terça-feira, 30 de outubro de 2018

LUDOVIC RESOLVE

  Num jogo difícil e complicado o FC Penafiel bateu os estudantes da Académica por duas bolas a uma numa noite chuvosa e fria.
  O primeiro golo do encontro aconteceu logo aos 11 minutos através de um auto-golo de Yuri Matias depois de um cruzamento de Daniel Martins. Depois do golo a Académica esteve melhor em campo, trocando bem a bola no meio campo e criando algumas jogadas de perigo. Mesmo antes do intervalo num canto a Académica fez o golo do empate, numa altura que ninguém esperava o golo contrário, mas assim aconteceu e o resultado ao intervalo era o empate.
  Na segunda parte a equipa de Armando Evangelista esteve melhor em campo principalmente depois da substituição que o técnico penafidelense fez, retirando Cristian que não esteve mal em campo e colocando um homem mais ofensivo Areias. O Penafiel chegou mais vezes à baliza de Peçanha e aos 65 minutos Ludovic de primeira fez um bonito golo fazendo o 2-1. A partir daí quase só deu Penafiel e apenas houve uma situação de algum perigo para a baliza de José Costa. A equipa rubro negra teve algumas chances de dilatar a vantagem já com Caetano e Yuri em campo mas o resultado final ficou-se pelos 2-1 para o FC Penafiel.
  Foi um bom jogo com garra como se pediu, o treinador esteve muito bem nas substituições que foram feitas na altura certa acabando com a conquista dos três pontos. 
   Com a vitória já não estamos tão longe dos primeiros lugares, estando a luta em aberto mesmo que ainda estejamos no início do campeonato. O que interessa é que a equipa tem vindo a subir de rendimento, tem consistência na defesa com apenas um golo sofrido nos últimos cinco jogos.
  O próximo adversário é o Mafra, equipa que está a fazer um belíssimo campeonato estando com mais um ponto que os penafidelenses. O jogo está marcado para sábado às 15 horas.

Jogo no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel.
Penafiel - Académica, 2-1.
Ao intervalo: 1-1.
Marcadores:
1-0, Yuri Matias, 11 minutos (própria baliza). 
1-1, Brendon, 45.
2-1, Ludovic, 65.

Equipas:
- Penafiel: José Costa, Luís Dias, João Paulo, Luís Pedro, Daniel Martins, Tiago Ronaldo, Vasco Braga, Fábio Abreu (Yuri Araújo, 88), Cristian Machado (Areias, 58), Ludovic e Pires (Caetano, 76). 
(Suplentes: Ivo, Caetano, Yuri Araújo, Fernandinho, Vini, Areias e Kalika).
Treinador: Armando Evangelista

- Académica: Peçanha, Mike, Yuri Matias, Brendon, Joel, Guima (Rúben Saldanha, 83), Dias (Marinho, 69), Jean Filipe, Traquina (Júnior Sena, 74), Romário Baldé e Djoussé. 
(Suplentes: Ricardo Moura, Marinho, Zé Paulo, Júnior Sena, Rúben Saldanha, João Real e Reko).
Treinador: João Alves.

Árbitro: Rui Costa (AF Porto).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Fábio Abreu (32), Cristian Machado (50), Vasco Braga (53), Brendon (61) e Joel (75). 

Assistência: cerca de 800 espectadores.

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

GARRA E INTENSIDADE

  Hoje joga-se o Penafiel - Académica partida a contar para a sétima jornada do campeonato. Os restantes jogos já aconteceram durante o fim de semana e Paços de Ferreira e Famalicão venceram os seus jogos, destacaram-se na classificação e já contam com 18 e 16 pontos respetivamente.
  O FC Penafiel apenas tem 8 pontos e se não vencer hoje o fosso para os primeiros cada vez fica maior. É preciso vencer  e se for preciso meter toda a "carne no assador", pois é preciso atacar os primeiros lugares.
  A Académica mudou de treinador depois de uma derrota caseira por 2-7 e por isso a equipa penafidelense tem que ir para cima deles desde o início da partida até aos 90 minutos. Tem-se que jogar com garra e intensidade para levar de vencida esta boa equipa que é a Académica.
  A única baixa nos penafidelenses é Romeu Ribeiro, pois foi expulso no jogo para a taça de portugal em Fafe.
  O jogo é às 20:15 e espera-se uma boa casa apesar do jogo ser transmitido na televisão.  Esperemos que a nossa equipa jogue concentrada, com garra e crer na vitória. FORÇA PENAFIEL
   

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

IVO EM GRANDE NA BALIZA

Ontem o FC Penafiel conseguiu ultrapassar mais um duro obstáculo na taça de portugal, o Fafe que deu uma grande réplica agora liderado por Álvaro Pacheco, antigo adjunto de Miguel Leal no FC Penafiel.
  Antevia-se um jogo difícil e assim aconteceu, mesmo assim os rubro negros entraram melhor em jogo mas depressa o Fafe equilibrou a partida. A equipa da casa teve as melhores oportunidades de golo mas Ivo esteve em grande e fez três boas defesas segurando o nulo. 
  na última meia hora de jogo a equipa de Armando Evangelista melhorou com as substituições que fez, colocando em campo Yuri, Caetano e Areias. Teve mais posse de bola, mas os resultados práticos que era um golos nunca apareceram.
  O prolongamento chegou e aos 102 minutos houve uma grande penalidade a favor do Fafe. Numa desatenção da equipa penafidelense Romeu Ribeiro teve que agarrar um jogador contrário dentro da área pois estava na cara do golo. Ainda bem que agarrou e fez penalti pois Ivo defendeu a grande penalidade dando uma alegria imensa à centena de penafidelenses que se encontravam nas bancadas.
  Os 120 minutos chegaram ao fim e a eliminatória tinha que ser resolvida nas grandes penalidades.
  Mais uma vez Ivo esteve em grande e defendeu dois remates, Yuri no quinto penalti fez o golo final fazendo 2-4 para os penafidelenses. 
   Foi um jogo difícil , mas com uma saborosa passagem à próxima fase da taça de portugal. FORÇA EQUIPA

Jogo no Parque Municipal dos Desportos, em Fafe.
Fafe - Penafiel, 0-0 após prolongamento, 2-4 no desempate por penaltis.

Marcadores no desempate por grandes penalidades:
0-1, Caetano.
0-1, Nené (defesa do guarda-redes).
0-2, Vasco Braga.
1-2, Landinho.
1-2, Areias (defesa do guarda-redes).
1-2, Ferrinho (defesa do guarda-redes).
1-3, Cristian.
2-3, João Fernandes.
2-4, Yuri.

Equipas:

- Fafe: Fred Fangueiro, Chico, Zé Oliveira (João Sousa, 106), Paulo Monteiro, Ofori, Júnior Franco, Nené, Landinho, Tiago Nogueira (João Fernandes, 86), Ângelo Oliveira (Ferrinho, 56) e Joel Silva (Marcelo Santos, 109).

(Suplentes: Pedro Soares, João Sousa, Emerson, João Fernandes, Nuno Silva, Marcelo Santos e Ferrinho).

Treinador: Álvaro Pacheco.

- Penafiel: Ivo Gonçalves, Pedro Lemos, João Paulo, Luís Pedro, Daniel Martins, Romeu Ribeiro, Tiago Ronaldo (Caetano, 75), Vasco Braga, Ludovic (Yuri, 61), Fábio Abreu (Areias, 86) e Pires (Cristian, 104).

(Suplentes: Tiago Rocha, Yuri, Vini, Cristian, Caetano, Fernandinho e Areias).

Treinador: Armando Evangelista.

Árbitro: Iancu Vasilica (AF Vila Real).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Zé Oliveira (77), Ferrinho (90) e Vasco Braga (94). Cartão vermelho direto para Romeu Ribeiro (101).

Assistência: cerca de 3.000 espectadores.

domingo, 21 de outubro de 2018

SEMPRE DIFÍCIL PASSAR EM FAFE

Jogo com o Fafe numa das eliminatórias, com os
 minhotos a usarem um estranho equipamento
 com os números à frente na sua camisola.
  No próximo domingo o FC Penafiel defronta o Fafe para a 3.ª eliminatória da taça de portugal equipa que já defrontou por cinco vezes nesta competição. Os cinco jogos dizem respeito a três eliminatórias que no final dos 90 minutos o empate subsistia, tendo que as eliminatórias ser resolvidas com jogos de desempate e grandes penalidades.
  O primeiro embate entre estas duas equipas para a taça aconteceu em 75-76 com 0-0 em Fafe e com uma vitória dos rubro negros em Penafiel seguindo assim em frente na prova rainha. Em 78-79 novamente empate a zero bolas e com o segundo jogo em Penafiel a sorrir à equipa minhota. O FC Penafiel perdeu a oportunidade de passar às meias finais da competição no seu próprio reduto averbando uma derrota por 1-3.
  Mais recentemente na época 15-16 novo empate aconteceu e só nas grandes penalidades a equipa rubro negra conseguiu continuar em frente na competição.
  Por isso está visto que será mais uma vez uma eliminatória em que os jogadores vão ter que suar a camisola para obter uma vitória.
  Outra curiosidade é que o FC Penafiel em quinze jogos oficiais em Fafe apenas venceu um, uma estatística nada favorável aos durienses.
  Vai ser preciso entrar com raça, jogar os 90 minutos (ou mais) com vontade de vencer e claro, não se pode prescindir de apoio nas bancadas, TODOS A FAFE.
  

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

SAÍMOS MAIS FORTES

   Ontem em mais uma assembleia geral do clube as contas relativas à época transata foram aprovadas havendo um saldo positivo de cerca de 2300 euros, não havendo qualquer dívida.
   A leitura das atas das últimas duas assembleias extraordinárias foram lidas na integra e também foram aprovadas. 
   No terceiro e último ponto da convocatória foram debatidos diversos assuntos como a SAD e a preocupação com os adeptos penafidelenses.
  Apesar de poucos associados estarem presentes, foi uma assembleia muito positiva onde se debateram assuntos importantes para o Futebol Clube de Penafiel e sem dúvida saímos mais fortes. A assembleia durou cerca de duas horas e meia e no final todos os presentes foram convidados a tomar café e confraternizar um pouco como família que somos, a família penafidelense. 

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

EMPENHO E QUALIDADE DEU VITÓRIA

   O FC Penafiel venceu ontem na Trofa o Trofense por 2-3 e seguiu em frente na taça de portugal. 
  Os penafidelenses estiveram sempre a vencer e estiveram sempre por cima do adversário excetuando no segundo tempo em que a equipa da Trofa teve algum ascendente no jogo, tentando virar o rumo dos acontecimentos, mas com o Penafiel a tapar sempre os caminhos para a baliza de Ivo.
  O primeiro golo aconteceu num cruzamento certeiro de Daniel Martins para Areias fazer um bom cabeceamento para o fundo das redes, o 0-2 aconteceu já na segunda parte, com Areias a bisar fazendo um bonito golo, picando a bola ligeiramente por cima do guarda redes do Trofense. A equipa adversária reduziu num golo "esquisito", mas o FC Penafiel voltou a dilatar a vantagem depois de um remate de Vasco Braga defendido por Luís mas na recarga Yuri fez o 1-3. Já nos minutos finais o Trofense fez o 2-3 de grande penalidade.
  Foi um bonito jogo de futebol, com golos, jogo "rasgadinho", com momentos quentes e que no final a vitória foi penafidelense.
  A equipa esteve toda bem, mas palavras de apreço para Areias que marcou dois golos de qualidade, para Fábio Abreu pelo que jogou, pela raça que teve, só não tendo sorte na finalização. Outra nota para Cristian que mais uma vez entrou bem na segunda parte e que teve dois apontamentos de grande classe em jogadas individuais.
 Quanto à restante equipa não há nada a apontar, houve empenho, raça e não jogaram a meio gás frente a uma equipa de divisão inferior.
  É com este empenho, espírito de equipa que temos de entrar em todos os jogos e cabeça fria para fazer golos como fez Areias.
  Muitas equipas da segunda liga foram eliminadas, casos de Famalicão, Académica, Oliveirense, Mafra, Varzim, mostrando que na taça pode haver surpresas mas desta vez com o FC Penafiel não houve. A meia centena de adeptos penafidelenses que se deslocou à Trofa não ficou desiludida. FORÇA EQUIPA

Jogo no Estádio do Clube Desportivo Trofense, na Trofa.
Trofense - Penafiel, 2-3.
Ao intervalo: 0-1.
Marcadores:
0-1, Areias, 05 minutos.
0-2, Areias, 50.
1-2, Asprilla, 54.
1-3, Yuri Araújo, 74.
2-3, Bruno Moraes, 86 (grande penalidade).

Equipas:

- Trofense: Luís Monteiro, Edú, Mika, Asprilla, Chiquinho, Djibril (André Viana, 70), Serginho (João Pedro, 46), Telmo Castanheira, Paulo Pereira (Moreno, 46), Bruno Moraes e Felipe Augusto.
(Suplentes: Pedro Cavadas, Ricardinho, Diogo Melo, André Viana, Elísio, Moreno e João Pedro).
Treinador: Hélder Pereira.

- Penafiel: Ivo Gonçalves, Pedro Lemos, João Paulo, Luís Pedro, Daniel Martins, Tiago Ronaldo, Romeu Ribeiro, Vasco Braga (Cristian, 77), Ludovic (Vini, 90+3), Areias (Yuri Araújo, 66) e Fábio Abreu.
(Suplentes: Tiago Rocha, Yuri Araújo, Vini, Cristian, Fernandinho, Caetano e Pires).
Treinador: Armando Evangelista.

Árbitro: Carlos Xistra (AF Castelo Branco).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Romeu Ribeiro (09), Fábio Abreu (53), Aspirlla (53), Djibril (60), Bruno Moraes (81), Tiago Ronaldo (84), Chiquinho (90+3), João Paulo (90+3), Felipe Augusto (90+3) e Luís Pedro (90+3).

Assistência: Cerca de 800 espetadores