sábado, 25 de fevereiro de 2017

AMANHÃ TODOS AO 25 DE ABRIL

Amanhã o FC Penafiel recebe no 25 de abril o Famalicão em jogo a contar para a 29.ª jornada e poderá encurtar caminho pelo menos para a Académica que perdeu hoje em Coimbra com o Cova da Piedade.
  Paulo Alves deverá ter o plantel na máxima força para este jogo não havendo castigados e nem lesionados salvo algo de última hora.
  O Famalicão vem de uma vitória moralizadora frente a Académica e tem vindo a melhorar o seu registo fora de portas.
  O FC Penafiel já não vence à três jogos e é preciso vencer, para subir lugares na tabela classificativa, pois já se encontra em 8.º lugar e com um resultado que não a vitória poderá atirar os rubro negros para meio da tabela. Covilhã, Gil Vicente e o próprio Famalicão estão à perna... É preciso jogar com concentração e lutar os 90 minutos. FORÇA EQ
UIPA

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

O PRIMEIRO PENAFIEL - FAMALICÃO


  O Famalicão é um dos velhos conhecidos dos rubro negros defrontando-se por 23 ocasiões no municipal de Penafiel. Das 23 vezes que o Famalicão jogou em Penafiel apenas venceu 5 vezes perdeu 10 e as restantes foram empates. O FC Penafiel tem 30 golos marcados e 18 golos sofridos, com 12 golos de saldo positivo.
  O primeiro encontro aconteceu a 28 de fevereiro de 1960 e o FC Penafiel venceu por 2-1 com golos de Amândio e Castilho. O jogo contava para a III divisão nacional e neste ano o FC Penafiel ficara em 2.º lugar no campeonato mas na fase final não conseguiu a subida de divisão à II divisão nacional, algo que aconteceu 5 anos mais tarde. O Penafiel nesta época tinha jogadores que agora são históricos para o clube, jogadores com muitos jogos nas pernas com a camisola rubro negra, jogadores como Manolo, Rodrigues, Silva Pereira e Amândio.
  Numa das imagens está a crónica do primeiro Penafiel - Famalicão e na outra uma fotografia de um jogo entre as duas equipas na época 1966-1967.
  Já são poucos que se lembram destes anos em que o futebol jogava-se com amor à camisola. Boas recordações para todos, para quem é desse tempo.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

DEIXAR TUDO EM CAMPO

Clica na imagem


  Na classificação o Aves voltou a não ganhar e o FC Penafiel não soube aproveitar. Nos últimos jogos a equipa de Paulo Alves esteve a vencer partidas e deixou-se empatar e perder, jogos na Académica, Portimonense e Cova da Piedade. Sete pontos fugiram nesses jogos, mais três com o Porto B, 10 pontos no total que nos colocaria a lutar pela subida de divisão.
  É preciso acreditar em algo mais e ir para cada jogo com pensamento de ganhar, pois o campeonato não está decidido. 
Clica na imagem
  A direção penafidelense não quis ir ao mercado de inverno buscar dois jogadores para posições estratégicas, talvez se fosse, os dez pontos perdidos eram possíveis. Contudo há que lutar com as armas que temos e ir para o campo sempre com garra e atitude fazendo o melhor possível, ser profissional e dignificar a camisola penafidelense. Temos jogadores com bom caráter e atitude em campo não vai faltar de certeza. Até se pode jogar mal, mas o dar tudo tem que estar sempre lá. FORÇA EQUIPA


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

SEGUNDA PARTE EMOCIONANTE

  O FC Penafiel conseguiu um empate a três bolas em casa do Fafe depois de estar a perder por duas bolas a zero.
  A equipa de Paulo Alves entrou bem em campo e dispôs de duas boas oportunidades de marcar com Wellington isolado não conseguindo bater o guardião minhoto. Foram 10 minutos em que a equipa penafidelense esteve bem em campo e com oportunidades de marcar, mas como se sabe, quem não marca arrisca-se a sofrer e foi o que aconteceu, duas desatenções da defesa permitiram o Fafe marcar aos 20 e 32 minutos chegando assim ao intervalo. No primeiro tempo os jogadores penafidelenses só estiveram 10 minutos em campo o restante tempo pertenceu ao Fafe.
 Já com Fidélis em campo e com Fernando a entrar aos 56 minutos do encontro o primeiro golo rubro negro apareceu.
  O extremo Fernando Andrade apenas com um minuto em jogo fez os penafidelenses acreditarem num bom resultado fazendo o 2-1. 
  Aos 75 minutos o mesmo jogador bisou num bom remate. O Penafiel encontrava-se balanceado para o ataque, mas um golão de Hottor do meio campo apanhou desprevenido Coelho fazendo-lhe um chapéu e colocando o Fafe a vencer novamente. 
  Paulo Alves não podia jogar mais ao ataque, pois tinha dois extremos adaptados a laterais (Hélio e Gonçalo Abreu, juntando lhe dois extremos (Wellington e Fernando) e dois pontas de lança /Fidélis e Fábio Fortes).
 Aos 83 minutos Fidélis cruzou para área e Fábio Fortes cabeceou para o 3-3, foi o delírio na bancada dos adeptos do Penafiel que apareceram em razoável número em Fafe.  Pedro Ribeiro ainda entrou aos 88 minutos para equilibrar a defensiva penafidelense e o empate subsistiu até ao final.
 Foi uma segunda parte espetacular com emoção, incerteza no resultado, nas bancadas muito público (mais de 2000 pessoas) e com muitos golos. Assim o futebol só sai a ganhar, venham mais jogos assim.

Jogo disputado no Estádio Municipal de Fafe.

Fafe - Penafiel, 3-3.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:
1-0, Digas, 20'
2-0, Evandro Brandão, 32'
2-1, Fernando, 57'
2-2, Fernando, 75'
3-2, Edmund Hottor, 79'
3-3, Fábio Fortes, 83'

Equipas:

- Fafe: Ricardo Fernandes, Vasco Cruz, Materazzi, Dmyto Lytvyn, Jota, André, Samu, Landinho (Edmund Hottor, 62'), Digas (Pedro Pereira, 78'), Allan (Sarkic, 63') e Evandro Brandão.
(Suplentes: Marçal, Silvestre, Sarkic, Pedro Pereira, Edmund Hottor, Carvalho e Reinildo). 
Treinador: Tonau.

- Penafiel: Coelho, Dias (Fernando, 56'), João Paulo, Diouf, Daniel Martins (Fidelis, 35'), Romeu Ribeiro, Hélio, André Fontes, Wellington, Fábio Fortes (Pedro Ribeiro, 88') e Gonçalo Abreu.
(Suplentes: Ivo Gonçalves, Pedro Ribeiro, Djibril, Fidelis, Fernando, César e Kalindi). 
Treinador: Paulo Alves.

Árbitro: Bruno Paixão (AF Setúbal). 
Ação disciplinar: cartão amarelo para Diouf (27'), Coelho (32'), Landinho (42'), Edmund Hottor (70'), Fábio Fortes (84').

Assistência: cerca de 2200 espectadores.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

APAGAR A MÁ IMAGEM DO ÚLTIMO JOGO

  Amanhã o FC Penafiel joga em Fafe sendo um jogo com dificuldade máxima. No último jogo a equipa minhota foi empatar ao Leixões e o FC Penafiel teve uma má exibição perante os seus adeptos. Amanhã é dia de retificar o mau resultado com o Porto B e será preciso estar alerta e jogar nos limites para vencer o jogo. O Fafe que quer sair dos últimos lugares tem 32 pontos e a equipa rubro negra 39 e uma derrota penafidelense colocará a equipa minhota perto do FC Penafiel. É preciso jogar com raça, pois assim é meio caminho andado para a vitória. FORÇA EQUIPA

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

JOÃO MATOS DIRIGE TRÊS VITÓRIAS DO PORTO B

 Ontem o Fc Penafiel perdeu em sua própria casa com uma das equipas mais fracas da competição. A equipa de Paulo Alves entrou mal no jogo e não se viu em campo. 
  Dois penaltis assinalados pelo árbitro da partida no espaço de 4 minutos no primeiro tempo ditou o resultado final. Uma curiosidade do encontro é que João Matos o árbitro nomeado para o jogo já tinha apitado o Porto B por duas vezes esta época e por coincidência as três vezes que dirigiu as partidas dos portistas o Porto B venceu. É uma particularidade deste árbitro que das 8 vitórias do Porto B , três delas foi João Matos que dirigiu os jogos. Mas são as coincidências do futebol.
  Mas apesar deste fator, não foi pelo árbitro da partida que os penafidelenses perderam, os rubro negros não entraram com garra suficiente e por isso aos 21 minutos estar 0-2.
  Na segunda parte a equipa do FC Penafiel tentou apagar a imagem da primeira parte, mas não conseguiu, Welligton foi dos mais inconformados, mas não houve arte nem engenho para chegar ao golo.
   Paulo Alves fez as habituais substituições mas não sortiram efeito. A terceira derrota no 25 de abril estava consumada.
  Há que pensar no próximo jogo em Fafe e trabalhar para vencer. FORÇA EQUIPA

O FC Penafiel alinhou com Coelho, Kalindi, Daniel Martins, Pedro Ribeiro, Diouf, Romeu Ribeiro, Rafa, André Martins, Wellington, Gonçalo Abreu e Fábio Fortes. Jogaram ainda Fidélis, Fernando e Hélio

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

PREVISÃO DE 400 ADEPTOS

  Hoje joga-se mais uma jornada do campeonato da segunda liga com o FC Penafiel a receber no 25 de abril o FC Porto B, equipa que está nos lugares de descida sendo a equipa que menos pontos conquistou fora de portas a par do Vitória B e Olhanense.
  O jogo será às 15:00 horas  num 25 de abril obviamente às "moscas". Os adeptos na segunda liga já são muitos, então à quarta feira mais parece um jogo à porta fechada, com as bancadas despidas de público. A nossa direção continua sem fazer nada quanto à captação de pessoas para preencher o estádio. Alguns clubes têm ideias para terem público nas bancadas como por exemplo o Portimonense que distribuirá bilhetes pelas escolas para captar os mais jovens. Mas a nossa direção é nula em ideias ou não gosta de trabalhar nesse sentido.
  Para o jogo Paulo Alves já contará com Fábio Fortes e Rafa que voltam a estar disponíveis depois de cumprirem castigo. pelo contrário João Paulo ainda não poderá dar o seu contributo, pois irá cumprir o seu 3.º jogo de castigo.
  As equipas que estão à frente da equipa rubro negra têm jogos teoricamente fáceis e por isso não se pode perder terreno num jogo contra uma equipa que sofreu 22 golos fora de casa sendo o segundo pior registo. Por isso é "carregar" para cima deles que os golos aparecerão. FORÇA EQUIPA

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

EMPATE JUSTO EM CONDIÇÕES DIFÍCEIS

Penaboys sempre presentes
  Depois da vitória caseira com o União da Madeira, a equipa de Paulo Alves defrontou o Cova da Piedade e o resultado foi um empate a uma bola num jogo sempre debaixo de chuva e muito vento.
  A equipa penafidelense foi a primeira a marcar aos 39 minutos através de Fidélis depois de um remate de Gonçalo Abreu e uma defesa incompleta do guardião piedense. O brasileiro no sítio certo só teve que encostar para o fundo das redes. O golo do Cova da Piedade aconteceu no início da segunda parte, sendo um golo oferecido por Kalindi, um mau alívio do defesa direito brasileiro isolou Irobiso que de primeira bateu Coelho num remate sem hipótese para o guardião penafidelense.
  Foi um resultado justo devido ao que se passou em campo, com o Cova da Piedade a entrar bem no jogo e criar algumas dificuldades à defesa penafidelense. Na primeira parte a equipa da margem sul do tejo teve algumas oportunidades sendo a melhor com um jogador piedense isoladíssimo querendo ultrapassar Coelho, mas o guarda redes rubro negro na hora do remate soube esperar pelo momento certo tirando o pão da boca ao avançado contrário. No início da segunda parte o Cova da Piedade voltou a entrar melhor.
  Aos 73 minutos o técnico penafidelense retirou Daniel Martins, puxando Gonçalo Abreu para defesa esquerdo e colocando em campo Zid. O meio campo penafidelense ficou mais povoado e a equipa penafidelense esteve melhor, criando algumas situações de golo. No entanto o resultado final foi o empate a uma bola.
  O FC Penafiel está agora em 6.º lugar a 13 pontos dos lugares de subida, já esteve a 17... FORÇA PENAFIEL

Jogo realizado no Estádio Municipal José Martins Vieira, na Cova da Piedade, Almada. 
Cova da Piedade-Penafiel, 1-1. 
Ao intervalo: 0-1.

- Marcadores: 
0-1, Fidélis (39 minutos).
1-1, Irobiso (49').

Equipas: 
- Cova da Piedade: Pedro Alves, Chico Gomes, Danielson, Bruno Sapo, Carlos Alves, Soares (Siaka Bamba, 85'), Luís Silva, Robson (Ballack, 67'), Silas, Dieguinho e Irobiso (Rui Varela, 85').
(Suplentes: Rui Dabó, Yi, Roberto Cunha, Siaka Bamba, Rui Varela, Adilson e Ballack). 
Treinador: Sérgio Boris.

- Penafiel: Júlio Coelho, Kalindi, Pedro Ribeiro, Jules Diouf, Daniel Martins (Zidnaba, 73'), André Fontes, Romeu Ribeiro, Hélio Cruz (Fernando Andrade, 87'), Wellington (Danilo, 90+3'), Gonçalo Abreu e Fidélis.
(Suplentes: Ivo Gonçalves, Paulo Bessa, Zidnaba, Fernando Andrade, César Gomes, Danilo e Pedro Araújo).
Treinador: Paulo Alves.

Árbitro: Hugo Miguel (AF de Lisboa). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Luís Silva (26 minutos), Romeu Ribeiro (50'), Dieguinho (69'), Hélio Cruz (69'), Soares (84') e Carlos Alves (90').

Assistência: cerca de 150
espetadores.
 

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

66.º ANIVERSÁRIO DO FC PENAFIEL

  A 8 de fevereiro de 1951 nasceu o FC Penafiel, clube que todos conhecem em Penafiel sendo a principal instituição desportiva do concelho.
  Hoje o clube faz 66 anos de existência e assinalou-se a data com o hastear da bandeira no estádio 25 de abril.
 Sessenta e seis anos de alegrias e  tristezas, mas o certo é que o clube continua nos principais escalões do futebol português e se os penafidelenses assim o quiserem continuará. Sim os penafidelenses, pois só o povo de Penafiel é que pode lutar por este objetivo, sem eles o clube não podia existir.
  O clube cada ano que passa tem menos associados e é preciso inverter essa tendência e só a direção penafidelense o pode fazer trabalhando mais nesse sentido.
  A época está a correr bem, ao contrário do que muitos pensariam no início de época. Os lugares de descida estão longe, coisa que no ano passado não aconteceu. 
  O futuro do clube é incerto como o futebol o é. Em Penafiel há pessoas que gostam muito do clube, pessoas que não gostam mas a maior parte gosta assim assim e são estes que o clube tem que saber cativar. Temos perto de 1000 sócios pagantes, mas é preciso aumentar este número, sendo sem dúvida um dos principais objetivos do FC Penafiel a par da estabilidade financeira e desportiva. Sem adeptos nas bancadas os jogadores jogam para quem ? Para eles próprios e para os empresários. É preciso dar uma volta ao futebol em Penafiel.
  Contudo o Blog Força Rubro Negra felicita o nosso querido clube e que venham muitos mais anos de tristezas e alegrias, o que interessa é continuar por cá. PARABÉNS

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

A REPÚBLICA DAS BANANAS É EM PORTUGAL

Clica na imagem
Clica na imagem
   Este fim de semana os primeiros classificados não conseguiram ganhar e o FC Penafiel conseguiu ganhar pontos a todos eles estando agora apenas a três pontos do terceiro lugar que é a Académica e a 14 do Aves que está nos lugares de subida. 
  Para a zona de descida está tudo muito complicado, com várias equipas a tentar fugir dos lugares de despromoção. Curioso é ver o Sporting B que dizem que tem uma excelente formação, no antepenúltimo lugar e o Porto B que foi campeão na época passada está também nos lugares de aflição. Diga-se de passagem que não era pena nenhuma descerem, pois não fazem falta nenhuma a esta competição, estas duas que se falou e as restantes equipas B. 
 Só vieram criar problemas e agora andam a diminuir as equipas do campeonato devido à introdução destas equipas. 
As regras das competições de futebol em Portugal são uma vergonha e não há ninguém que pare isto. É só iluminados que param nesta liga de clubes. A segunda divisão com os jogos à quarta e sábado é uma vergonha, o formato da taça da liga é uma vergonha, na primeira liga quase todos os anos há sempre problemas com clubes que devem dinheiro e não sofrem consequenciais, e há o caso do Gil Vicente para resolver e que ninguém diz como vai ser resolvida (só vai ser resolvida a duas jornadas do fim afetando a verdade desportiva). A verdadeira república da bananas do futebol é em Portugal...

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

FÁBIO FORTES RESOLVEU

O 25 de abril tem sido uma fortaleza, os Penaboys assinalaram-no.
 O FC Penafiel voltou às vitórias no campeonato batendo o União da Madeira por 3-1 com golos de Gonçalo Abreu e Fábio Fortes.
  O jogo na primeira parte foi algo frio como o tempo, foi um jogo sem grandes oportunidades de golo, sem grandes jogadas. Mas ao acabar os primeiros 45 minutos o árbitro da partida marcou uma grande penalidade a favor da equipa da casa, Gonçalo Abreu mais uma vez não falhou.
  A segunda parte foi mais espevitada, Coelho esteve em bom plano fazendo duas belas defesas, mas ao minuto 59 não conseguiu evitar o golo do empate. Um golo algo confuso, com muita gente na área, mas a bola lá entrou.
  Paulo Alves aos 63 minutos fez uma substituição que costuma fazer que é passar Gonçalo Abreu para defesa esquerdo e colocando um homem no ataque (Fidélis), a troca tem resultado bem e aos 75 minutos Fábio Fortes colocou o Penafiel na frente do marcador depois de uma assistência de um jogador madeirense. Volvidos dois minutos o avançado penafidelense voltou a marcar fazendo desta vez um chapéu ao guardião Nilson. Era o 3-1 para os penafidelenses e com esse resultado a 13 minutos do fim a vitória estava assegurada.
 Foi uma vitória justa no 25 de abril, mostrando que o estádio penafidelense tem sido uma verdadeira fortaleza. No campeonato apenas o Portimonense tem  mais pontos no seu reduto que o Penafiel.
  Há que continuar a trabalhar e o próximo adversário é o Cova da Piedade, equipa que tem menos 5 pontos que o FC Penafiel. FORÇA EQUIPA



Jogo disputado no Estádio 25 de Abril, em Penafiel. 
Penafiel-União da Madeira, 3-1.
Ao intervalo: 1-0. 
Marcadores:
1-0, Gonçalo Abreu, 45' (penálti).
1-1, Jaime Simões, 59'.
2-1, Fábio Fortes, 75'.
3-1, Fábio Fortes, 77'.

Penafiel: Coelho, Kalindi, Pedro Ribeiro, Diouf, Daniel Martins (Fidelis, 63), Romeu Ribeiro, André Fontes (César, 90+2), Hélio, Wellington, Fábio Fortes (Djibril, 83) e Gonçalo Abreu.
Suplentes: Ivo Gonçalves, Paulo Bessa, Djibril, César, Edu, Fernando e Fidelis.
Treinador: Paulo Alves.

União da Madeira: Nilson, Tiago Moreira, Jaime Simões, Kusunga, Rúben Lima, Flávio Silva (Roniel, 46), Sérgio Marakis, Mica Silva, Nduwarugira (Luís Carlos, 79), Rodrigo Henrique (Luan, 57) e Kwame N´sor.
Suplentes: Tony, Aleff Nunes, Gian Martins, Ryan Ramos, Roniel, Luís Carlos e Luan.
Treinador: Jorge Casquilha.

Árbitro: Carlos Cabral (AF Algarve). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo a Gonçalo Abreu (36), Kusunga (44), Daniel Martins (58) e Fábio Fortes (79).

Assistência: 445 espetadores.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

DOMINGO VOLTAR ÀS VITÓRIAS

  No próximo domingo o FC Penafiel irá tentar voltar às vitórias depois de um empate com o Portimonense e uma derrota na Académica de Coimbra. O adversário é o União da Madeira que tem vindo a subir na tabela classificativa e que está moralizado com a vitória sobre o Portimonense mas que fora de portas nos últimos cinco jogos apenas conquistou um ponto.
  A equipa penafidelense tem que jogar como tem vindo a jogar, com garra, com vontade de querer os três pontos, mas o nível de eficácia tem que ser muito melhor relativamente aos últimos dois jogos.
  Paulo Alves não poderá contar com João Paulo castigado com três jogos e com Rafa suspenso 15 dias.
  Veremos as alterações que o técnico penafidelense fará no onze. Para o meio campo César poderá ser uma possibilidade, ou então Zid.
  É preciso voltar às vitórias para não se perder o comboio das equipas da frente. FORÇA EQUIPA

  

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

ZID DE PARABÉNS

   Djibril Zidnaba mais conhecido por Djibril ou Zid está de parabéns pelo seu 23 aniversário. Ainda é um jovem mas já é bem conhecido em Portugal, pois começou a jogar muito cedo em Portugal pela porta da Naval.
  Cumpre a segunda época ao serviço do FC Penafiel realizando um total de 49 jogos para o campeonato. Nesta época não está a ser muito utilizado pois Romeu Ribeiro tem jogado a titular na posição de médio defensivo. No entanto quando joga mostra qualidade, qualidade que já demonstrou na época passada com os seus 40 jogos. Durante esta época já foi chamado à seleção do Burkina Faso onde não chegou a jogar, pois o jogador que joga na sua posição é de elevada qualidade jogando este ano na liga dos campeões pelo Krasnodar da Rússia.
  O Blog Força Rubro Negra deseja-lhe as felicidades em nome dos penafidelenses neste dia de aniversário. FÉLICITATIONS ZID

sábado, 28 de janeiro de 2017

DERROTA EM COIMBRA COM BATALHA CAMPAL NO FINAL

 O FC Penafiel perdeu hoje em Coimbra depois de se encontrar mais uma vez a vencer o adversário. O jogo começou bem para os penafidelenses com Welligton a marcar aos 11 minutos em mais uma jogada individual do jogador que mais em forma está no plantel. A meio do primeiro tempo Fábio Fortes teve oportunidade clara de fazer o 2-0 mas isolado não pegou bem na bola e chutou ao lado.
  No início da segunda parte a Académica entrou atrevida e Kaka marcou num remate à entrada da área. Aos 60 minutos voltou a marcar de grande penalidade depois do árbitro da partida não assinalar uma falta sobre Rafa, Rui Miguel marcou sem festejar respeitando o seu antigo clube. Aos 63' Marinho apareceu isolado e perante Coelho teve frieza para fazer um chapéu ao guardião penafidelense. Fidélis só precisou de cinco minutos em campo e aos 65' fez o Penafiel entrar novamente no jogo.
   Faltavam 25 minutos para a equipa rubro negra pelo menos empatar a partida e oportunidades não faltaram. Houve uma bola ao poste e Fidélis e Fábio Fortes tiveram nos pés excelentes oportunidades para marcar, mas não tiveram a capacidade de faturar para a equipa penafidelense.
  Aos 83 e 94 minutos dois jogadores da briosa foram expulsos, mas o Penafiel estava sem sorte e pode -se dizer que estava com aselhice.
  Depois do jogo acabar mais quatro pessoas foram expulsos, dois para cada lado, depois de se gerar uma grande confusão no meio do campo, que mais parecia uma batalha campal. Os jogadores penafidelenses expulsos foram Rafa e João Paulo que não poderão dar o seu contributo à equipa no próximo jogo.
  Foi pena acontecer esta derrota depois dos últimos bons resultados. Mas o FC Penafiel fez um bom jogo, os jogadores lutaram com todas as suas forças, mas a finalização tem que estar mais apurada se queremos estar noutro patamar. A equipa criou meia dúzia de oportunidades claras de golo, mas a eficácia não esteve presente.

 Jogo no Estádio Cidade de Coimbra. 
Académica - Penafiel, 3-2.
Ao intervalo: 0-1.
Marcadores:0-1, Wellington, 11 minutos. 1-1, Kaká, 49. 2-1, Rui Miguel, 60 (grande penalidade).
3-1, Marinho, 63. 3-2, Fidelis, 65.

Equipas:

- Académica: Ricardo Ribeiro, Diogo Coelho, Nuno Santos, João Real, Makonda (Rui Miguel, 45), Marinho, Leandro Silva (Nuno Piloto, 69), Ernest, Kaká, Maxwell, Tozé Marreco (Jimmy, 80).
(Suplentes: José Costa, Tom Tavares, Leandro, Rui Miguel, Jimmy, Yuri Matias e Nuno Piloto).
Treinador: Costinha.

- Penafiel: Coelho, Luís Dias (Kalindi, 27), Fernando Andrade (Fidelis, 63), Daniel Martins, Wellington, Diouf, André Fontes, Rafa Sousa (Hélio Cruz, 82), Romeu Ribeiro, João Paulo, Fábio Fortes
(Suplentes: Ivo, Paulo Bessa, Zid, Hélio Cruz, Fidelis, Kalindi, Danilo).
Treinador: Ricardo Vaz (em substituição de Paulo Alves, expulso no último jogo)

Árbitro: Manuel Mota (Braga).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Makonda (42), Daniel Martins (45), Rafa Sousa (45+1), Ricardo Ribeiro (45+1), Kalindi (58), Leandro Silva (69), Nuno Santos (70), Fidelis (81), João Paulo (90), Rui Miguel (90+2). Cartão vermelho direto para Nuno Santos (84), Diogo Coelho (90+4). Após o jogo terminar, foram ainda expulsos João Paulo, Rafa Sousa e Marinho.

Assistência: 2.512 espectadores.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

EM COIMBRA SEM PEDRO RIBEIRO E GONÇALO ABREU

  Amanhã em jogo da 24.ª jornada o FC Penafiel desloca-se a Coimbra para defrontar os estudantes, numa partida que irá opor o 3.º e 5.º classificado com apenas dois pontos de diferença. 
   Paulo Alves não poderá contar com Pedro Ribeiro e Gonçalo Abreu que estão castigados. E outra dor de cabeça poderá ser João Paulo que não está a 100% e pode também não jogar. De resto o plantel está operacional para defrontar uma equipa que perdeu no 25 de abril na primeira volta, as duas equipas ainda têm uma pequena esperança de chegar aos lugares de subida e uma derrota poderá afastar esse sonho.
  O jogo será às 15:00 em mais uma partida a más horas e um dia péssimo. A liga de clubes ainda não percebeu que os adeptos do futebol querem os jogos ao domingo  ou a horas em que não se trabalhe. Mas está difícil de lhes fazer entender isso.
  Contudo alguns penaboys estarão presentes no estádio para apoiar a equipa. FORÇA PENAFIEL