segunda-feira, 22 de outubro de 2018

IVO EM GRANDE NA BALIZA

Ontem o FC Penafiel conseguiu ultrapassar mais um duro obstáculo na taça de portugal, o Fafe que deu uma grande réplica agora liderado por Álvaro Pacheco, antigo adjunto de Miguel Leal no FC Penafiel.
  Antevia-se um jogo difícil e assim aconteceu, mesmo assim os rubro negros entraram melhor em jogo mas depressa o Fafe equilibrou a partida. A equipa da casa teve as melhores oportunidades de golo mas Ivo esteve em grande e fez três boas defesas segurando o nulo. 
  na última meia hora de jogo a equipa de Armando Evangelista melhorou com as substituições que fez, colocando em campo Yuri, Caetano e Areias. Teve mais posse de bola, mas os resultados práticos que era um golos nunca apareceram.
  O prolongamento chegou e aos 102 minutos houve uma grande penalidade a favor do Fafe. Numa desatenção da equipa penafidelense Romeu Ribeiro teve que agarrar um jogador contrário dentro da área pois estava na cara do golo. Ainda bem que agarrou e fez penalti pois Ivo defendeu a grande penalidade dando uma alegria imensa à centena de penafidelenses que se encontravam nas bancadas.
  Os 120 minutos chegaram ao fim e a eliminatória tinha que ser resolvida nas grandes penalidades.
  Mais uma vez Ivo esteve em grande e defendeu dois remates, Yuri no quinto penalti fez o golo final fazendo 2-4 para os penafidelenses. 
   Foi um jogo difícil , mas com uma saborosa passagem à próxima fase da taça de portugal. FORÇA EQUIPA

Jogo no Parque Municipal dos Desportos, em Fafe.
Fafe - Penafiel, 0-0 após prolongamento, 2-4 no desempate por penaltis.

Marcadores no desempate por grandes penalidades:
0-1, Caetano.
0-1, Nené (defesa do guarda-redes).
0-2, Vasco Braga.
1-2, Landinho.
1-2, Areias (defesa do guarda-redes).
1-2, Ferrinho (defesa do guarda-redes).
1-3, Cristian.
2-3, João Fernandes.
2-4, Yuri.

Equipas:

- Fafe: Fred Fangueiro, Chico, Zé Oliveira (João Sousa, 106), Paulo Monteiro, Ofori, Júnior Franco, Nené, Landinho, Tiago Nogueira (João Fernandes, 86), Ângelo Oliveira (Ferrinho, 56) e Joel Silva (Marcelo Santos, 109).

(Suplentes: Pedro Soares, João Sousa, Emerson, João Fernandes, Nuno Silva, Marcelo Santos e Ferrinho).

Treinador: Álvaro Pacheco.

- Penafiel: Ivo Gonçalves, Pedro Lemos, João Paulo, Luís Pedro, Daniel Martins, Romeu Ribeiro, Tiago Ronaldo (Caetano, 75), Vasco Braga, Ludovic (Yuri, 61), Fábio Abreu (Areias, 86) e Pires (Cristian, 104).

(Suplentes: Tiago Rocha, Yuri, Vini, Cristian, Caetano, Fernandinho e Areias).

Treinador: Armando Evangelista.

Árbitro: Iancu Vasilica (AF Vila Real).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Zé Oliveira (77), Ferrinho (90) e Vasco Braga (94). Cartão vermelho direto para Romeu Ribeiro (101).

Assistência: cerca de 3.000 espectadores.

domingo, 21 de outubro de 2018

SEMPRE DIFÍCIL PASSAR EM FAFE

Jogo com o Fafe numa das eliminatórias, com os
 minhotos a usarem um estranho equipamento
 com os números à frente na sua camisola.
  No próximo domingo o FC Penafiel defronta o Fafe para a 3.ª eliminatória da taça de portugal equipa que já defrontou por cinco vezes nesta competição. Os cinco jogos dizem respeito a três eliminatórias que no final dos 90 minutos o empate subsistia, tendo que as eliminatórias ser resolvidas com jogos de desempate e grandes penalidades.
  O primeiro embate entre estas duas equipas para a taça aconteceu em 75-76 com 0-0 em Fafe e com uma vitória dos rubro negros em Penafiel seguindo assim em frente na prova rainha. Em 78-79 novamente empate a zero bolas e com o segundo jogo em Penafiel a sorrir à equipa minhota. O FC Penafiel perdeu a oportunidade de passar às meias finais da competição no seu próprio reduto averbando uma derrota por 1-3.
  Mais recentemente na época 15-16 novo empate aconteceu e só nas grandes penalidades a equipa rubro negra conseguiu continuar em frente na competição.
  Por isso está visto que será mais uma vez uma eliminatória em que os jogadores vão ter que suar a camisola para obter uma vitória.
  Outra curiosidade é que o FC Penafiel em quinze jogos oficiais em Fafe apenas venceu um, uma estatística nada favorável aos durienses.
  Vai ser preciso entrar com raça, jogar os 90 minutos (ou mais) com vontade de vencer e claro, não se pode prescindir de apoio nas bancadas, TODOS A FAFE.
  

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

SAÍMOS MAIS FORTES

   Ontem em mais uma assembleia geral do clube as contas relativas à época transata foram aprovadas havendo um saldo positivo de cerca de 2300 euros, não havendo qualquer dívida.
   A leitura das atas das últimas duas assembleias extraordinárias foram lidas na integra e também foram aprovadas. 
   No terceiro e último ponto da convocatória foram debatidos diversos assuntos como a SAD e a preocupação com os adeptos penafidelenses.
  Apesar de poucos associados estarem presentes, foi uma assembleia muito positiva onde se debateram assuntos importantes para o Futebol Clube de Penafiel e sem dúvida saímos mais fortes. A assembleia durou cerca de duas horas e meia e no final todos os presentes foram convidados a tomar café e confraternizar um pouco como família que somos, a família penafidelense. 

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

EMPENHO E QUALIDADE DEU VITÓRIA

   O FC Penafiel venceu ontem na Trofa o Trofense por 2-3 e seguiu em frente na taça de portugal. 
  Os penafidelenses estiveram sempre a vencer e estiveram sempre por cima do adversário excetuando no segundo tempo em que a equipa da Trofa teve algum ascendente no jogo, tentando virar o rumo dos acontecimentos, mas com o Penafiel a tapar sempre os caminhos para a baliza de Ivo.
  O primeiro golo aconteceu num cruzamento certeiro de Daniel Martins para Areias fazer um bom cabeceamento para o fundo das redes, o 0-2 aconteceu já na segunda parte, com Areias a bisar fazendo um bonito golo, picando a bola ligeiramente por cima do guarda redes do Trofense. A equipa adversária reduziu num golo "esquisito", mas o FC Penafiel voltou a dilatar a vantagem depois de um remate de Vasco Braga defendido por Luís mas na recarga Yuri fez o 1-3. Já nos minutos finais o Trofense fez o 2-3 de grande penalidade.
  Foi um bonito jogo de futebol, com golos, jogo "rasgadinho", com momentos quentes e que no final a vitória foi penafidelense.
  A equipa esteve toda bem, mas palavras de apreço para Areias que marcou dois golos de qualidade, para Fábio Abreu pelo que jogou, pela raça que teve, só não tendo sorte na finalização. Outra nota para Cristian que mais uma vez entrou bem na segunda parte e que teve dois apontamentos de grande classe em jogadas individuais.
 Quanto à restante equipa não há nada a apontar, houve empenho, raça e não jogaram a meio gás frente a uma equipa de divisão inferior.
  É com este empenho, espírito de equipa que temos de entrar em todos os jogos e cabeça fria para fazer golos como fez Areias.
  Muitas equipas da segunda liga foram eliminadas, casos de Famalicão, Académica, Oliveirense, Mafra, Varzim, mostrando que na taça pode haver surpresas mas desta vez com o FC Penafiel não houve. A meia centena de adeptos penafidelenses que se deslocou à Trofa não ficou desiludida. FORÇA EQUIPA

Jogo no Estádio do Clube Desportivo Trofense, na Trofa.
Trofense - Penafiel, 2-3.
Ao intervalo: 0-1.
Marcadores:
0-1, Areias, 05 minutos.
0-2, Areias, 50.
1-2, Asprilla, 54.
1-3, Yuri Araújo, 74.
2-3, Bruno Moraes, 86 (grande penalidade).

Equipas:

- Trofense: Luís Monteiro, Edú, Mika, Asprilla, Chiquinho, Djibril (André Viana, 70), Serginho (João Pedro, 46), Telmo Castanheira, Paulo Pereira (Moreno, 46), Bruno Moraes e Felipe Augusto.
(Suplentes: Pedro Cavadas, Ricardinho, Diogo Melo, André Viana, Elísio, Moreno e João Pedro).
Treinador: Hélder Pereira.

- Penafiel: Ivo Gonçalves, Pedro Lemos, João Paulo, Luís Pedro, Daniel Martins, Tiago Ronaldo, Romeu Ribeiro, Vasco Braga (Cristian, 77), Ludovic (Vini, 90+3), Areias (Yuri Araújo, 66) e Fábio Abreu.
(Suplentes: Tiago Rocha, Yuri Araújo, Vini, Cristian, Fernandinho, Caetano e Pires).
Treinador: Armando Evangelista.

Árbitro: Carlos Xistra (AF Castelo Branco).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Romeu Ribeiro (09), Fábio Abreu (53), Aspirlla (53), Djibril (60), Bruno Moraes (81), Tiago Ronaldo (84), Chiquinho (90+3), João Paulo (90+3), Felipe Augusto (90+3) e Luís Pedro (90+3).

Assistência: Cerca de 800 espetadores
  

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

TROFENSE - PENAFIEL

  Neste fim de semana irá existir mais uma paragem no campeonato da segunda liga, mas desta vez para um jogo da taça de portugal. 
  O FC Penafiel irá jogar com o Trofense na Trofa com a partida a começar às 15:00.
  A taça da liga já se foi e agora resta a taça de portugal para tentar chegar o mais longe possível e ganhar uns "cobres".
  Lembremos que na época passada os rubro negros foram afastados pelo Vilafranquense equipa do campeonato nacional de seniores.  Este ano o primeiro adversário nesta competição é o Trofense, equipa talvez uns furos acima à turma de Vila Franca de Xira. Não será um jogo fácil, pois o Trofense reforçou-se para subir de divisão e ainda no último jogo foi vencer a Fafe.
  É preciso uma vitória, e para isso é preciso jogar com agressividade e atitude. Só assim ultrapassaremos este adversário difícil. FORÇA EQUIPA

terça-feira, 25 de setembro de 2018

NÃO SE PODEM PERDER PONTOS EM CASA

  O FC Penafiel perdeu neste fim de semana a hipótese de continuar no lote das equipas que ocupa o cimo da tabela classificativa, perdendo pontos para equipas candidatas à subida de divisão como o Paços de Ferreira e Famalicão, que contam agora com mais 5 pontos que o FC Penafiel.
  O jogo no sábado foi numa tarde de muito calor com as equipas a anularem-se mutuamente. Não houveram grandes ocasiões de golo, cabendo a melhor a Fábio Abreu já na segunda parte, mas o remate teve a direção da malha lateral.
  Armando Evangelista fez entrar o onze habitual, mas a equipa não esteve tão bem ofensivamente como nos últimos dois jogos. A primeira substituição de Armando Evangelista foi trocar Yuri por Fábio Abreu, colocando o avançado a jogar a extremo , algo que não deu resultado. Aos 77 minutos o FC Penafiel começou a jogar em 4-4-2, com Pires e Areias na frente e Fábio Abreu ainda na direita, e aos 89 minutos fez troca de Ludovic por Caetano.
 Uma nova tática tardou no jogo e as substituições também pareceram algo tardias. Nem tudo correu bem, mas também nem tudo foi mau. A defesa parece que está mais consistente e Dias tem subido de forma nestes últimos jogos, fazendo boas exibições.
 Um empate em casa é sempre mau resultado, ainda para mais quem está a lutar por uma subida de divisão, mas foi um ponto conquistado, ao contrário do Estoril por exemplo que é um candidato forte à subida de divisão e perdeu no seu reduto por 1-4 com o Mafra.
  É preciso melhorar alguns aspetos do jogo e recuperar alguns jogadores lesionados, o campeonato ainda começou mas convém não perder muitos pontos para as equipas da frente. FORÇA EQUIPA

Jogo no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel.
Penafiel - Cova da Piedade, 0-0.

Equipas:

- Penafiel: José Costa, Luís Dias, João Paulo, Luís Pedro, Daniel Martins, Romeu Ribeiro, Ludovic (Caetano, 89), Tiago Ronaldo (Areias, 77), Vasco Braga, Yuri Araújo (Fábio Abreu, 46) e Pires.
(Suplentes: Ivo, Fábio Abreu, Caetano, Vini, Areias, Kalika e Cristian Machado).
Treinador: Armando Evangelista.

- Cova da Piedade: Moreira, Coronas, Amorin, Lima Pereira, Evaldo, Sori Mané, Miguel Rosa (Cele, 82), Hugo Firmino, Ballack, Dieguinho (Kalidou, 90) e Liu (Rodrigo Martins, 65). 
(Suplentes: Márcio, Cele, Helinho, Jiayu Chen, Yan Victor, Rodrigo Martins e Kalidou).
Treinador: Hugo Falcão.

Árbitro: André Narciso (AF Setúbal).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Amorin (32), Lima Pereira (39), Luís Pedro (58), João Paulo (62) e Coronas (80). 

Assistência:  Cerca de 600 espetadores
  

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

DE VOLTA AOS RELVADOS

  Volvidas três semanas a segunda liga volta a entrar em campo onde o FC Penafiel recebe no 25 de abril a equipa da margem sul, o Cova da Piedade.
  Estas paragens obviamente não favorecem ninguém e não é com jogos particulares que as equipas ganham ritmo, e isto falando que apenas estão jogadas quatro jornadas. 
  Esta Liga de Clubes tem feito coisas boas, mas continua a falhar noutras, não pensando nas equipas nem nos adeptos. Ora veja-se: no caso concreto do FC Penafiel um associado que apenas possa ver os jogos ao domingo que deveria ser o dia de eleição para as famílias irem ao futebol apenas o poderá fazer em dezembro, pois com paragens e jogos ao sábado só assim acontecerá. Por isso constata-se que em quatro meses de campeonato um associado penafidelense que apenas possa ver os jogos ao domingo apenas verá um jogo em sua própria casa. Depois queixam-se que os estádios estão às moscas. MUITO MAU...
  
  Em relação ao jogo de amanhã o FC Penafiel terá o seu terceiro jogo no seu terreno e o Cova da Piedade também o seu terceiro fora de casa. Os piedenses ainda não perderam fora do seu reduto contando com uma vitória em Guimarães e um empate em Oliveira de Azeméis, sendo curioso que perdeu as duas partidas em casa. As equipas estão separadas por dois pontos e com certeza será um jogo aberto querendo os dois emblemas vencer.
  O Cova da Piedade nunca ganhou qualquer ponto em Penafiel averbando duas derrotas em dois jogos. A título de curiosidade, Pedro Coronas e Yero ex jogadores penafidelenses jogam no Cova da Piedade, não esquecendo que Pedro Coronas é natural de Penafiel, fez a formação no nosso clube e por isso envergando muitos anos a nossa camisola.
  O jogo será às 17 horas de amanhã no 25 de abril, comparece e vem apoiar o FC Penafiel.
  
  
 

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

TROFENSE DE DJIBRIL NO CAMINHO DOS RUBRO NEGROS

  O sorteio da 2.ª eliminatória da Taça de Portugal realizou-se no dia de ontem e o adversário do FC Penafiel é o Trofense. A equipa da Trofa disputa o Campeonato de Portugal, divisão em que está à quatro épocas, depois de uma descida de divisão em 2014-2015 ficando em último lugar com apenas 36 pontos.
  No campeonato deste ano encontra-se em 4.º lugar na tabela classificativa com 7 pontos em 4 jogos (2 vitórias, 1 empate  e 1 derrota). A equipa reforçou-se para tentar uma subida de divisão, tem jogadores experientes misturando alguma juventude. Quem está nesta equipa é o nosso conhecido Djibril, jogador que esteve duas épocas em Penafiel. Outro jogador conhecido em Portugal é Bruno Moraes, avançado brasileiro que foi campeão pelo FC Porto e que agora conta com 34 anos de idade.
  
  O FC Penafiel nunca teve vida fácil na Trofa e em 10 jogos disputados apenas venceu uma vez na longínqua época de 86-87 em jogo a contar para a segunda divisão zona norte.
  Para a Taça de Portugal nunca se defrontaram e em provas a eliminar aconteceu um jogo para a Taça da Liga jogo este que o FC Penafiel perdeu nas grandes penalidades. Houve outro jogo para a Taça da Liga em que o resultado foi um empate mas a partida foi a contar para a fase de grupos.
  
Será com certeza um embate difícil e é preciso não esquecer que o FC Penafiel na época passada foi eliminado nesta precoce fase da competição com o Vilafranquense. Por isso todos os cuidados são poucos.

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

AS CERTEZAS E AS DESILUSÕES

Clica na imagem
  Passadas quatro jornadas do campeonato, alguns candidatos à subida de divisão estão a firmar os seus créditos e outros nem por isso. Apesar de uma fase muito embrionária do campeonatos já se vislumbram algumas equipas, o Paços de Ferreira e Estoril, equipas que desceram de divisão, são obviamente candidatas e estão no lote da frente a par do Famalicão que não tem o plantel dos outros dois emblemas mas que se assume como candidato e por isso não é surpresa nenhuma estar neste lote.
  O FC Penafiel apesar de não ter começado bem o campeonato está a apenas a três pontos destas equipas fruto das últimas duas vitórias.
  Quem está a desiludir para já é a Académica e Arouca, a equipa da Briosa ainda não conseguiu qualquer vitória e apenas tem três pontos, graças a três empates. O Arouca também conta com três pontos, pontos estes conquistados em Penafiel.
  Como se diz "a procissão ainda vai no adro" e ainda há muito campeonato pela frente. Curioso é que só o Benfica B não tem derrotas, pois todas as outras equipas já contam com pelo menos uma derrota, com o Estoril e Paços de Ferreira os principais candidatos a perderem no seu reduto com o Leixões e Famalicão respetivamente.
 Haverá muitas paragens no campeonato neste mês, em que o próximo jogo será a 23 de setembro e depois a 07 de outubro. Será bom será mau estas paragens!? Só o tempo o dirá.

terça-feira, 4 de setembro de 2018

CONFIRMAÇÃO DE PASSAGEM A SAD

  Depois de uma impugnação de uma assembleia em julho, os associados penafidelenses estiveram em grande número no auditório do parque de exposições e voltaram a dar carta branca para a formação de uma SAD.
 Em percentagem, curiosamente os números voltaram a ser os mesmos da outra assembleia com sensivelmente 84% dos votantes a escolherem SIM, à formação de uma SAD.
 O auditório estava repleto de gente e houveram 190 sócios que quiseram estar presentes neste momento importante do clube. 
 Alguns associados pediram à mesa para falar e tudo aconteceu de maneira ordeira como é apanágio no nosso clube. Curiosamente as pessoas que impugnaram a outra assembleia também não estiveram presentes no auditório. Deram entrevistas a jornais, televisões e na altura de discutirem no local certo o melhor para o Futebol Clube de Penafiel, não estiveram presentes, quanto a outras pessoas que vêm para as redes sociais mandar "bitaites", essas nem podiam aparecer pois nem sócias do FC Penafiel o são e não gostam verdadeiramente do clube, pois só gostam de criar instabilidade e fazer barulho, mas se elas são felizes assim, que se há-de fazer...
  É pena que não haja união neste clube, pois ele poderia ser grande se os penafidelenses se unissem.
  Agora é olhar para a frente e esperar que o futuro seja risonho, e como o presidente da assembleia geral Alberto Simões costuma dizer no final de cada assembleia geral, "VIVA O FC PENAFIEL".
  

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

NO CAMINHO CERTO

Depois de uma férias, pois toda a gente tem direito a férias o blog Força rubro negra está de volta.
 Ora depois de duas derrotas nos dois primeiros jogos do campeonato o FC Penafiel deu a volta e venceu as últimas duas partidas frente ao FC Porto B e SC Braga B.
  No 25 de abril com os portistas os rubro negros venceram por 2-0 e no passado sábado em Braga venceram por um esclarecedor 0-3.
  Neste jogo no 1.º de Maio a equipa de Armando Evangelista dominou quase por completo a partida mostrando que é muito superior ao Braga B e que pode fazer bem melhor que nos dois primeiros jogos.
  Armando Evangelista nestes quatro jogos jogou sempre com o mesmo onze à exceção do guarda redes Tiago que jogou no primeiro jogo e a equipa tem crescido.
Foto - Catarina Morais
  Vasco Braga esteve em evidência com os dois golos marcados, mas Pires também, com as suas duas assistências, Ludovic também fez gosto ao pé marcando o primeiro golo.
  Neste jogo o Sporting de Braga apenas teve algum ascendente no início da segunda parte mas o FC Penafiel rapidamente equilibrou a partida. Os primeiros dois golos foram marcados na primeira parte, enquanto que o segundo foi já na parte final, já com Fábio Abreu em campo, sendo ele que sofreu a grande penalidade para Vasco Braga marcar.
  Estamos a subir de forma e isso é visivel. O próximo adversário é o Cova da Piedade.

No dia de hoje haverá assembleia geral do clube onde haverá votação para a transformação de SDUQ em SAD. A assembleia comecará pelas 21 horas no Auditório do pavilhão de feiras e exposições de Penafiel. Todos os associados devem comparecer e fazer parte da vida do clube associando-se a esta decisão importante para o clube.
  

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

AS ELEIÇÕES MAIS CONCORRIDAS DE SEMPRE

  Nesta semana houveram eleições no FC Penafiel e apenas uma única lista apresentou-se. A lista A venceu com 142 votos dos 155 votantes. Os associados penafidelenses deram assim  uma grande demonstração de confiança a esta direção liderada por António Gaspar Dias.
  Mesmo havendo só uma lista e estando muitos penafidelenses em período de férias, as eleições foram as mais concorridas de sempre, o que é de louvar.
  Em comparação com a assembleia sobre a SAD houveram mais 55 votantes e apenas 13 votos votaram nulo ou em branco curiosamente menos um dos que votaram não à SAD, o que demonstra que as pessoas que não foram à última assembleia vieram a estas eleições dizer um grande sim a esta direção, não indo atrás de outras vozes, posts e comentários nas redes sociais de pessoas que nem sócias são, que apenas vão ver jogos de convite e que obviamente não gostam verdadeiramente do nosso FC Penafiel.
  Agora é seguir em frente, a união entre os penafidelenses tem que estar presente no futuro, para colocar o clube num patamar mais elevado do que se encontra agora, E TODOS JUNTOS CONSEGUIREMOS, FORÇA EQUIPA
  
 

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

E TUDO ACONTECEU

 
Foto FC Famalicão
Nesta segunda jornada o FC Penafiel voltou a perder, desta vez em Famalicão por 2-0. O jogo começou praticamente com o Famalicão a ganhar, aos 9 minutos Walterson marcou depois de um cruzamento da esquerda com o jogador que cruzou em claro fora de jogo e mesmo o último passe para o golo também muito duvidoso. O árbitro assistente assim não o entendeu e o 1-0 estava consumado. 
 
Depois do golo a equipa de Armando Evangelista nunca conseguiu chegar com grande perigo à baliza do Famalicão, à exceção de uma ocasião em que Pires com o guarda redes pela frente permitiu a defesa de Defendi. Outra primeira parte má do FC Penafiel, parecida com a da primeira jornada.
   O início da segunda parte também não foi feliz para os rubro negros e aos 50 minutos o guarda redes José Costa numa saída tentou pontapear a bola, mas não acertando no esférico novamente Walterson marcou, pois ficou com a baliza escancarada depois da "fífia" do guarda redes penafidelense.
  Armando Evangelista mexeu na equipa retirando Dias e Daniel Martins (que pareceu chateado por sair, pois estando a perder saiu do campo a passo) e colocando Hélio Cruz e Fernandinho, Yuri recuou para defesa esquerdo e Fernandinho jogou a extremo esquerdo, enquanto que Hélio Cruz entrou para defesa direito.
  A partir destas substituições a equipa esteve bastante melhor, sendo o melhor período dos rubro negros, foram 20, 25 minutos em que o FC Penafiel encostou o Famalicão às cordas deixando a meia centena de adeptos penafidelenses com esperança, com boas jogadas, remates e até golos que não foram validados. 
  Uma bola entrou dentro da baliza e o árbitro assistente que na primeira parte não viu fora de jogo no golo famalicense também não viu uma bola dentro da baliza. Mesmo assim os jogadores continuaram a carregar com Fernandinho a ser uma boa surpresa na ala esquerda. Uma bola foi a barra, e mais um punhado de boas ocasiões para o FC Penafiel aconteceu, mas a bola não entrou, a não ser aquela que o árbitro assistente devia assinalar golo...Nos minutos finais Armando Evangelista ficou com a sua equipa reduzida a dez com Hélio Cruz a lesionar-se.
  E no final do jogo os penafidelenses perderam por 2-0 sendo um jogo com parecenças com o da primeira jornada. 
  Os problemas destes dois jogos estão identificados e as diferenças da época passada para a deste ano também. Falta um médio criativo no meio campo que era Gustavo na época passada, o defesa direito e defesa esquerdo são os suplentes da época passada, pois Kalindi e José Gomes davam outra consistência tanto ao ataque e à defesa, na baliza falta Ivo e na frente de ataque Fábio Abreu e Areias fazem muita falta para ajudar Pires. Para não falar de outros lesionados como Rafa.
  Com certeza quando Ivo, Rafa, Fábio Abreu e Areias estiveram bem a equipa irá ser outra. FORÇA EQUIPA

A equipa jogou com: José Costa, Dias (Hélio Cruz 55'), João Paulo, Luís Pedro, Daniel Martins (Fernandinho 55'), Romeu Ribeiro, Tiago Ronaldo (Cristian 61'), Ludovic, Yuri e Pires.
Os suplentes não utilizados foram: Tiago, Caetano e Leandro e Vini.


segunda-feira, 13 de agosto de 2018

BOA OU MÁ PUBLICIDADE, É SEMPRE PUBLICIDADE

  Os número oficiais do jogo de ontem diz-nos que estiveram 769 pessoas no estádio, número razoável para um dia de agosto em que muita gente está de férias e para o que as bancadas do 25 de abril costuma ter.
  Fomos ver os espetadores das últimas dez épocas no primeiro jogo do FC Penafiel  em casa (dados oficiais da liga, ver tabela) e claramente está acima da média a não ser quando os rubro negros estiveram na primeira liga e nas épocas 10-11 e 11-12 quando havia bilhetes de empresa.
  Ora vejamos, nestas últimas épocas houveram cinco jogos abaixo dos 769 espetadores desta época e quatro acima do mesmo número, 1691 quando o FC Penafiel estava na primeira liga, 1145 em 11-12, 1113 em 10-11 sendo estas duas épocas os anos que haviam bilhetes de empresa. E na época passada houveram 907 porque o Famalicão trouxe a Penafiel duas centenas de adeptos. O Arouca também trouxe adeptos no jogo de ontem mas apenas foram cerca de meia centena... Na época 15-16 houveram 768 pessoas no estádio mas o clube visitante foi o Leixões, clube que costuma trazer cerca de duas centenas de adeptos.
  Falando português a média de penafidelenses tem aumentado no 25 de abril, pois num jogo normal sem muitos adeptos da equipa contrária o estádio apenas encaixava uma média de quinhentos e poucos espetadores.
  Ontem de manhã na sede do clube havia muita gente a pagar as cotas e claro estiveram no jogo.
 Obviamente a publicidade que têm feito pelo Penafiel, especialmente a má publicidade tem dado resultado e o estádio tem mais adeptos. Por isso as pessoas que não têm mais nada que fazer na vida, ressabiadas, e só gostam de estar no facebook a dizer mal do clube e que nem sócios são têm feito um ótimo trabalho.
  Também é preciso dizer que 769 espetadores é manifestamente pouco para um clube como o FC Penafiel, mais que uma vez já foi dito que o clube tem de encontrar maneiras de fazer mais associados, mas também os penafidelenses têm que gostar mais do clube da sua terra e fazerem-se sócios, coisa que não acontece.

  

CAMPEONATO COMEÇA MAL

Hoje o FC Penafiel perdeu no 25 de abril com o Arouca por 1-2 em jogo a contar para a primeira jornada do campeonato. Os golos arouquenses foram marcados por jogadores que já estiveram ao serviço do FC Penafiel. Bukia que esteve nas camadas jovens penafidelenses foi o primeiro a marcar aos 28 minutos. 
  A equipa de Armando Evangelista esteve mal no primeiro tempo com poucas jogadas de perigo e raros remates. Apenas Ludovic e Vasco Braga tentaram agitar o ataque mas sempre em jogadas individuais.
  No segundo tempo os rubro negros entraram melhor e tentaram o golo, golo que apareceu aos 56 minutos por Pires. O avançado fez o seu primeiro golo com a camisola penafidelense, num lance dentro da área. Os jogadores rubro negros continuaram a tentar a reviravolta e estavam a jogar bem e contra a corrente do jogo num contra ataque Fábio Fortes isolou-se e marcou. O avançado ex Penafiel não festejou e pediu desculpa, atitude de louvar perante os adeptos penafidelenses.
 Depois do 1-2 Armando Evangelista precisava de colocar avançados em campo mas Fábio Abreu e Areias encontram-se lesionados e o técnico rubro negro teve que colocar Vini a ponta de lança, isto já com Caetano e Cristian em campo. 
  Resumindo o jogo de hoje, foi uma péssima primeira parte dos penafidelenses, na segunda parte estiveram bastante melhor mas um golo contra a corrente do jogo deitou tudo a perder, pois faltando 20 minutos o Arouca queimou muito tempo e no anco não havia avançados.
  Foi o primeiro jogo do campeonato, mas já deu para ver pormenores de algumas contratações, Pires muito bem no ataque, segura bem, esforça-se e é matador, Yuri esteve muito mal em campo, não criando perigo algum. Cristian deu para ver que tem presença no meio campo, usando a sua estatura física.
 Quanto a outros jogadores, estiveram furos abaixo daquilo que podem fazer nomeadamente Romeu Ribeiro que perdeu muitas bolas, Dias na primeira parte, Bukia passou muitas vezes por ele. Tiago na baliza não esteve muito bem no primeiro golo arouquense e Tiago Ronaldo no meio campo faltou qualquer coisa.
 Foi o primeiro jogo e nada está perdido, domingo a ida será a Famalicão, veremos como a equipa se porta.

 Jogo no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel
Penafiel - Arouca, 1-2.
Ao intervalo: 0-1.
Marcadores:
0-1, Bukia, 30'
1-1, Jorge Pires, 57'
1-2, Fortes, 68'

Equipas:
- Penafiel: Tiago Rocha, Luís Dias, João Paulo, Luís Pedro, Daniel Martins, Tiago Ronaldo, Romeu Ribeiro (Cristian Machado, 76), Vasco Braga, Ludovic (Vini, 87), Yuri Araújo (Caetano, 76) e Jorge Pires. 
(Suplentes: José Costa, Paulo Bessa, Leandro, Hélio Cruz, Caetano, Vini e Cristian Machado).
Treinador: Armando Evangelista

- Arouca: Rui Vieira, João Amorim, Victor Massaia, Deyvison, Sanchez, Soares, Bruno Alves (Benny, 87), Graça (Malele, 60), Adílio, Bukia e Fábio Fortes (Didi, 73).
(Suplentes: Gasparatto, Kiko, Benny, Toni Correia, Malele, Didi, Vini e Bertaccini).
Treinador: Miguel Leal.

Árbitro: Fábio Veríssimo (AF Leiria).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Bruno Alves (02), Luís Pedro (21), Adílio (58), João Paulo (82), Cristian Machado (88) e João Amorim (90+3). 

Assistência: 769 espetadores.