sexta-feira, 29 de abril de 2016

ORIENTAL - PENAFIEL

  Amanhã o FC Penafiel recebe o já despromovido Oriental em jogo a contar para a antepenúltima jornada do campeonato da segunda liga. A equipa rubro negra matematicamente apenas precisa de um ponto para a manutenção e amanhã a questão ficará resolvida pela certa, pois nem que a equipa de Paulo Alves não ganhe será difícil as equipas do fundo da tabela ganharem todas. Por isso mesmo com um empate a manutenção será assegurada. Claro que os adeptos esperam uma vitória no 25 de abril continuando a sua senda de jogos sem perder.
 Na primeira volta quando as duas equipas se defrontaram o FC Penafiel encontrava-se abaixo da linha de água. Uma vitória no Oriental tirou a equipa dos lugares do fundo e a partir desse jogo apenas registou 2 derrotas.
  Amanhã o jogo será diferente, mas a cautela é a palavra de ordem pois a equipa lisboeta já despromovida foi empatar a casa do Famalicão equipa a lutar pela subida de divisão. 
  Paulo Alves para este jogo tem três baixas, M'Bala, Amoreirinha e Bata.
  O jogo é às 16:00. Comparece e apoia o teu clube.

 

MAIS E MENOS DA SEMANA

  O mais desta semana vai para Gonçalo Abreu isto pelo golo que marcou, uma autêntica bomba num remate indefensável e pelo que tem vindo a jogar nas últimas partidas. Gonçalo Abreu médio madeirense chegou a Penafiel como um bom jogador, e está a mostrar com a camisola penafidelense que o é. Faz bons jogos, já fez 4 golos no campeonato que valeram 7 pontos e marcou na taça de Portugal com o Vitória de Guimarães. É verdade que não é um jogador perfeito, tem as suas falhas, mas dá tudo em campo.      Normalmente joga a ala, mas nota-se que é no miolo que rende mais e que a equipa fica muito melhor com ele no meio. É raro perder uma bola de cabeça, tem bons pés e faz golos de cabeça. às vezes há criticas nas bancadas em relação a este jogador mas não se percebe porquê. Em Portimão fez um golo de levantar um estádio, venham mais desses Gonçalo.

  O menos da semana vai para Yero. No final da partida todos os jogadores deslocaram-se aos adeptos penafidelenses para agradecer o apoio, Yero foi o único que se deslocou para o balneário. 
   No Penafiel quer-se jogadores que estejam com a equipa e com os adeptos, pois Yero não parece estar nem com um nem com outro. Não gosta de ser suplente? É a vida de jogador. Não gosta de ouvir umas críticas em alguns jogos? É a vida de jogador. No Penafiel quer-se jogadores humildes, com bom carácter e profissionalismo e em Portimão demonstrou que não o tem. A direção penafidelense pode procurar um novo avançado para a próxima época pois não há compatibilidade entre o nosso clube com jogadores que têm mau feitio...

quinta-feira, 28 de abril de 2016

DE PEQUENINO SE TORCE O PEPINO

  O ditado popular "De pequenino se torce o pepino" devia aplicar-se em Penafiel onde os pais deviam influenciar os seus filhos a serem do clube da terra neste caso do FC Penafiel.
  Este é um problema nacional, pois os pais costumam indicar aos seus filhos o Benfica, o Porto ou o Sporting. Mas será que está correto ? Cada um sabe de si, e cada um faz o que quiser, mas também há quem ache que não está correto e que devíamos apoiar o clube da nossa terra, e quem acha isso também tem o direito de dizer a sua opinião quanto a isso.

  Portugal neste aspeto parece um país de terceiro mundo onde as pessoas se deixam influenciar pelas televisões, que abrem os noticiários com os ditos grandes, com programas desportivos onde há um comentador de cada um dos grandes. É a paródia nacional. Tudo bem que devemos andar informados e saber notícias dos melhores clubes em Portugal, mas daí apoiá-los !? Só em Portugal.

Estes textos contra este tipo de adeptos pouca diferença vai fazer na enraizada cultura retrógrada portuguesa. Portugal como país e como futebol nunca irá mudar se a mentalidade dos portugueses não mudarem.

 "Eu sou do Porto, ganho muitas vezes", então porque não ser do Real Madrid ou do Bayern de Munique?? que ganham mais vezes ainda ??? Quando existe um jogo entre o Benfica e o Bayern de Munique, os portugueses dizem " eu quero que o Benfica ganhe pois sou português", E quando joga o Penafiel com o Benfica, os penafidelenses já são do Benfica e já não dizem " o Penafiel é a minha terra, quero que ganhe". E porquê? porque têm aquela "costela de um grande".  Aí a nossa terra já não é importante. Portugal no seu melhor. 
   Mas o pior é que as pessoas lêem estes textos e fazem vista grossa e continuam na mesma a torcer pelos grandes. Somos mesmo um país diferente, mas será que diferente quer dizer melhor?? Neste caso não.
 Felizmente em Penafiel há quem vista o filho ou neto com a camisola penafidelense, como é demonstrativo na fotografia. Um bem haja a estes pais e avós que  ainda sentem o clube da terra.
   Só mais uma coisa c@guem nos grandes e apoiem o FC Penafiel...
  

terça-feira, 26 de abril de 2016

UM JOGO DE PRIMEIRA LIGA

Os Penaboys sempre apoiar o FC Penafiel
   Para quem esteve no estádio do Portimonense no passado domingo presenciou um excelente jogo de futebol entre duas equipas com objetivos diferentes mas com os dois emblemas a quererem os três pontos.
 O estádio estava repleto de gente com 5.000 pessoas presentes no estádio, pessoas estas que assistiram a dois grandes golos de bola parada marcados por Gonçalo Abreu nos descontos da primeira parte e por Ricardo Pessoa aos 60 minutos.
  Paulo Alves foi obrigado a mexer no meio campo devido à ausência de Djibril, colocou Tiago Barros a trinco e César no meio campo no onze inicial. Houveram oportunidades de golo em ambas as balizas com a iminência de golo sempre a acontecer. Quase acabar os primeiros 45 minutos Tiago Barros recuperou uma bola em grande esforço e foi derrubado por um jogador algarvio, na sequência do livre Gonçalo Abreu com uma bomba direcionou a bola ao ângulo com a bola ainda a embater na barra. Um remate indefensável  sendo talvez o melhor golo da época dos penafidelenses.

  Na segunda parte o Portimonense entrou muito forte remetendo o Penafiel à sua defesa. Aos 60 minutos o árbitro da partida assinalou uma falta INEXISTENTE de Tiago Barros mesmo à entrada da grande área. Ricardo Pessoa enganou bem Ivo Gonçalves e repôs a igualdade no marcador, também num pontapé livre bem executado.
  A equipa algarvia continuou o cerco à baliza de Ivo Gonçalves e até mandou uma bola à barra através de Fabrício num remate fora da área. O FC Penafiel jogava em contra ataque com Rui Miguel e Aldair a darem algumas dores de cabeça à defensiva de Portimão, mas nunca resultou em nada.
  Aos poucos a equipa rubro negra equilibrou o jogo e até ao final o empate manteve-se sendo mais um empate e mais um jogo sem saber o sabor da derrota.
  O FC Penafiel encontra-se em 12.º lugar longe dos lugares de descida com apenas três jogos para disputar. Sábado o jogo é com o Oriental.

Jogo no Estádio Municipal de Portimão.
Ao intervalo: 0-1.
Marcadores:
0-1, Gonçalo Abreu, 45+2 minutos.
1-1, Ricardo Pessoa, 60'.

Portimonense: Ricardo Ferreira, Ricardo Pessoa, Ivo Nicolau, Marcel (Fidelis, 87), Lucas, Mamadu, Zambujo (Jean Felipe, 78), Ewerton, Lumor (Musa Yahaya, 54), Fabrício e Pires.
(Suplentes: Carlos Henriques, André Carvalhas, Fidelis, Ryuki, Musa Yahaya, Fidelis Irhene e Jean Felipe). 
Treinador: José Augusto.

Penafiel: Ivo, Kalindi, João Paulo, Pedro Ribeiro, Daniel Martins, Tiago Barros, Cesar (Ângelo Meneses, 90), Caetano (João Martins, 64), Gonçalo Abreu, Aldair e Rui Miguel (Yero, 81). 
(Suplentes: Coelho, Luís Dias, Ângelo Meneses, Vieira, João Martins, Edu e Yero).
Treinador: Paulo Alves.

Árbitro: João Pinheiro (Braga).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Ivo Nicolau (45).

Assistência: Cerca de 5.000 espetadores

sábado, 23 de abril de 2016

FORÇA PENAFIEL

Clica na imagem
  O histórico entre o Portimonense e o Penafiel em Portimão não é muito favorável aos penafidelenses contando com 11 derrotas em 21 jogos, mesmo assim há resultados positivos como 7 empates e 3 vitórias sendo a última delas para o campeonato em 2009-2010 com os golos  a serem marcados por três jogadores que marcaram a a recente história do FC Penafiel sendo eles Vitor, Michel e Guedes.

  Nos anos 80  a equipa de Portimão era uma excelente equipa, equipa esta que andou nas competições europeias e o porquê do histórico entre estes dois emblemas ser desfavorável ao Penafiel.

  Amanhã a equipa de Paulo Alves não terá um jogo fácil, pelo histórico e pelo Portimonense estar a lutar pela subida de divisão e precisar dos três pontos.  A nossa equipa já não perde à 18 jogos e não será uma equipa fácil de bater. Está em perspectiva  um grande jogo de futebol  querendo o Penafiel continuar a sua senda de jogos sem perder.
 A equipa saiu do 25 de abril às 13:30 e já se encontra a caminho de Portimão. FORÇA PENAFIEL

sexta-feira, 22 de abril de 2016

MAIS E MENOS DA SEMANA


   Esta semana não iremos falar de jogadores, pois o mais da semana iria ser novamente Yero pelos dois golos que marcou com o Santa Clara. Mas o mais e o menos da semana irá ser relacionado com o público.

 Em alta esta semana vamos colocar a Associação Penaboys que são uma força viva deste clube, são eles que fazem puxar os restantes adeptos pela equipa  e no jogo com o Santa Clara estiveram ao mais alto nível. Se houvessem mais como eles o Penafiel era sem dúvida um clube de maior dimensão. Já imaginaram o 25 de abril sem eles??? O mais da semana é para eles.

  O menos da semana é o preço dos bilhetes que a direção coloca e também a falta de interesse dos penafidelenses pelo FC Penafiel. Se os preços dos bilhetes são altos porque não se fazem sócios, 7,5€ por mês é assim tanto ???
  As pessoas de Penafiel só gostam dos grandes clubes em vez de apoiarem o clube da sua terra. É fácil apoiar as equipas grandes não é?? Ganham quase sempre. Difícil é apoiar o FC Penafiel e torna-lo grande     Mas as pessoas vão sempre pela via mais fácil que é apoiar os grandes clubes. Mas já reparam que é só em Portugal que se passa isto ??? Vejam os resumos dos outros campeonatos no estrangeiro, os ditos grandes poucos adeptos têm fora do seu estádio, mas em Portugal é sempre o contrário. É o espelho do nosso país, um país fraco com uma mentalidade fraca. O menos da semana vai para o pouco público no 25 de abril devido à fraca mentalidade dos penafidelenses e para os preços praticados na bilheteira penafidelense.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

ANTÓNIO GASPAR DIAS É O ÚNICO CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DO CLUBE

   Ontem acabou a data limite para as candidaturas para os corpos gerentes do clube e apenas uma lista foi apresentada, encabeçada por António Gaspar Dias. 

  O ex presidente que esteve ausente uns meses por ter um cargo na liga de clubes, voltará assim ao comando do leme da equipa penafidelense. Agora com 34 anos chegando ao FC Penafiel com 31 e subindo à 1.ª liga logo no ano de estreia teve um início prometedor no mundo do futebol.

Clica na imagem
  Na primeira liga as coisas não correram bem e houve uma descida de divisão. A equipa foi mal estruturada, o treinador foi mal escolhido e a sorte também não esteve do lado penafidelense. Na época passada era de opinião comum que a direção formou uma boa equipa  e com um treinador com créditos firmados. A subida de divisão era uma ambição, mas com o passar dos jogos os bons resultados não apareceram e até à jornada passada a instabilidade na tabela classificativa esteve presente.

   Depois de alguns meses de boatos de quem poderia candidatar-se à presidência do clube, António Gaspar Dias foi novamente o único apresentar-se depois de sair da Liga de clubes.

  Esperemos que entre novamente forte e que mude algumas ideias entranhadas no clube. Os sócios esperam algumas coisas dele, como arranjar maneira do clube ter mais associados com uma boa campanha de marketing, ida às escolas, ter cobradores para os sócios não fugirem. Também baixar os preços dos bilhetes em alguns jogos com equipas que poucos adeptos trazem.
    A continuação da boa gestão financeira do clube e claro montar uma boa equipa para a próxima época que lute pelos lugares cimeiros da tabela classificativa.

  A única lista apresentada não tem grandes novidades a não ser no conselho fiscal que muda radicalmente, as pessoas que têm estado com o clube até agora continuam nesta lista. O Sr Fernando Melo que desempenhou e bem o cargo de presidente até agora será o braço direito de António Gaspar Dias sendo o presidente adjunto. Na imagem estão os restantes cargos com os respetivos nomes.
  
  

quarta-feira, 20 de abril de 2016

AFINAL OS ADEPTOS DOS AÇORES NÃO VIERAM A PENAFIEL

SUPERIOR, VAZIA ??? Não se entende porquê...
   No passado domingo afinal os aviões de adeptos açorianos não vieram e a superior ficou vazia.     Vendo-se apenas dois adeptos, que pagaram ou não, para ir para aquela bancada.
   Bilhetes a 8 euros para a superior é o que dá... e claro a 12 para a central... Há mais GNR'S na bancada e na entrada do que adeptos. Isto é o que faz colocarem preços tão altos em jogos que o adversário não traz a Penafiel muitas pessoas.
 O que isto origina? As bancadas vazias e pessoas a entrarem no estádio a fazerem-se passar por empregados de bar e dizendo à boca cheia que são sócios do clube... Penafiel no seu melhor.
   Mas por acaso os senhores diretores do FC Penafiel já pensaram colocar nestes jogos preços a 2 ou 3 euros para a superior (fazendo uma boa publicidade) para ao menos ajudar a pagar a GNR ??? Com certeza que já, mas os diretores reformados que até nem gostam de sócios reformados nem se dão ao trabalho de mudar os preços porque deve dar trabalho...
  Será que o Famalicão na última jornada vem a Penafiel ainda na luta pela subida e os preços vão baixar, já que trazem muita gente??? Os nossos diretores  reformados que estão encarregue dessa pasta são "meninos" para isso. Mas aposto que com o Oriental os preços serão a 8 euros... Muita coisa tem que mudar para sermos um clube de eleição, mas principalmente tem que mudar a mentalidade de alguns diretores... FORÇA PENAFIEL

 

terça-feira, 19 de abril de 2016

segunda-feira, 18 de abril de 2016

VITÓRIA ARRANCADA A FERROS

A vitória também foi dos Penaboys que tiveram incansáveis
  O FC Penafiel ontem venceu o Santa Clara por 2-1 no 25 de abril com os golos penafidelenses a serem apontados por Yero na segunda parte.
  A equipa dos Açores foi a que começou melhor a partida e aos 7 minutos marcou o seu golo através de um cabeceamento de Rafael Batatinha.
 O Santa Clara continuou a ser melhor no primeiro tempo apesar do FC Penafiel ter tido algumas oportunidades de golo através de Rui Miguel e principalmente Gonçalo Abreu que endereçou uma bola ao poste.
  Paulo Alves "inventou" outra vez um meio campo colocando Diogo Melo à frente de Djibril, local do terreno em que não rende.
  Na segunda parte o Santa Clara voltou a entrar melhor na partida, mas foi sol de pouca dura, já com Yero em campo jogando em 4-4-2 o Penafiel equilibrou a partida e arrancou para uma boa segunda parte. Aos 65 minutos Tiago Barros entrou para o lugar de Djibril e acentuou-se a pressão penafidelense. Antes disso Ivo teve três grande defesas não deixando o Santa Clara marcar mais golos.
  Yero em destaque mandou uma bola à trave e falhou um golo quase feito, mas aos 70 minutos redimiu-se e de cabeça fez o empate.
 Até ao fim da partida a equipa penafidelense tentou a vitória e conseguiu-o aos 85 minutos novamente através de Yero depois de um excelente cruzamento de Tiago Barros. 
  Foi uma vitória arrancada a ferros em que os Penaboys tiveram a sua quota parte nesta vitória, apoiaram os seus jogadores do início ao fim sendo esta vitória deles também.
 O Penafiel ainda não assegurou matematicamente a manutenção mas os 56 pontos devem chegar para a equipa rubro negra continuar no segundo escalão do futebol português.
  E vão 18 jogos sem conhecer o s
abor da derrota.  AMO-TE PENAFIEL

Jogo disputado no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.
Ao intervalo: 0-1.
Marcadores
0-1, Rafael Batatinha, 07 minutos.
1-1, Yero, 70.
2-1, Yero, 85.

Penafiel: Ivo Gonçalves, Kalindi, João Paulo, Pedro Ribeiro, Daniel Martins, Diogo Melo (Yero, 46), Djibril (Tiago Barros, 66), Aldair, Caetano, Gonçalo Abreu e Rui Miguel (César, 90).
Suplentes: Coelho, Ângelo Meneses, Pedro Araújo, Tiago Barros, César, Vieira e Yero.
Treinador: Paulo Alves.

Santa Clara: João Botelho, Rui Silva, João Dias, Accioly, Gil Barros, Carraça (Clemente, 76), Tiago Ronaldo, Ruben Saldanha, Pacheco (El Gadi, 60), Hamdou e Rafael Batatinha (Reginaldo, 76).
Suplentes: Rodolfo, Igor, Nikola, El Gadi, Hugo Santos, Clemente e Reginaldo.
Treinador: Carlos Pinto.

Árbitro: João Mendes (Associação de Futebol de Santarém).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Tiago Ronaldo (36), Rui Miguel (55), Djibril (64), El Gadi (74), Rui Silva (77), Kalindi (80) e Ruben Saldanha (81).

Assistência: Cerca de 750 espetadores.

sexta-feira, 15 de abril de 2016

AVIÕES COM ADEPTOS DO SANTA CLARA


  No próximo domingo o FC Penafiel recebe o aflito Santa Clara em jogo a contar para a 42.ª jornada da segunda liga.
 Paulo Alves já poderá contar com Kalindi e João Paulo que já cumpriram um jogo de castigo e provavelmente Bata que já se encontra em condições de ser convocado. M'Bala anda a treinar condicionado não se sabendo se estará apto para o jogo de domingo.
  Para este jogo a direção penafidelense optou por continuar com a mesma política de preços e com preços a 12 euros para a central e 8 para a superior certamente estará a pensar numa boa receita com a vinda dos açorianos a Penafiel. Devem vir vários aviões de Ponta Delgada para ver o jogo. VAMOS ENCHER OS COFRES...

quinta-feira, 14 de abril de 2016

UMA VERDADEIRA ANGARIAÇÃO DE SÓCIOS

  Mafra uma terra pequena, um clube humilde atrás de novos sócios, estão a fazer uma campanha de angariação de sócios. Por 5 euros  tem-se direito a quota, cartão e cachecol em que a quota mensal é apenas de 3 euros. Em Penafiel o Kit de sócio é de 20 euros, uma diferença de 15 euros.
  Ora o Mafra está a pensar angariar sócios a um preço muito convidativo. O nosso clube não pensa assim, pede 20 euros pelo kit de sócio pensando ganhar dinheiro com as ofertas do kit. O que está mal pensado pois a intenção penso eu é angariar sócios. Sendo a nossa quota 7,5€ era bom colocar o kit de sócio a 10€ com um cachecol e esquecer por exemplo a camisola pois não tem qualidade nenhuma. E assim angariar mais sócios para o clube.
  Com os adeptos que temos em Portugal que só torcem pelos três grandes esquecendo-se do clube da terra ( só acontece em Portugal), com péssimas campanhas de angariações de sócios e com o futebol amador a continuar ao Domingo o FC Penafiel não arranjará mais associados. 
  É preciso uma nova estratégia e a nova direção que tomará posse em Maio deveria ir por outro caminho pensando obter receitas com associados. Perdoar quotas antigas, falar com os antigos sócios, ir às escolas e quando digo ir às escolas, não é ir a uma escola e só passado dois anos ir a outra. Falar com as associações de estudantes, ter cobradores para os sócios não desistirem. Tem-se que insistir com as pessoas de Penafiel, pois o 25 de abril tem andado cada vez mais vazio mesmo com 17 jogos sem perder. As mudanças de atitudes e garra não se quer só em campo, mas sim começar pela direção, que não pode dizer que não precisa de sócios... Ideias há, mas é preciso trabalhar e ter vontade de aplicá-las... MUDANÇA DE ATITUDE É PRECISO

IVO MAIS UMA VEZ...

  O FC Penafiel conseguiu o 17.º jogo consecutivo sem perder em Mafra. O resultado foi mais uma vez de 0-0 numa partida que mais parecia um treino de quarta à tarde. Na partida de ontem o Mafra teve sinal mais e foi a equipa que mais teve perto do golo. 
  Na primeira parte o jogo foi equilibrado com Caetano a ter o único remate de perigo para a baliza do guardião de Mafra.
  Na segunda parte e principalmente no final da partida a equipa de Paulo Alves sofreu alguma pressão mas Ivo mais uma vez o melhor em campo resolveu da melhor maneira os lances de perigo da equipa adversária.
 
Mesmo num jogo à quarta à tarde em Mafra houveram adeptos penafidelenses que se deslocaram à zona oeste do país para ver a sua equipa jogar, e isso é de louvar, foram cerca de uma dezena de adeptos penafidelenses que estiveram no estádio. Obrigado a eles.
  Os 53 pontos que a equipa rubro negra tem não devem chegar para assegurar a manutenção e uma vitória é necessária para  descansar os sócios penafidelenses. 
  No fundo da tabela algumas equipas ganharam os seus jogos, casos de Santa Clara, Leixões e Covilhã e aproximaram-se do FC Penafiel. A linha de água está agora apenas a 5 pontos de distância. 
  Domingo o FC Penafiel recebe no 25 de abril o Santa Clara e uma derrota é impensável, pois complicaria muito as contas para a equipa de Paulo Alves. Os sócios penafidelenses estão contentes pelo 17.ª jogo sem perder, mas uma vitória é necessária.

 Jogo realizado no Estádio Municipal de Mafra.

Mafra: Filipe Leão, Pedro Caipiro, João Afonso, Jules Diouf, Joel Ferreira, Kiki Ballack, Vasco Varão (Leo Tomé, 74), Kaká, Luís Carlos (Abou Touré, 65), Alisson e Adelaja (Mailó, 65).
(Suplentes: Godinho, Sandro Silva, André Teixeira, Laurindo, Leo Tomé, Abou Touré e Mailó.
Treinador: Jorge Paixão.

Penafiel: Ivo Gonçalves, Luís Dias, Amoreirinha (Ângelo Meneses, 67), Pedro Ribeiro, Daniel Martins, Djibril, Tiago Barros (Pedro Araújo, 90+2), Caetano, Gonçalo Abreu (Diogo Melo, 71), Rui Miguel e Aldair Baldé.
(Suplentes: Coelho, Ângelo Meneses, Pedro Araújo, Diogo Melo, César Gomes, Vieira e Kalidou Yero).
Treinador: Paulo Alves.

Árbitro: Daniel Cardoso (AF Aveiro). 
Ação disciplinar: cartão amarelo para Adelaja (29) e Leo Tomé (87).

Assistência: cerca de 600 espetadores

quarta-feira, 13 de abril de 2016

MAFRA - PENAFIEL

   Hoje joga-se mais uma jornada da segunda liga e finalmente a última partida à quarta feira, onde o Penafiel irá deslocar se a Mafra. O jogo está agendado para as 16 horas e terá o relato na Rádio Clube de Penafiel. O técnico penafidelense terá alguns problemas na defesa, pois conta dois lesionados face à última partida. João Paulo e Kalindi estão castigados e não poderão dar o contributo à equipa.
   É mais um jogo importante contra uma equipa que também luta pela permanência e que conta com dois jogadores que já vestiram a camisola penafidelense, são eles Luís Carlos e Sandro, curiosamente os dois com 33 anos.
  Veremos se a equipa de Paulo Alves consegue a 17.ª partida consecutiva a pontuar nesta segunda liga.  FORÇA PENAFIEL


terça-feira, 12 de abril de 2016

MAIS E MENOS DA SEMANA

  O jogo com o Feirense é o que está mais vivo na memória, mas o mais desta semana irá para Ivo Gonçalves depois da exibição em Faro. Defendeu mais uma penalidade e fez um punhado de boas defesas.
   Já nos habituou a grandes exibições e em Faro foi uma delas. Bom dentro dos postes, a sair deles e tem sempre uma grande concentração e até já marcou um golo. Neste último jogo não teve muitas intervenções, mas quando foi chamado negou sempre o golo aos feirenses. A par de Coelho na baliza é responsável pelos 16 jogos consecutivos sem perder no campeonato. Se não houver grandes alterações, para o ano contaremos com Ivo no plantel, pois tem mais um ano de contrato.
  Após na semana passada ter estado no mais Rui Miguel está no menos esta semana, em alguns lances foi egoísta e não passou a bola a jogadores bem mais colocados. É verdade que é ponta de lança e nesta posição os jogadores tentam o golo, mas há que jogar em equipa. No final do encontro nem esperou por ninguém, deslocou-se rapidamente para o balneário e nem foi com os restantes jogadores agradecer o apoio dos adeptos que sempre o acarinharam. Foi um dia menos bom de Rui Miguel.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

FALTOU A CONCRETIZAÇÃO

  O Fc Penafiel e o Feirense defrontaram-se ontem no 25 de abril e o resultado foi um empate a zero bolas.   O Feirense atrás de pontos para uma subida de divisão e a equipa de Paulo Alves à procura de uma vitória para encontrar finalmente tranquilidade na tabela classificativa. A divisão de pontos foi o desfecho final com o Penafiel a sair penalizado no resultado, pois na segunda parte foi bastante superior, contribuindo para isso a expulsão do ex jogador penafidelense Nuno Diogo, que levando o segundo cartão amarelo deixou a equipa rubro negra a jogar com mais um homem a partir dos 49 minutos.
  A primeira parte foi equilibrada com  Paulo Alves a não dar desta vez 45 minutos de avanço à equipa contrária. O técnico penafidelense não "inventou" e colocou Djibril, Tiago Barros e Caetano no meio campo.
  Nos primeiros 45 minutos raramente os avançados penafidelenses chegaram à baliza feirense e só por Gonçalo Abreu criou algum perigo após alguns cruzamentos do madeirense.
  Na segunda parte com a expulsão de Nuno Diogo, a equipa de José Mota só em contra ataque chegava à baliza de Ivo, com o Penafiel a controlar sempre o jogo. Rui Miguel não esteve nos seus dias, esteve algo perdulário e como se diz na gíria futebolística também foi "guloso" em alguns lances tentando sozinho o que se podia resolver em equipa.
  M'Bala e Yero ainda foram chamados ao jogo mas desta vez as substituições não surtiram efeito. M'Bala esteve apagado, algo que já se arrasta à muitos jogos e Yero desta vez não conseguiu fazer a diferença.
  Uma palavra para Kalindi que chegou aos 90 minutos parecendo que estava pronto para outra partida. Os colegas não conseguiam acompanhar a pedalada deste brasileiro que cada jogo que faz mais influente fica nesta equipa.
  A manutenção ainda não está garantida e o Mafra é o próximo adversário, jogo importante este, pois não se pode perder devido aos seis pontos que distancia a linha de água ao 13.º posto do FC Penafiel.

Jogo disputado no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel.
Penafiel - Feirense, 0-0.

- Penafiel: Ivo Gonçalves, Kalindi, João Paulo, Pedro Ribeiro, Daniel Martins, Djibril (Yero, 76), Tiago Barros (Mbala, 62), Aldair, Caetano, Rui Miguel e Gonçalo Abreu.
(Suplentes: Coelho, Mbala, Vieira, César, Diogo Melo, Amoreirinha e Yero).
Treinador: Paulo Alves.

- Feirense: Luís Ribeiro, Sérgio Barge, Icaro Silva (Mika, 33), Nuno Diogo, Serginho, Sérgio Semedo, Vasco Rocha, Ali Meza (Rúben Oliveira, 54), Kukula, Porcellis (Micael Freire, 81) e Platiny.
(Suplentes: Dele, Mika, Rúben Oliveira, Micael Freire, Magique, Emma e João Vieira).
Treinador: José Mota.

Árbitro: Jorge Ferreira (AF Braga).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Nuno Diogo (23 e 49), Kalindi (35), Tiago Barros (58), João Paulo (59), Pedro Ribeiro (67), Gonçalo Abreu (70), Sérgio Semedo (70), Daniel Martins (90+3). Cartão vermelho por acumulação para Nuno Diogo (49).

Assistência: Cerca de 650 espetadores.

sexta-feira, 8 de abril de 2016

FEIRENSE - PENAFIEL


O HISTÓRICO, FEIRENSE - PENAFIEL




A maior goleada sobre o Feirense na época 73-74, clica na imagem
O histórico entre estas duas equipas no 25 de abril é bastante favorável à equipa rubro negra contando o Penafiel com 17 vitórias em 23 jogos, 4 empates e apenas 2 derrotas.
   O primeiro encontro realizou-se a 23 de março de 1958 quando o FC Penafiel se estreava na III Divisão Nacional. Uma das duas derrotas sofridas com o Feirense  foi neste ano com o Penafiel a ser derrotado por 1-2 com a equipa de Santa Maria da Feira com o golo penafidelense a ser marcado por Taco.
A outra derrota aconteceu em 2007-2008 uma época que o FC Penafiel desceu à II-B sendo o resultado de 0-1.
As restantes partidas 21 partidas dividem-se por 17 vitórias e 4 empates, uma estatística arrebatadora a favor dos penafidelenses.
O último encontro entre estes dois emblemas no 25 de abril foi aquando da subida de divisão em 2013-2014 e o resultado foi um empate com o jogo a ser um ambiente de festa onde Miguel Leal fez atuar jogadores menos utilizados e até jogadores que não tinham feito qualquer minuto pelo FC Penafiel.
 A maior goleada aconteceu em 1973-74 com a equipa rubro negra a cilindrar os feirenses por 5 a 1 com Nelson a fazer um hat-trick nesse jogo.
Quanto a golos, os números obviamente também estão do lado penafidelense com 44 golos marcados e apenas 16 sofridos.
Domingo haverá mais um Penafiel - Feirense

quinta-feira, 7 de abril de 2016

FARENSE-PENAFIEL EM IMAGENS












CLASSIFICAÇÃO


quarta-feira, 6 de abril de 2016

DUAS PENALIDADES FALHADAS DITAM UM NULO

O Fc Penafiel conseguiu mais um excelente resultado nesta tarde de quarta feira frente a uma equipa que está em maus lençóis na tabela classificativa e que provavelmente com este resultado poderá descer de divisão pois também poderá perder pontos devido a utilização de jogadores indevida durante o campeonato.
  Falando do jogo, a equipa de Paulo Alves não alterou a tática e colocou novamente Pedro Ribeiro a jogar a trinco e talvez por isso os primeiros 45 minutos foram um verdadeiro massacre à baliza de Ivo.
  O guarda redes penafidelense foi a figura do jogo, que além da grande penalidade defendida fez excelentes defesas durante o jogo evitando o golo algarvio.
   Na partida houveram duas grandes penalidades, uma em cada parte e ambas falhadas.
  Durante a primeira parte foram raras as vezes que a equipa rubro negra chegou à baliza de Vitor São Bento, guardião farense, e só na segunda parte o Penafiel equilibrou um pouco as coisas e foi mais afoito no seu ataque, onde Aldair deu os primeiros calafrios aos algarvios.
 Tiago Barros entrou para o lugar de M'Bala e reforçou o meio campo e a 20 minutos do fim houve uma mão de um jogador de Faro que originou um penalti, penalti este que Rui Miguel não aproveitou. 
 Até ao final o Farense esteve sempre mais perto do golo, mas do outro lado encontrou sempre uma equipa e principalmente um guarda redes à altura.
  O FC Penafiel agora encontra-se com 51 pontos  e pela tabela classificativa os 52 pontos que os entendidos diziam chegar para uma manutenção pode não chegar e pelo seguro o melhor é amealhar  mais pontos nesta luta que se vai travar até ao final do campeonato.
  Amealhar pontos é o que a equipa de Paulo Alves tem feito nestas últimas 15 jornadas e domingo pode travar um candidato à subida de divisão, o Feirense, equipa que está em sexto lugar a apenas a três pontos dos lugares de subida.


Jogo no Estádio de São Luís, em Faro. 
Farense-Penafiel, 0-0.

- Farense: São Bento, Saeed, Roni, Delmiro, Diogo Coelho (Thomas Agyiri, 87), Tiago Jogo, Osama Rashid, Femi Balogun (Sunday, 68), Paulinho, Irobiso (Bruno Carvalho, 79) e Rambé.
(Suplentes: Ricardo, Diogo Silva, Thomas Agyiri, Bilro, Sunday, Coulibaly e Bruno Carvalho).
Treinador: Horácio Gonçalves.

- Penafiel: Ivo Gonçalves, Kalindi, Amoreirinha, João Paulo, Daniel Martins, Djibril, Pedro Ribeiro, Aldair, Caetano (Vieira, 90+2), Mbala (Tiago Barros, 64) e Rui Miguel (Yero, 90).
(Suplentes: Coelho, Luís Dias, Vieira, César, Pedro Araújo, Tiago Barros e Yero).
Treinador: Paulo Alves.

Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Kalindi (14), João Paulo (16), Irobiso (69), Sunday (70), Rui Miguel (72), Rambé (82) e Yero (90+3).

Assistência: Cerca de 800 espetadores.
   

terça-feira, 5 de abril de 2016

FARENSE - PENAFIEL

  Amanhã o FC Penafiel defronta o Farense em jogo a contar para a 39.ª jornada da segunda liga. 
  A equipa algarvia está apenas a um ponto dos lugares de descida e por isso vai dar o máximo para conquistar os três pontos. O FC Penafiel a meio da tabela mas nem por isso está muito longe do 20.ª lugar. As contas são simples, o Farense está a um ponto da linha de água e se ganhar ficará apenas a três dos rubro negros. Dois ou três resultados menos bons atirará o FC Penafiel mais uma vez para lugares perigosos e é preciso garantir a manutenção  o mais rápido possível
para os jogos finais não serem uma pressão para os jogadores.
  Paulo Alves deve fazer algumas alterações no onze em relação ao jogo com o Sporting B nomeadamente no meio campo. O jogo é as 17:00 e será dirigido por Bruno Paixão. Os jogadores penafidelenses apesar do jogo ser uma quarta feira em Faro não vão estar sozinhos, os Penaboys como sempre vão estar nas bancadas apoiar a nossa equipa.

segunda-feira, 4 de abril de 2016

MAIS E MENOS DA SEMANA

   O mais da semana vai para os avançados Rui Miguel e Yero. Rui Miguel é poço de força e foi assim que o FC Penafiel ganhou a grande penalidade. Com Rui Miguel na frente tudo é diferente e neste regresso depois de três jogos sem jogar voltou a ser decisivo.
  O Yero bastou neste jogo  estar três minutos em campo para marcar. É verdade que muitos adeptos do FC Penafiel não gostam dele, também é verdade que não é o melhor avançado do mundo, é verdade que não tem grande técnica, mas um avançado como Yero não se pode pedir muito. O que se pode pedir é golos. Para já são 8 no campeonato e 11 no total desde o início da época. A maior parte dos golos foram decisivos como este com o Sporting, ou com o Covilhã. 
  O certo é que os seus golos renderam 13 pontos ao FC Penafiel.  
 O menos da semana custa imenso colocar o Paulo Alves nesta situação, pois ele não o merece. Uniu uma equipa que estava desacreditada e conseguiu para já 14 jogos consecutivos sem perder o que é recorde em Penafiel pelo menos desde de 1980.
  Mas neste jogo ao colocar Pedro Ribeiro a trinco, errou. O central penafidelense é dos melhores jogadores que a equipa tem mas rende no seu lugar de origem que é no eixo da defensiva. Na primeira parte o FC Penafiel não jogou, não soube construir jogo e deixou o Sporting jogar como bem entendeu. E daí este menos ao técnico penafidelense. Mas mais uma vez ele não merece, mas infelizmente neste jogo esta troca de posição de Pedro Ribeiro deu 45 minutos de avanço à equipa sportinguista, ainda para mais com Tiago Barros no banco um excelente jogador para o nosso meio campo.

 
 

domingo, 3 de abril de 2016

sábado, 2 de abril de 2016

UMA SEGUNDA PARTE DE QUALIDADE E GARRA

   O FC Penafiel conseguiu um ponto no seu reduto frente a um Sporting B cheio de qualidade. O resultado foi de 2-2 com o Sporting a chegar ao intervalo a vencer por 2-0.
 A equipa penafidelense entrou mal na partida e o Sporting obteve as melhores situações de jogo faturando por 2 vezes no marcador. Os golos aconteceram aos 5 e 29 minutos.
 Paulo Alves optou por Pedro Ribeiro no meio campo e o penafidelense não teve a regularidade que habituou os adeptos penafidelenses neste lugar so campo, apesar da imensa luta que deu.
  Mesmo antes do intervalo o técnico penafidelense retirou Amoreirinha recuando Pedro Ribeiro para central, colocando Gonçalo Abreu no meio campo e o recém entrado Aldair na ala direita.
  Na segunda parte o futebol penafidelense mudou para muito melhor, muita posse de bola e várias oportunidades de golo. Perto dos 60 minutos o árbitro da partida fez vista grossa a uma mão de um jogador sportinguista e não marcou grande penalidade. Aos 65 minutos Rui Miguel foi agarrado na área e João Bento não teve outra hipótese se não marcar penalti.  Rui Miguel foi chamado a marcar a grande penalidade e não falhou. Minutos a seguir outra vez o árbitro da partida em destaque não viu outra mão na área do Sporting. 
  Mesmo com uma arbitragem má o FC Penafiel correu atrás do empate e conseguiu esse feito através de Yero que com três minutos em jogo de costas para a baliza conseguiu virar se e bater o guardião sportinguista aos 76 minutos. 
  Os últimos 15 minutos a equipa rubro negra ainda tentou a "remontada" mas o cansaço e o "autocarro" da equipa lisboeta não permitiu o Penafiel levar três pontos desta partida.
  Os jogadores penafidelenses estão de parabéns pois depois de estarem a perder por duas bolas nunca viraram a cara a luta e conseguiram o empate contra uma equipa recheada de bons valores.

 Jogo disputado no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.

Penafiel-Sporting B, 2-2.

Ao intervalo: 0-2.

Marcador:

0-1, Ryan Gauld, 05 minutos.

0-2, Rúben Ribeiro, 29.

1-2, Rui Miguel, 65 (grande penalidade).

2-2, Yero, 76.

Equipas:

Penafiel: Ivo Gonçalves, Kalindi, Amoreirinha (Aldair, 40), João Paulo, Daniel Martins, Pedro Ribeiro, Djibril (Yero, 74), Gonçalo Abreu, Caetano (Tiago Barros, 90), Mbala e Rui Miguel.

(Suplentes: Coelho, Ângelo Meneses, Tiago Barros, César, Aldair, Vieira e Yero).

Treinador: Paulo Alves.

Sporting B: Stojkovic, Mama Baldé, Domingos Duarte, Ivanildo Fernandes, Rúben Ribeiro, Kikas (Zezinho, 81), Ryan Gauld, Filipe Chaby (Fábio Martins, 25), Francisco Geraldes, Daniel Podence e Cristian Ponde (Fokobo, 71).

(Suplentes: Pedro Silva, Tomas Rukas, Fokobo, Zezinho, Rafael Barbosa, Fábio Martins e Betinho).

Treinador: João de Deus.

Árbitro: João Bento (Santarém).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Mama Baldé (37), Djibril (50), Pedro Ribeiro (54), Ryan Gauld (59), Gonçalo Abreu (62), Ivanildo Fernandes (65 e 90+2), João Paulo (68), Fábio Martins (71) e Daniel Podence (86). Cartão vermelho, por acumulação de amarelos, para Ivanildo Fernandes (90+2).

Assistência: 507 espectadores.

sexta-feira, 1 de abril de 2016

PENAFIEL - SPORTING B


ANTÓNIO GOMES CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DO CLUBE

 
António Gomes antigo presidente do FC Penafiel deverá ser candidato em Maio às eleições do clube rubro negro. As manobras de bastidores já estão a funcionar à algum tempo e o ex presidente deve apresentar a sua candidatura. António Gomes tem visto os treinos da equipa, sinal que tem acompanhado a equipa de perto  e que para o ano o Fc Penafiel pode contar com ele.  As eleições serão em Maio e haverá duas a três listas a concorrer a pela presidência do clube.