segunda-feira, 29 de setembro de 2014

RESUMO MOREIRENSE 0- 0 PENAFIEL

PRIMEIRO PONTO FORA DE PORTAS

Foto Lusa
Rui Quinta continua sem perder para o campeonato, conquistando agora um ponto em Moreira de Cónegos com a equipa de Miguel Leal o Moreirense. O resultado final foi de 0-0 e o equilíbrio
entre as duas equipas notou-se em campo.
  O FC Penafiel entrou melhor na partida e dominou os primeiros 30 minutos, depois a equipa minhota equilibrou o jogo. Na primeira parte os avançados penafidelenses tiveram duas boas oportunidades de marcar mas o remate de Guedes foi muito por cima e um remate de Aldair saiu fraco.
 Na segunda parte o Moreirense teve melhor que o Penafiel e criou mais perigo para a baliza de Haghighi. Na segunda parte Rui Quinta fez colocou João Martins que entrou bem na partida e Quinones. O extremo colombiano teve a melhor oportunidade de golo por parte dos penafidelenses mas o remate saiu ao lado.
  Foi um jogo entre duas equipas que subiram à primeira liga, duas equipas que se conhecem muito bem. Os treinadores nas declarações aceitaram o empate, conquistando um ponto cada um nesta caminhada que é feita de pontos. Sábado o jogo será frente ao Sporting.
  

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

VEM APOIAR O PENAFIEL A MOREIRA DE CÓNEGOS


RESUMO COVILHÃ 3-1 PENAFIEL

RELATÓRIO DE CONTAS APROVADO

   Ontem realizou-se a assembleia geral do FC Penafiel onde o ponto principal era a aprovação do relatório de contas da época passada. No início da assembleia cumpriu-se um minuto de silêncio pela morte de Joaquim Jorge e Fernando Cabrita. Depois da homenagem o relatório foi aprovado por unanimidade pelos poucos sócios presentes, sócios esses que não chegavam a uma dezena. 
   Depois da aprovação das contas foram falados assuntos relativos ao clube. Debateu-se assuntos, fizeram-se perguntas às quais o presidente António Gaspar Dias respondeu aos associados presentes. Discutiu-se jogadores, dinheiros e principalmente o porquê de continuar haver poucos sócios. Depois da subida de divisão fizeram-se sócios cerca de 100 pessoas, um número muito baixo e que fica aquém das expectativas de toda a gente.
  Um associado de Meinedo, local que fica fora do concelho de Penafiel, pediu a palavra e disse que antigamante havia muitas pessoas de sua terra que iam ver o FC Penafiel e que agora não vão porque há falta de cobradores, as pessoas precisam de ser "picadas" para voltarem ao estádio afirmou ele. A direção já tinha sido alertada por este facto e este associado tem toda a razão. Não só em Meinedo como em todo o concelho de Penafiel. Os cobradores parece uma coisa do passado, mas neste momento precisavamos deles para ter mais sócios e mais dinheiro. O clube tem que ir atrás dos sócios e não o contrário. De resto a assembleia correu na normalidade havendo alguns diálogos acesos entre direção e associados, mas tudo acontecendo com respeito entre ambas as partes.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

PENAFIEL DERROTADO NA COVILHÃ

O FC Penafiel regressou ontem às derrotas. O jogo foi para a Taça da Liga com o Covilhã com qual perdeu 3-1.
  A primeira equipa a marcar foi o Covilhã aos 42 minutos através de uma grande penalidade, após uma mão de Tony na grande área. No início da segunda parte o Covilhã aumentou a vantagem também de bola parada. O Penafiel reduziu aos 70 minutos por Rabiola depois de uma defesa de Taborda mas no reatamento do jogo o Covilhã fez o 3-1 final por Erivelto que pelo lado esquerdo entrou na área marcando o terceiro para o Covilhã.
  Agora o FC Penafiel tem uma tarefa complicada, pois tem que marcar dois golos no 25 de abril. Rui Quinta neste jogo utilizou jogadores menos rodados deixando 5 titulares de fora em relação ao último jogo. Guedes, André Fontes, Aldair, Ferreira e Dani estiveram no banco e não jogaram a titulares.O resultado foi uma exibição fraca com resultado a condizer.

O FC Penafiel alinhou com Coelho, Tony, Pedro Ribeiro, João Pedro, Grilo, Rafa (André Fontes, 58'), Quinones (M'Bala, 45'), Romeu Ribeiro, João Martins, Bruninho (Aldair, 45') e Rabiola.
Suplentes não utilizados: Tiago, Dani, Ferreira e Guedes.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

PENAFIEL JOGA HOJE NA COVILHÃ PARA A TAÇA DA LIGA

O FC Penafiel joga hoje a 1.ª mão da taça da liga na Covilhã. Desta vez somos a equipa da primeira liga e somos os favoritos à passagem à terceira fase. A eliminatória joga-se a duas mãos sendo a primeira hoje e a segunda a 29 de Outubro.
 Não houve grandes mudanças na convocatória e apenas Haghighi e Nelson ficaram de fora.
Henrique, Capela, Rui Miguel, Bura e Vitor Bruno continuam lesionados e não vão poder dar o contributo à equipa.
Já sabemos que estes jogos não são fáceis entre clubes da primeira e segunda divisão e a Académica que o diga no ano passado, por isso temos que entrar com a garra que se entrou em campo com o Vitória de Setúbal.
 A equipa já se encontra na Covilhã onde o jogo está marcado para as 16:00. A equipa não estará sozinha e duas dezenas de penaboys mesmo à semana acompanharão a equipa e os apoiarão.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

MAIS E MENOS DA SEMANA

O mais da semana vai para o avançado Guedes, esteve ligado aos dois golos penafidelenses  e teve muita garra em campo, no primeiro golo sofreu a falta e a marcar a grande penalidade não tremeu a marcou o seu primeiro golo na primeira liga. No segundo golo fez a assistência para André Fontes fazer o segundo do FC Penafiel. Guedes tem mostrado que merece ser titular, mostrando-se muito mais em jogo e mostrando mais raça que por exemplo Rabiola. Esperemos que continue assim, com este crer e garra para fazer muitos golos. FORÇA FURACÃO

O menos da semana vai para a falta de assistência nas bancadas do 25 de abril. O FC Penafiel é o clube com menos assistência na primeira liga, com equipas como Arouca e Moreirense à frente nesta tabela. Penafiel tem 72 mil habitantes e tem uma média de 1300 espetadores, Arouca que tem 22 mil habitantes tem mais adeptos no estádio que os rubro negros e o Moreirense que é uma freguesia de Guimarães com cerca de 5000 habitantes no estádio tem uma média de 2172.
  É verdade que os resultados não têm ajudado, mas isso não é desculpa para tudo. Os penafidelenses têm que estar mais unidos, os bilhetes têm que ser mais baratos, principalmente quando as equipas que vão ao 25 de abril são de longe e trazem poucos adeptos, isto para chamar os adeptos de Penafiel. Se os bilhetes fossem a metade do preço o clube em vez de vender 20 bilhetes, vendia mais de 50 e as bancadas estavam mais preenchidas. É uma proposta para a nossa direção, para vermos o nosso estádio com mais pessoas.

domingo, 21 de setembro de 2014

TEREMOS ESTA GARRA EM TODOS OS JOGOS ?

Os jogadores penafidelenses transcenderam-se e fizeram uma magnífica exibição com o Vitória de Setúbal. O resultado foi de 2-0 com os golos a serem apontados por Guedes e André Fontes.
  O empenho e a garra que os jogadores penafidelenses tiveram foram demais evidentes que juntando a uma maior confiança em si próprios derrotaram a equipa sadina.
  Foram os primeiros pontos do FC Penafiel no campeonato já com a orientação de Rui Quinta, demonstrando que a mudança de treinador resultou. O técnico penafidelense optou por Aldair, M'Bala e Guedes na frente e não se deu mal. Guedes foi dos melhores jogadores em campo, dando muito trabalho na frente de ataque aos defensores de Setúbal. Na defesa os centrais e os laterais estiveram muito bem, não dando muito espaço a Giovani, Ponce e Manú. O meio campo com Rafa, Ferreira e André Fontes chegaram para as encomendas.
  O primeiro golo aconteceu aos 12 minutos por intermédio de Guedes, o avançado penafidelense sofreu uma carga dentro da área e o mesmo converteu a grande penalidade. Ainda na primeira parte Haghighi teve preocupação em dois lances mas felizmente o perigo passou. André Fontes ainda mandou uma bola à barra também nos primeiros 45 minutos. Na segunda parte aos 72 inutos André Fontes depois de uma assistência de Guedes rematou para fazer o resultado final de 2-0. Foi um golo que descansou os penafidelenses conquistando a primeira vitória no campeonato. 
 Na próxima semana o jogo será em Moreira de Cónegos com a equipa de Miguel Leal o Moreirense.

Jogo no estádio 25 de abril
Penafiel 2-0 Setúbal
Ao intervalo: 1-0
Marcadores: 1-0 Guedes 12' e André Fontes 72'

Equipas: 

Penafiel: Haghighi, Dani, Pedro Ribeiro, João Pedro, Nelson Lenho, Rafa, Ferreira, André Fontes (João Martins 78'), Aldair, M'Bala (Quinones 66') e Guedes (Rabiola 82')

Vitória de Setúbal: Ricardo Batista, Pedro Queirós, Advíncula, Frederico, Miguel Lourenço (Marcos Vinicius 28'), Schmidt (Miguel Pedro 28'), Dani, Paulo Tavares, Manú, Ponce (Forbs 54') e Giovani.

Árbitro: Olegário Benquerênça

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Miguel Lourenço 7' Aldair 42', Pedro Queirós 67', Dani 69', Manu 73'. João Pedro 87'. Cartão vermelho para Advíncula 51' e Manú aos 77 com duplo amarelo.

Assistência:  Cerca de 1100 espetadores




terça-feira, 16 de setembro de 2014

OFICILAMENTE RUI QUINTA É O NOVO TREINADOR

 
Depois dos maus resultados conseguidos por Ricardo Chéu a direção penafidelense optou por contratar Rui Quinta para o comando técnico do FC Penafiel. Rui Quinta é praticamente um homem da casa, já que passou muitos anos na formação do clube e comandou a equipa penafidelense na época 2008-2009 quando o FC Penafiel se encontrava na II-B. Nessa altura  nunca foi um treinador consensual pois era muito defensivo contra equipas muito fracas.
 Desta vez pode ser uma boa opção pois o que precisamos é de defender bem e fazer o mais rápido possível pontos que criem alguma estabilidade e tranquilidade ao grupo. 
 Em 2009-2010 treinou o Gil Vicente mas não se deu bem deixando a equipa gilista à 21.ª jornada com apenas três vitórias caseiras.
  Em 2011-2012 ingressou no FC Porto onde foi adjunto de Vitor Pereira por dois anos e foi campeão nessas duas temporadas.
  Na época passada esteve sem clube e este ano a direção penafidelense deposita confiança total no treinador para manter o FC Penafiel na primeira liga. Boa sorte mister...

4 JOGOS, 4 DERROTAS

  No jogo com o Marítimo o FC Penafiel averbou mais uma derrota para o campeonato desta vez por 2-0.
  Mais uma vez o jogo não saiu de feição à equipa de Ricardo Chéu onde quase não se criaram oportunidades de golo. A equipa de Leonel Pontes entrou a dominar e o fez até ao final da partida, à exceção de 5, 10 minutos na segunda parte.
  Na primeira parte os penafidelenses ainda aguentaram as cargas maritimistas, e só um remate de Rui Miguel do meio campo a tentar surpreender Sallin respondeu aos remates da equipa do Funchal.
  Na segunda parte aconteceram os golos do Marítimo, o primeiro aconteceu aos 51 minutos, Fransérgio nem precisou de tirar os pés do chão para cabecear para o fundo das redes.
  O segundo golo aos 63 minutos marcou Weeks depois de a bola embater no no poste, o médio foi mais rápido que os jogadores penafidelenses e encostou para o 2-0.
  Até ao final só houve duas jogadas de perigo a favor do Penafiel e vindas dos jogadores que entraram na segunda parte, Bruninho e Aldair foram os protagonistas dessas jogadas, mas os remates foram fracos.
  Foi a quarta derrota do Penafiel em quatro jogos. A situação está complicada, mas perfeitamente recuperável em termos de tabela classificativa.

Jogo no estádio dos Barreiros
Marítimo 2-0 Penafiel
Marcadores: Fransérgio 51' e Weeks, 63'

Equipas: 
Marítimo: Sallin, João Diogo, Gégé, Bauer, Ruben Ferreira, Danilo Pereira, Fransérgio, Weeks (Fernando Ferreira, 81), Edgar Costas, Vidales (Ibrahim 64'), Dyego Sousa ( Maazou 69').
Treinador: Leonel Pontes

Penafiel: Haghighi, Dani, Pedro Ribeiro, Bura, Nelson, Ferreira (João Martins 65'), Rafa, André Fontes, Guedes ( Bruninho 63'), M'Bala ( Aldair 45') e Rui Miguel.
Teinador: Ricardo Chéu 

Árbitro: Bruno Paixão
Ação disciplinar: cartão amarelo para M'Bala, 22', Nelson 59', Rui Miguel 85' e Bruninho 90'.

MARÍTIMO 2-0 PENAFIEL

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

SEM MUITAS ALTERAÇÕES PARA O FUNCHAL

  Ricardo Chéu deve apresentar um onze próximo do que apresentou como Paços de Ferreira, as dúvidas estão no centro da defesa, não se sabendo se Bura recuperará a tempo da hora do jogo.
  A comitiva penafidelense segue viagem para o Funchal amanhã à noite onde pernoitará numa unidade hoteleira em Santa Cruz, uma localidade próxima do aeroporto e a 20 km do Funchal.
  Mais uma vez a equipa não irá sozinha e alguns Penaboys ( cerca de uma dezena ) acompanharão os nossos jogadores para os apoiar no Estádio dos Barreiros.
  Curiosamente em 2005-2006  o FC Penafiel visitou o Marítimo também à quarta jornada e obteve um empate a duas bolas, com os golos penafidelenses a serem marcados por Roberto. Foram os primeiros pontos nessa época conquistados pela equipa rubro negra.  
  Outra curiosidade é que na época 2004-2005 também na primeira liga foi à quarta jornada que se obteve a primeira vitória no campeonato desta vez no campo do União de Leiria.
   Espera-se que esta quarta jornada continue a ser um bom prenúncio. FORÇA PENAFIEL

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

TOLERÂNCIA ZERO PARA A MADEIRA

  O FC Penafiel vai disputar na Madeira com o Marítimo a quarta jornada do campeonato nacional da primeira liga, até este momento a equipa de Ricardo Chéu conta com zero pontos e apenas um golo marcado. 
  E Já se sabe quando um treinador não tem resultados, o mesmo é despedido. Ricardo Chéu chegou a Penafiel e só na pré temporada fez acreditar os sócios, depois de começar o campeonato, as exibições não agradaram e principalmente os resultados não apareceram. Com o Marítimo o técnico penafidelense estará obviamente debaixo de fogo e uma derrota poderá fazer com que a direção penafidelense tome alguma atitude.
  Os últimos dois desafios como Marítimo nos Barreiros não correram nada mal, onde houve um empate para a taça da liga e uma vitória para a taça de Portugal, mas isso aconteceu em circunstâncias diferentes e foi na época passada. Este ano há outro treinador, outros jogadores e o jogo é para o campeonato.
   As coisa estão negras para o FC Penafiel e para o treinador Ricardo Chéu. Veremos o que acontece domingo, mas uma derrota deverá colocar a direção a procurar outro treinador.
  

terça-feira, 9 de setembro de 2014

FÉRIAS

O BLOG NÃO TEVE NOTÍCIAS  ESTES ÚLTIMOS DIAS POIS O MODERADOR ESTEVE DE FÉRIAS, A PARTIR DE AMANHA VOLTARÁ HAVER NOTÍCIAS.
PEÇO DESCULPA PELA AUSÊNCIA DE INFORMAÇÃO. TUDO VOLTARÁ AO NORMAL A PARTIR DE AMANHÃ

CUMPRIMENTOS
   JÚLIO SILVA

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

RESUMO, PENAFIEL 0-1 PAÇOS DE FERREIRA

PONTOS PRECISAM-SE

     Hoje o FC Penafiel averbou mas uma derrota para o campeonato no 25 de abril, por 0-1 com o Paços de Ferreira.
    As duas equipas encontravam-se com zero pontos e este jogo ditou que o Penafiel assim o continuasse. 
   Ricardo Chéu voltou a mexer no onze e notou-se algumas melhorias. A equipa está mais consistente defensivamente mas no ataque as situações de verdadeiro perigo para a baliza do Paços nunca aconteceram. As melhores oportunidades de golo pertenceram à equipa de Paulo Fonseca e o Penafiel continua a não conseguir criar verdadeiras jogadas que ponham em sentido as defensivas contrárias.
   No onze Ricardo Chéu fez entrar Haghighi em vez de Coelho, talvez uma ação um pouco precipitada já que o guarda redes iraniano apenas está em Penafiel à 4 dias. Esperemos que a entrada do guarda redes  no onze não tenha sido por pressões exteriores, já que a baliza não é o nosso problema, pois Coelho soube guardá-la bem os dois anos que lá esteve. Contudo Haghighi fez uma boa exibição faltando saber se hesitou ou não no lance do golo. Na segunda parte o técnico penafidelense fez entrar Rui Miguel que foi bem mas afoito que Rabiola e criou algum perigo, mas encontrando se muito só na frente de ataque.
  O golo pacense foi marcado de bola parada aos 79 minutos depois de o árbitro Capela assinalar uma falta inexistente. Erros desses Capela os teve no jogo todo, principalmente na segunda parte, sempre a favor dos pacenses. Passados 5 minutos do golo João Pedro fora expulso por uma entrada normalíssima e que até tocou primeiro na bola. João Capela esteve no seu melhor, pois já não é a primeira nem segunda vez que rouba o Penafiel. Não foi um roubo de igreja, mas aquelas faltinhas a empurrar a equipa pacense para a área penafidelense e que por acaso uma delas deu golo, faltas essas num período em que o Penafiel estava por cima do jogo. Sem mais palavras para o árbitro, foi um roubo de Capela.
  Assim a equipa penafidelense continua com zero pontos e com a vida difícil. Haverá agora uma paragem de campeonato que esperemos que seja benéfica.

O Penafiel alinhou com Haghighi, Dani, Pedro Ribeiro, João Pedro, Nelson Lenho, Rafa, Ferreira, André Fontes, Guedes (M'Bala, 64'), Aldair e Rabiola (Rui Miguel, 56').