segunda-feira, 31 de outubro de 2016

SE HOUVESSE ESTA RAÇA TODOS OS JOGOS, ESTAVAMOS NO TOPO

Raça? Crer? Ambição?  Neste jogo esteve tudo presente mas não deveria ser assim em todos os jogos? O crer e raça num jogo de futebol é meio caminho andado para vencer e ontem ficou demonstrado. Mesmo assim foi uma vitória sofrida por 2-1 contra uma equipa que foi duas vezes à baliza de Ivo. A equipa de Paulo Alves encostou a equipa do Varzim à sua defensiva e nem em contra ataque os varzinistas criaram perigo. A exceção foi um lance aos 30 minutos num remate fora de área que embateu na barra, os defesas penafidelenses ficaram a olhar enquanto que Éder Diaz mais rápido fez a recarga para o primeiro golo da partida. Até ao intervalo os penafidelenses não conseguiram marcar mas fizeram de tudo por isso. 
   Ao intervalo o técnico penafidelense mexeu na equipa e colocou Fábio Fortes em campo e aos 56 minutos o homem do jogo entrou na partida, Fernando que tem estado apagado nos últimos jogos entrou para dar justiça ao resultado.
  Em 10 minutos a derrota virou vitória com Fernando a marcar um pontapé de penalti aos 70 minutos e aos 79 a marcar um grande golo depois de uma bonita jogada. Até ao final o Varzim foi apenas uma vez à baliza penafidelense mas o lance não deu em nada.
  Foi uma sofrida mas grande vitória do FC Penafiel que agora está em 5.º lugar a 4 pontos dos lugares de subida. Os adeptos esperam mais jogos assim, com esta raça e crer não havendo nada apontar a não ser o agradecimento dos jogadores no final do jogo que continua muito tímido depois de um jogo em que os adeptos penafidelenses especialmente os penaboys estarem todo o jogo a cantar e dar força à equipa.

Jogo no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.
Ao intervalo: 0-1.
Marcadores: 0-1, Éder Díez (31'); 1-1, Fernando, 70' (pen.); 2-1, Fernando, (79').


Penafiel: Ivo Gonçalves, Kalindi, João Paulo, Pedro Ribeiro, Pedro Araújo (Fábio Fortes, 46'), Rafa Sousa (Djibril, 85'), Hélio (Fernando, 56'), André Fontes, Wellington, Fidelis e Gonçalo Abreu.
Suplentes não utilizados: Coelho, Diouf, Edue Danilo).
Treinador: Paulo Alves.

Varzim: Paulo Vítor, Jean Filipe, Sandro, Nélson Agra, Delmiro, Leonel Olímpio, Keaton Parks (Jefferson, 65'), Rui Neta (Romário, 82'), Rui Coentrão, Rui Costa e Éder Díez (Renna, 76').
Suplentes não utilizados: Paulo Cunha, Tiago Alves, Denot e Villagrán).
Treinador: João Eusébio.

Árbitro: João Capela (Lisboa).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para André Fontes (25'), Rui Costa (35'), Delmiro (39'), Leonel Olímpio (73'), Romário (84'), Gonçalo Abreu (84') e Fábio Fortes (87').

Assistência: Cerca de 700 espetadores.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

E MAIS UMA VEZ A TAÇA DA LIGA SE FOI...

  Hoje o FC Penafiel perdeu assim como na época passada de prosseguir na taça da liga e poder arrecadar uns bons milhares de euros, tanto pela passagem como pela receita que poderia vir por jogar com um dos ditos grandes de Portugal. 
  A equipa de Paulo Alves não foi capaz de contrariar uma equipa como o Covilhã, ainda por cima com a equipa serrana a jogar quase a segunda parte com 10 elementos.
   O Covilhã começou a partida praticamente a ganhar depois de um golo de Chaby de livre direto aos 7 minutos.
 O capitão Pedro Ribeiro conseguiu empatar a partida aos 24 minutos através de um canto batendo o guardião serrano. Danilo que jogou a titular e até foi uma agradável surpresa teve nos pés a melhor oportunidade do jogo mas não foi capaz de marcar golo , facto que vem acontecendo com todos os avançados penafidelenses.
  Na segunda parte os pupilos de Paulo Alves nunca conseguiram criar jogadas de perigo para o guarda redes Hugo Marques. O meio campo anda sem ideias, incapaz de construir jogo. No início da época alertou-se aqui no blog que era preciso mais homens para o meio campo, mas nenhum jogador foi contratado, ainda por cima André Fontes já não é o jogador de à três anos atrás.
  A meio da segunda parte Paulo Alves e bem ainda colocou Gonçalo Abreu em campo retirando Romeu Ribeiro, mas a substituição não sortiu efeito. Fernando e Rafa também entraram mas principalmente Fernando anda muito apagado.
  Nas grandes penalidades o Covilhã não falhou nenhuma e o FC Penafiel falhou duas, Pedro Ribeiro voltou a falhar um penalti e Wellington falhou o outro.

  Na época passada o FC Penafiel também fora eliminado na mesma fase mas com o Portimonense, este ano com o Covilhã ambos os jogos no 25 de abril. Arrisco me a dizer que era preferível perder um jogo do campeonato do este na segunda fase da taça da liga. Pois a terceira fase com certeza ia dar milhares de euros aos rubro negros. Assim não aconteceu e a taça da liga se foi mais uma vez...

Jogo disputado no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.

Penafiel-Sporting da Covilhã, 1-1 (2-4 no desempate por penáltis)
Ao intervalo: 1-1 
Marcadores: 0-1, Filipe Chaby, 09 minutos. 1-1, Pedro Ribeiro, 24.

Marcadores nos desempates por penáltis: 
0-0, Pedro Ribeiro falhou (por cima).
0-1, Zé Pedro.
1-1, João Paulo.
1-2, Davidson.
1-2, Wellington falhou (por cima).
1-3, Gilberto.
2-3, Fernando.
2-4, Joel.

Penafiel: Coelho, Kalindi, João Paulo, Pedro Ribeiro, Daniel Martins, Romeu Ribeiro (Gonçalo Abreu, 71), Hélio (Rafa Sousa, 84), André Fontes, Wellington, Fidelis e Danilo (Fernando, 67).
Suplentes: Tiago Rocha, Diouf, Rafa Sousa, César, Edu, Gonçalo Abreu e Fernando. 
Treinador: Paulo Alves.

Sporting da Covilhã: Hugo Marques, Diogo Gaspar, Zé Pedro, Joel, Soares, Gilberto, Diarra, Medarious, Filipe Chaby (Davidson, 58), Bokila (Mike, 58) e Luís Pinto (Harramiz, 58).
Suplentes: Igor, Mike, Cristian Ponde, Bouças, Davidson, Harramiz e Ofori. 
Treinador: António Gouveia.

Árbitro: Pedro Vilaça (AF Viana do Castelo). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Paulo (09), Diogo Gaspar (43 e 55) e Diarra (73 e 89). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Diogo Gaspar (55) e Diarra (89).

Assistência: 336 espectadores.
  

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

RESULTADOS E CLASSIFICAÇÃO

Clica na imagem

Clica na imagem

  O FC Penafiel desceu para 8.º lugar da tabela classificativa e ficou mais longe dos lugares de subida perdendo o comboio dos lugares da frente. Os oito clubes primeiros classificados pontuaram à exceção do FC Penafiel. O Santa Clara venceu em Braga, o Aves venceu o Freamunde e Cova da Piedade também venceu o seu jogo. 
  A equipa de Paulo Alves continua sem vencer fora do 25 de abril contando apenas com três empates. Algo preocupante são os golos marcados, o FC Penafiel é o 5.º pior ataque da liga apenas com 11 golos e até o Olhanense que se encontra em último lugar conta com mais golos que a equipa rubro negra. A equipa de Paulo Alves domina muitas vezes as partidas mas não consegue chegar com sucesso ao último terço do terreno. A comprovar isso são por exemplo os cantos que os rubro negros conseguem, há jogos com 15 a 20 cantos, mas não se consegue marcar um golo. É preciso eficácia.

domingo, 23 de outubro de 2016

A DIFERENÇA ESTEVE NO ATAQUE

O FC Penafiel consentiu hoje a sua terceira derrota no campeonato com um 2-0 no campo do Benfica B. Os golos apenas foram marcados nos últimos 10 minutos, minutos estes fatais para a equipa rubro negra.
  O Benfica B começou melhor o jogo impondo-se no seu terreno ante um Penafiel que esteve muito bem no jogo menos no capítulo da finalização.
  Na primeira parte a equipa da capital esteve ligeiramente por cima dos penafidelenses, tendo mais posse de bola e controlo no meio campo. 
  Na segunda parte a equipa de Paulo Alves ao contrário do primeiro tempo esteve por cima da equipa de Hélder, mas isso não bastou. Fábio Fortes e Romeu deram lugar a Hélio e Fernando, mas os jogadores que entraram não estiveram nos seus dias.  Fernando teve nos pés uma oportunidade de ouro para colocar o FC Penafiel em vantagem mas não conseguiu desfeitear o guardião benfiquista. E quem não marca arrisca-se a sofrer o Benfica nos últimos 10 minutos marcou dois golos algo consentidos pela defesa penafidelense. 
  Na segunda parte o Fc Penafiel pelo que fez merecia o golo, mas os avançados penafidelenses hoje estiveram em dia não. O Benfica sem merecer o golo mas com qualidade na frente de ataque venceu os penafidelenses.
  Os rubro negros podiam sem dúvidas nenhumas sair do seixal com uma vitória mas a qualidade no ataque evidenciou-se nas duas equipas sendo que o Benfica levou a melhor.

 Centro de estágios do Benfica, Seixal
 Benfica B - Penafiel: 2-0. 
Ao intervalo: 0-0. 
Marcadores:1-0, João Carvalho, 81 minutos. 2-0, Buta, 84.

- Benfica B: André Ferreira, Alan Benítez, Ferro, Rúben Dias, Yuri Ribeiro, Pêpê, João Carvalho, Dálcio, Diogo Gonçalves (Gilson, 64), Heriberto (Buta, 83) e Saponjic (Romário, 70).
(Suplentes: Zlobin, Romário, Gilson, Pedro Amaral, João Escoval, Buta e Pipo).
Treinador: Hélder Cristóvão.

- Penafiel: Ivo Gonçalves, Pedro Ribeiro, Daniel Martins (Fidelis, 83), Kalindi, João Paulo, André Fontes, Rafa Sousa, Romeu Ribeiro (Hélio, 59), Gonçalo Abreu, Fábio Fortes (Fernando, 58) e Wellington.
(Suplentes: Coelho, Zid, Hélio, Fidelis, Fernando, Diouf e Edu).
Treinador: Paulo Alves.

Árbitro: Luís Máximo (AF Castelo Branco).  
Ação disciplinar: cartão amarelo para Romeu Ribeiro (5), Ferro (15), Rúben Dias (43), Dálcio (61), João Paulo (69) e Yuri Ribeiro (79).

Assistência: cerca de 450 espetadores.


sexta-feira, 21 de outubro de 2016

NOVO DUELO EM VIZELA, AGORA PARA A TAÇA

O Vizela foi o adversário sorteado na Taça de Portugal ao FC Penafiel, o embate está marcado para o dia 20 de novembro no campo do Vizela.
  Os penafidelenses poderão vingar então a derrota sofrida no campeonato, num jogo em que o Fc Penafiel não merecia sair derrotado de Vizela.
  O jogo contará para a 4.ª eliminatória correspondente aos 16 avos de final da competição. É possível passar em frente e chegar mais além na segunda competição de Portugal. O Jamor é o sonho de qualquer adepto português. Tudo é possível, FORÇA PENAFIEL

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

VITÓRIA MAIS QUE JUSTA

O FC Penafiel venceu hoje o Gil Vicente por 1-0 e continua a perseguir os lugares de subida.
  Antevia-se um jogo difícil frente a uma equipa que só tinha perdido uma vez no campeonato, mas no final do jogo os três pontos ficaram no 25 de abril. Na primeira parte o Gil Vicente dominava o meio campo e criou a melhor ocasião de golo, mas o guardião Ivo esteve ao melhor nível e defendeu o remate. O FC Penafiel também criou algumas situações de golo, com Rafa, Fábio Fortes e Wellington a terem as suas oportunidades, mas as situações criadas não deram em golo.
  Na segunda parte a equipa de Paulo Alves fez por merecer a vitória fazendo recuar o GilVicente cada vez mais para o seu último terço de terreno à medida que o jogo ia avançando.
  Aos 77 minutos Gonçalo Abreu fez o único golo da partida num livre muito bem executado enganando o guarda redes minhoto. Até ao final do jogo os rubro negros mantiveram cabeça fria e seguraram o resultado.
  A equipa penafidelense está agora no 5.º lugar da tabela classificativa num lote de equipa que persegue os lugares de subida.

Jogo disputado no Estádio 25 de Abril, em Penafiel. 
Penafiel-Gil Vicente, 1-0. 
Ao intervalo: 0-0. 
Marcador: 1-0, Gonçalo Abreu, 76 minutos.

Equipas:

- Penafiel: Ivo Gonçalves, Kalindi, João Paulo, Pedro Ribeiro, Daniel Martins (Fernando, 66), Romeu Ribeiro, Rafa Sousa (Hélio, 84), André Fontes, Wellington, Fábio Fortes (Diouf, 90+2) e Gonçalo Abreu.
(Suplentes: Coelho, Diouf, Edú, Hélio, Fernando, Danilo e Fidelis). 
Treinador: Paulo Alves.

- Gil Vicente: Júlio Neiva, Pedro Lemos, Jefferson, Luiz Eduardo, Vançan, Strasser (JP, 80), Alphonse, Arthur (Toro, 85), Dybal (Reko, 64), Abou Touré e Paulinho.
(Suplentes: Vozinha, Sandro, Henrique, Reko, Toro, Brou e JP). 
Treinador: Álvaro Magalhães.

Árbitro: Manuel Oliveira (AF Porto). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo a Luiz Eduardo (75), JP (81) e Wellington (83).

Assistência: Cerca de 300 espectadores.

RESULTADOS E CLASSIFICAÇÃO DA 11.ª JORNADA

Clica na imagem

Clica na imagem

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

EM FRENTE NA TAÇA DE PORTUGAL

  Depois de um jogo difícil com o Amarante o FC Penafiel avançou mais uma etapa na taça de portugal. A equipa rubro negra só marcou ao minuto 118 do prolongamento, golo marcado por Wellington depois de um cruzamento teleguiado de Gonçalo Abreu.
  Os primeiros 45 minutos  pertenceram ao Amarante que chegou a Penafiel sem medo e tomou conta do jogo embora não criando
grandes oportunidades de golo. Na segunda parte tudo mudou com a expulsão de um jogador amarantino aos 48 minutos. A jogar contra dez a equipa de Paulo Alves massacrou endereçando três bolas ao ferro e estando sempre em cima do adversário. O golo só aconteceu no prolongamento mas podia ter acontecido bem mais cedo tal era o ascendente dos rubro negros.
  Jogos de taça são sempre complicados mas o FC Penafiel mais uma vez saiu-se bem contra a uma equipa inferior. Veremos qual o próximo adversário.
  A equipa penafidelense estará assim presente na 4.ª eliminatória tendo até agora arrecadado 12 mil euros pelas três presenças (2.ª, 3.ª e 4.ª eliminatória). Se na próxima eliminatória o FC Penafiel passar à ronda seguinte arrecada mais 7,500 euros juntando aos 12 mil já ganhos.
  Sexta feira realiza-se o sorteio.

Jogo disputado no Estádio 25 de Abril, em Penafiel. 
Penafiel-Amarante, 1-0. 
No final do tempo regulamentar: 0-0. 
Marcador: 1-0, Wellington, 118 minutos.

Equipas:
- Penafiel: Coelho, Francesco (Wellington, 69), João Paulo, Diouf (Danilo, 99), Pedro Araújo, Rafa Sousa, Hélio, André Fontes, Fernando (Fábio Fortes, 46), Fidelis e Gonçalo Abreu.
(Suplentes: Tiago Rocha, Paulo Bessa, Romeu Ribeiro, César, Wellington, Danilo e Fábio Fortes). 
Treinador: Paulo Alves.

- Amarante: Paulo Jorge, Tiago Silva, César, Diogo Vila, Armando, Piquet, Zé Lopes, Rafinha (Paul Ayongo, 62), Rui Magalhães, Tiago André (Dani, 104) e Badará (Rafa, 91).
(Suplentes: Nené, Carlos Silva, Dani, Moreira, Rafa, Rui Sampaio e Paul Ayongo). 
Treinador: Pedro Pinto.

Árbitro: Carlos Macedo (AF Braga). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rafinha (52), Pedro Araújo (89), Wellington (119) e Coelho (120). Cartão vermelho direto para Piquet (48).

Assistência: Cerca de 600 espetadores.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

SÁBADO É DIA DE TAÇA DE PORTUGAL

  No próximo sábado o FC Penafiel recebe o Amarante em jogo a contar para a taça de Portugal e Paulo Alves tem todos os jogadores à sua disposição. O Amarante é um velho conhecido penafidelense principalmente dos anos 50 e 60 mas
último encontro realizado entre as duas equipas foi em 2009 quando as duas equipas militavam na II-B. A equipa então orientada por Rui Quinta foi vencer ao campo do Amarante por 2-0. Os golos foram apontados por Michel, goleador brasileiro que foi o melhor marcador da equipa por 3 anos consecutivos.
  O Amarante milita no Campeonato de Portugal divisão inferior à segunda liga e no campeonato está bem classificado não tendo até ao momento qualquer derrota.
  O jogo não será fácil com certeza, pois jogos da taça o resultado é sempre imprevisível, mas obviamente o FC Penafiel é favorito e tem que fazer em campo por isso. O jogo está marcado para as 16:00 no 25 de abril. O preço dos bilhetes será de 5 euros para associados de ambos os clubes, para não sócios 7 e 10 euros para superior e central respetivamente.

sábado, 8 de outubro de 2016

JOGO TREINO EM PAÇOS DEU DERROTA

  Hoje de manhã o Fc Penafiel fez um jogo treino com o vizinho Paços de Ferreira em sua casa e o resultado foi de 1-0 para os castores.
 Paulo Alves utilizou todos os jogadores do plantel à excepção de Edú, Tiago e Zid que está ao serviço da seleção do Burkina Faso.
  O golo pacense foi marcado no primeiro tempo num cruzamento atrasado pela sua direita do ataque aparecendo um jogador do Paços a cabecear para a baliza de Coelho, sendo um bom golo. 
  A equipa adversária com jogadores de melhor recorte técnico esteve por cima da equipa penafidelense mas nem sempre. A equipa de Paulo Alves chegou à baliza contrária mas sem grande perigo. 
  Na segunda parte com um onze diferente os rubro negros entraram bem mas depressa o Paços de Ferreira equilibrou a partida. M'Bala  já treina a 100% sendo uma opção válida para as alas, Gonçalo Abreu jogou no meio na segunda parte e Hélio Cruz na primeira. São dois jogadores que se destacam no meio campo principalmente Hélio Cruz que está a fazer um bom início de época sendo talvez o melhor jogador penafidelense deste ano. Tem boa técnica, velocidade e aparece na frente para finalizar. Na segunda parte o FC Penafiel ainda tentou o golo, com algumas investidas e bolas na área, mas nunca houve um remate de verdadeiro perigo.
  Até ao final da partida não houveram grandes ocasiões de golo valendo apenas aquele golo no primeiro tempo pelos pacenses.


segunda-feira, 3 de outubro de 2016

FALTOU A ESTRELINHA DA SORTE

  Ontem em Vizela o FC Penafiel averbou a sua segunda derrota no campeonato com o golo vizelense a ser marcado pelo ex penafidelense Elízio aos 8 minutos.
  Foi uma derrota muito injusta para as cores rubro negras pois a equipa de Paulo Alves dominou por completo a partida mas mais uma vez a eficácia não esteve presente.
  Muito volume de jogo, muita posse de bola, muitos cantos mas zero golos.
  O técnico penafidelense  mudou o onze em relação ao último jogo retirando Hélio Cruz, Gonçalo Abreu e Fábio Fortes, para seus lugares Paulo Alves colocou em campo Rafa, que esteve muito bem, Wellington que foi dos melhores em campo e Fidélis para a frente de ataque.
  O Vizela marcou logo aos 8 minutos e os penafidelense tiveram que correr atrás do prejuízo, e na primeira parte aconteceram algumas situações de golo cabendo a melhor a Wellington num grande remate fora da área.
   Na segunda parte Paulo Alves retirou Romeu Ribeiro amarelado baixando Rafa para trinco e colocando Hélio Cruz no meio. Aos 66 minutos Fernando saiu para dar lugar a Fábio Fortes, colocando na frente de ataque dois pontas de lança. Houveram algumas oportunidades de golo, muitos remates que encontravam sempre um "pinheiro" no caminho da bola. A 15 minutos do fim Gonçalo Abreu entrou para defesa esquerdo sendo talvez a substituição menos conseguida, pois Gonçalo Abreu rende muito mais ou a extremo ou no miolo. Nos minutos finais Rafa endereçou uma bola ao poste com direito a recarga de André Fontes que foi por cima da baliza, Wellington também teve um bom remate e Fidélis outro.
  Sem dúvidas o FC Penafiel merecia outro resultado e se o resultado final fosse um 1-3 não admirava nada pelo que se passou em campo.
  Há que levantar a cabeça e ganhar os próximos jogos, pois os nossos jogadores têm qualidade para isso. FORÇA PENAFIEL


Jogo no Estádio do FC Vizela. 
Ao intervalo: 1-0. 
Marcadores: 1-0, Elízio, 8 minutos.

Vizela: Pedro Albergaria, João Sousa, João Cunha, João Pedro (Dani Coelho, 83), Elízio, Pinto, Lamelas (Miguel Oliveira, 84), Luiz Ferraz, Tiago Ronaldo (Dani, 66), Felipe Augusto e Kukula.
Suplentes: Paulo Ribeiro, Alex Porto, Felipe Martins, Dani Coelho, Miguel Oliveira e Dani.
Treinador: Ricardo Soares.

Penafiel: Ivo, Kalindi, João Paulo, Pedro Ribeiro, Daniel Martins (Gonçalo, 75), Rafa Sousa, Romeu Ribeiro (Hélio Cruz, 46), Fernando Andrade (Fábio Fortes, 66), Wellington, André Fontes e Fidelis.
Suplentes: Coelho, Zid, Hélio Cruz, Diouf, Edu, Gonçalo e Fábio Fortes.
Treinador: Paulo Alves.

Árbitro: Tiago Martins (AF Lisboa). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Romeu Ribeiro (15) e Ivo (28).

Assistência: Cerca de 700 espetadores.

domingo, 2 de outubro de 2016