, na PRÁTICA não é assim que funciona nem é isso que sente. Senão vejamos: Como é possível FORMAR HOMENS com injustiças, compadrios, discriminação, hipocrisia, interesses pessoais acima dos interesses do clube… Socialmente diz que apoiam jovens atletas com carências a nível social, pelo menos, existe uma vertente muito positiva e de louvar. Mas, esse apoio tem que ser dado a todos os que realmente precisem. Não podem só privilegiar os bons atletas (PJP, gostei desta sigla), os menos bons também têm que ser contemplados. Quanto aos RESULTADOS desportivos afirma que não são o mais importante. Mas, no final da entrevista contradiz afirma que esta época seria coroada de sucesso caso o Iniciados A subam à 1ª divisão. Afinal os resultados desportivos são ou não importantes? Relativamente aos elementos da direcção, teve o bom senso e a lucidez, de afirmar que o Sr Gomes (…é um ilustre Penafidelense, uma pessoa muito digna e que deveria continuar à frente do clube por muitos mais anos) Há cerca de três anos atrás, nas reuniões do departamento, classificava-os assim: (… Sr Gomes era um velho caduco, que tinha a mania, que estava ultrapassado. O Sr Adriano era um “…………”, o Sr José António e o Sr Manuel Fernando eram uns “lambe botas”. O único elemento da direcção que se aproveitava era o Sr Teixeira). Como consegue conviver com estes elementos? HIPOCRISIA Mas, o mais ridículo da entrevista é quando se assume como um Penafidelense com mística. Que mística pode ter uma pessoa, que embora tenha representado as camadas jovens do clube, que reside em Penafiel sem problemas financeiros, que nem sócio é. Entrou para sócio (nº 4706) no inicio da época 2009/2010, quando em reunião de direcção decidimos que os Directores do Departamento deveriam ser sócios. Nas 2/3 épocas anteriores era Director do Departamento sem ser sócio. Este senhor, Luis Sousa é um mau exemplo e está a prestar um mau serviço que só quer protagonismo bem patente na entrevista, pois utiliza, constantemente, na parte que lhe interessa o “eu”. Os outros elementos da direcção não contam. Joaquim Sousa Socio nº 518

segunda-feira, 23 de abril de 2012

RESUMO

domingo, 22 de abril de 2012

COVILHÃ 1 - 0 PENAFIEL

O FC Penafiel obteve nova derrota fora de portas desta vez na Covilhã, o golo dos serranos foi marcado na primeira parte quando decorria 29 minutos. Francisco Chaló  optou por um onze diferente dos últimos jogos, Mota e Baptiste foram titulares e Guedes jogou a médio ofensivo, enquanto que Sérgio Oliveira ficou no banco, talvez por ter feito um jogo a meio da semana pela seleção de sub-20. Na primeira parte o Penafiel apenas viu o Covilhã jogar não criando perigo para a baliza de Nuno Santos. Ao intervalo o técnico penafidelense fez entrar Manoel e Sérgio Oliveira e o Penafiel melhorou, mesmo assim foram do Covilhã as melhores ocasiões de golo que em contra ataque importunava e muito o guardião Riça. As melhores oportunidades de golo por parte do penafiel foram de Sérgio Oliveira, que num remate potente fez Nuno Santos defender a bola com grande dificuldade, Diogo Viana também teve a sua oportunidade mas o remate foi para fora. Foram mais três pontos perdidos estando agora o Penafiel em sétimo lugar com 35 pontos. O próximo jogo será novamente fora do 25 de abril desta vez na Vila das Aves frente ao candidato à subida o Desportivo das Aves.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

CACHECOIS PENABOYS


A associação Penaboys lançou esta semana duas variedades de cachecois para os adeptos do FC Penafiel, um para os homens e outro para as mulheres, uma completa novidade em Penafiel para as mulheres rubro negras apoiarem o seu clube. Foram feitos apenas uma centena de cada. Esperemos que comprem o cachecol, pois falta colorido nas bancadas do 25 de abril. Cada cachecol custa 7 euros e se quiserem comprar, podem procurar na sede dos Penaboys, Taco Bar ou no bar do estádio da bancada nova, como só há mais um jogo no nosso estádio o melhor para quem quiser comprar é ligar para o número 915729846 e combinar o local. Esta é mais uma iniciativa dos Penaboys a única e fiel falange de apoio que o clube tem. É raro ver-se cachecois à venda do nosso clube, pois isso agora  mudou, cá estão eles para voçes. PENAFIEL SEMPRE

terça-feira, 10 de abril de 2012

MAIS E MENOS DA SEMANA

O mais da semana vai para o autor do golo Elízio. Tem feito bons jogos e neste último encontro fez o golo da vitória da equipa penafidelense.  Tem vindo a melhorar os seus cruzamentos, que era a sua maior falha. Ao fim de três anos está aprender a fazer cruzamentos certeiros. Este ano ainda não marcou golos de cabeça para o campeonato como nos habituou em épocas passadas e por isso continuamos à espera desses golos.

O menos da semana vai para Sérgio Oliveira, esperava-se muito mais deste médio emprestado pelo FC Porto. Ainda fez dois bons jogos  ao serviço do nosso clube mas as suas exibiçóes vêm decaindo jogo para jogo. Não estavamos à espera de um salvador mas um jogador com entrega e que fizesse assistências para golos, algo que não acontece na nossa equipa. Um dos fatores para os nossos avançados não marcarem golos é sem dúvida a pontaria, mas outro fator é os sistemáticos maus passes que os nossos médios fazem para os nossos avançados e Sérgio Oliveira  é o principal alvo pois é um dos jogadores com mais técnica no plantel.

sábado, 7 de abril de 2012

FINALMENTE UMA VITÓRIA

Esta tarde o FC Penafiel conseguiu uma importante vitória sobre o Atlético por 1-0. O golo foi marcado por Elízio no início da segunda parte. Foi um jogo em que os jogadores penafidelenses entraram com grande vontade de vencer mas futebol jogado não era o melhor, na primeira parte houve poucos lances de perigo sendo a maior oportunidade do Penafiel num cruzamento em que Guedes não respondeu da melhor maneira. Ao intervalo Francisco Chaló fez sair Aldair para a entrada de Baptiste. A equipa penafidelense melhorou na segunda parte e mesmo com o golo aos 50 minutos não relaxou e quis aumentar a vantagem, Baptiste ganhou muitas bolas de cabeça e Guedes deu muito trabalho aos defesas da capital. Paulo Oliveira lesiounou-se e Valdemar entrou em seu lugar. Pedrinha também entrou e veio trazer maturidade ao meio campo. O jogo caminhou para o fim e o Atlético pouco importunou Riça, mas no 25 de abril todos pensavam nos descontos e nas últimas partidas, mas a equipa hoje esteve bem e não sofreu golos nos descontos. O Penafiel encontra-se agora na sexta posição a 4 pontos do quarto lugar.

Estádio municipal 25 de Abril, em Penafiel.

Penafiel - Atlético, 1-0.
Ao intervalo: 0-0.
Marcadores:
1-0, Elízio, 51 minutos.

Equipas:
Penafiel: Riça, Dias, Allyson, Paulo Oliveira, Elízio, Rafa, Ferreira, Sérgio Oliveira (Diogo Viana, 77), Coronas, Guedes e Aldair (Baptiste, 46).Suplentes: Vítor Golas, Valdemar, Vítor Bruno, Pedrinha, Mota, Diogo Viana e Baptiste.

Atlético: Caleb, Luís Dias, Vítor Bastos, Gonçalo Silva, Stéphane, Filipe Ferreira (Matias, 85), Saramago, Barry, Laurindo, Tiago Caeiro e Mário Mateus (Hélio Vaz, 78). Suplentes:Botelho, Rolão, Matias, Zezinho, Hélio Vaz, Hugo Lopez, Gonçalo Abreu.

Árbitro: Manuel Mota (Braga).
Ação disciplinar: Cartão amarelo a Rafa (29), Laurindo (82), Stéphane (90) e Hélio Vaz (90+2).

Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.

terça-feira, 3 de abril de 2012

JUNIORES SOBEM À 1.ª DIVISÃO



 Neste último sábado os juniores do FC Penafiel venceram o Vizela POR 1-2 no seu reduto e garantiram a presença para a próxima época na primeira divisão nacional de juniores. O jogo foi bem disputado onde houve sempre incerteza no marcador. O Penafiel foi o primeiro a marcar por intermédio de Ismael aos 25 minutos. O Vizela ainda na primeira parte empatou a partida com um grande golo fora da área. Na segunda parte o Penafiel atacou mais mas o golo só apareceu aos 90 minutos num cruzamento em que o defesa ao tentar cortar a bola introduziu-a na baliza. Foi a festa total dos jogadores e dos muitos adeptos que se deslocaram a Vizela.  O jogo chegou ao fim com a vitória penafidelense onde assegurou a tão desejada promoção. PARABÉNS A TODOS.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

MAIS UMA DERROTA

  Ontem em Portimão o Penafiel obteve nova derrota e novamente nos descontos, o resultado foi de 3-2 para o Portimonense. O jogo até começou bem para o Penafiel onde aos 8 minutos  Manoel foi rasteirado na area do Portimonense e Duarte Gomes não teve dúvidas em expulsar o defesa algarvio e marcar grande penalidade. Tudo parecia bem encaminhado para o Penafiel, mas Manoel chamado a marcar a grande penalidade mandou por cima da barra, num penalti muito mal marcado. A partir desse lance e inexplicavelmente o Portimonense foi a melhor equipa em campo. A equipa de Francisco Chaló com mais um jogador foi incapaz de criar perigo para a baliza de Serginho. Uma das principais dores de cabeça dos defesas penafidelenses era Luís Carlos  e num canto batido pelo antigo extremo penafidelense o golo aconteceu para a equipa algarvia, isto aos 22 minutos. Mesmo depois do golo o Penafiel era uma equipa apática, onde o meio campo penafidelense não conseguia acertar com os passes. Coronas entrou aos 25 minutos e entrou muito bem e foi ele que criou a principal oportunidade de golo no primeiro tempo mas que infelizmente não deu em golo. Na segunda parte Chaló fez entrar Diogo Viana que  juntamente com Coronas  e Guedes foram os melhores em campo por parte do Penafiel. Aos 51 minutos Manoel fez o empate quando o guarda redes e um defesa algarvio se desentenderam, a bola ficou à mercê do avançado penafidelense onde só teve de encostar para a baliza. O Penafiel balanceado no ataque abriu espaços na defesa e o Portimonense empatou aos 60'. O Penafiel que melhorou muito o seu futebol na segunda parte sendo mais objetivo conseguiu fazer novamante o empate  num lance confuso na área onde Valdemar empurrou a bola para o fundo das redes. A equipa de Francisco Chaló tentou a vitória com cruzamentos tanto da direita  e esquerda mas o melhor que conseguiu foi um remate de cabeça de Guedes em que Serginho teve bem ao defender a bola. O árbitro da partida deu 4 minutos de desconto e chegou para o Portimonense marcar e vencer a partida num lance de contra ataque. Em termos de resumo o Penafiel com mais um jogador durante 85 minutos, sofreu 3 golos e perdeu três pontos que seriam cruciais para tentar o 3.º e 4.º lugar do campeonato. O FC Penafiel caiu para o 9.º lugar a 5 pontos do quarto lugar e seis da descida de divisão. Contas muito complicadas para quem queria subir de divisão.

Estádio Municipal de Portimão
Portimonense 3-2

Marcadores: 1-0, Eridson (22'); 1-1, Manoel (53'); 2-1, Zambujo (60'); 2-2, Valdemar (73'); 3-2, Ruben Fernandes (90'+1)
- Portimonense: Serginho, Ricardo Pessoa, Hammes, Eridson, Ruben Fernandes, Semedo, Pedro Oliveira (Wacaso, 63'), Zambujo, Vítor Gonçalves (Simy, 74'), Luís Carlos e Lucas Silva (Tininho, 46').
(Suplentes: Goda, Wakaso, Robson, Rafa, Simy, Dódó e Tininho).
- Penafiel: Riça, Penela, Paulo, Valdemar, Elizio (Coronas, 26'), Rafa, Ferreira, Pedrinha (Diogo, 46'), Vítor (Ruben, 88'), Guedes e Manoel.
(Suplentes: Vítor Golas, Baptiste, Coronas, Mota, Diogo, Aldair e Ruben).

Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Elizio (11'), Penela (17'), Valdemar (30'), Pedro Oliveira (32'), Vítor Gonçalves (49'), Simy (85') e Ruben Fernandes (90'+1). Cartão vermelho direto a Hammes (7').

Assistência: cerca de 900 espetadores

domingo, 1 de abril de 2012

FRANCISCO CHALÓ DEMITE-SE

O presidente do Futebol Clube de Penafiel António Gomes não segue com a equipa para estágio para defrontar o Portimonense por divergências com o técnico principal Francisco Chaló. Pelo mau estar causado e pelos últimos resultados Francisco Chaló demite-se em pleno estágio não estando presente hoje à frente da equipa técnica do F.C.Penafiel, sendo Zé Nando o substituto.

Informações divulgadas por alguns jogadores da equipa Rubro Negra