domingo, 30 de dezembro de 2012

GOLEADA APÓS 8 JOGOS SEM VENCER

O FC Penafiel venceu ontem no último jogo de 2012 o Vitória de Guimarães por 4-0. Os golos aconteceram todos na segunda parte. Nos primeiros 45 minutos o jogo teve morno onde reinou o equilíbrio entre as duas equipas.
    Na segunda parte a equipa de Miguel Leal transfigurou-se e foi melhor que a equipa minhota, marcando quatro golos sem resposta. Guedes que já não marcava para o campeonato desde 2010-2011, marcou ontem o primeiro da partida aos 2 minutos da segunda parte, volvidos 10 minutos Ferreira desmarcou Diogo Viana, que com a saida do guardião vimaranense fez-lhe um chapéu fazendo o 2-0. Aos 74 minutos Guedes saiu para a entrada de Rui Miguel e passados 3 minutos fez um bom golo num remate fora de área. A quatro minutos do fim Rui Miguel bisou fazendo o quarto golo da equipa rubro negra.
   Foi um bom jogo da equipa penafidelense, principalmente os seus últimos 45 minutos.  O FC Penafiel tirou a barriga de misérias e marcou tantos golos como nos últimos 9 jogos. Acabou bem o ano e o próximo jogo é com o Sporting B no dia 5 de janeiro. Esperemos que comece tão bem o ano como o acabou.
 
Jogo no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel

 
Penafiel: Coelho, Gabriel, Fábio Ervões, Leomar, Joel, Rafa, Ferreira, Sérgio Organista (Pedro Santos, 82), Pedro Coronas (Mbala, 81), Guedes (Rui Miguel, 74) e Diogo Viana. (Suplentes: Nuno Santos, Pedrinha, Rui Miguel, Aldair, Elísio, Pedro Santos e Mbala).
Treinador: Miguel Leal.

 
V. Guimarães B: Assis, Vieira (Rafa, 78), Vítor Bastos, Paulo Oliveira, Kaká, Bruno Alves, Josué, Tiago Rodrigues, Diogo Lamelas (Gonçalo, 86), Tomané e Tiago Almeida (Fábio Fortes, 81). (Suplentes: André, Fábio Fortes, Rafa, Gonçalo, Areias, Luís e João Pedro).
Treinador: Luís Filipe.

Árbitro: Olegário Benquerença (AF Leiria).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Gabriel (30), Paulo Oliveira (32) e Coronas (38).


Assistência: cerca de 800 espetadores.

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

ÚLTIMO JOGO DO ANO

    Amanhã o FC Penafiel tem o último jogo do ano frente ao Vitória de Guimarães B às 15:30. A equipa rubro negra recuperou um lugar na tabela classificativa graças ao empate em Oliveira de Azeméis e vencendo o Vitória pode recuperar mais alguns. Já saiu a convocatória para amanhã e não há grandes surpresas em relação ao último jogo. Rafa volta aos convocados depois de um jogo de castigo. Baixas para este jogo são Robson e Vitor Bruno.  
    Os convocados são Coelho, Nuno Santos, Gabriel, Joel, Fábio, Leomar, Pedro Santos, Rafa, Ferreira, Pedrinha, Sérgio Organista, Coronas, Aldair, Diogo Viana, M'Bala, Rui Miguel e Guedes. Espera-se uma vitória e para isso o apoio dos adeptos será importante. Comparece no estádio e apoia os nossos jogadores. FORÇA PENAFIEL

domingo, 23 de dezembro de 2012

EMPATE A ZERO BOLAS

No jogo de hoje o FC Penafiel empatou a zero bolas em casa da Oliveirense. A Oliveirense entrou melhor em campo e aos 8  minutos Rui Lima quase fazia o primeiro da partida, mas Fábio Ervões sacou a bola na linha de golo num grande corte do central penafidelense. Pedro Santos respondeu num grande remate fora de área, mas a bola foi endereçada à barra.
   Ainda na primeira parte Coronas e Diogo Viana também podiam ter marcado a favor da equipa rubro negra, mas os remates foram fracos. Na segunda parte o jogo foi equilibrado havendo algumas oportunidades de lado a lado mas a pontaria nuca teve  a direção da baliza. Num livre batido por Sérgio Organista, houve novamente bola ao ferro, niguém tocou na bola e quase traía Mamadou.
    Até ao final a Oliveirense teve muitas bolas paradas a seu favor, mas os centrais penafidelenses e Coelho resolveram sempre da melhor maneira fazendo passar o perigo. O Penafiel de contra ataque tentava criar perigo onde Guedes e Diogo Viana eram os mais inconformados.
    A nova aquisição Rui MIguel entrou aos 78  inutos e pouco deu para ver do novo avançado, mas deu para perceber que tem presença na área e que pode marcar golos, coisa que nos falta. Foi mais um jogo em que o Penafiel não ganhou, mas pontuou num campo dos mais difíceis da segunda liga, sendo das equipas que mais vitórias tem no seu reduto.
   Sábado o Penafiel joga no 25 de abril frente ao Vitória de Guimarães, no último jogo do ano.

Jogo no Estádio Carlos Osório, em Oliveira de Azeméis.

Oliveirense - Penafiel: 0-0.

Equipas:
- Oliveirense:
Mamadu, Zé Pedro, Diego, Banjai, Chico Silva, Diogo, Capela (Carlitos, 68), Rui Lima, Avto, Hélder Silva (Joca, 83) e Barry. (Suplentes: João Pinho, Paulinho, Luís,, Carlitos, Joca, Vila Cova e João Paulo).
Treinador: João de Deus.

- Penafiel: Coelho, Gabriel, Fábio Ervões, Leomar, Joel Neves, Pedro Santos (Penela, 83), Ferreira, Sérgio Organista (Pedrinha, 67), Coronas, Diogo Viana e Guedes (Rui Miguel, 78). (Suplentes: Santos, Aldair, Penela, Elísio, Pedrinha, Rui Miguel e Mbala).
Treinador: Miguel Leal.

Árbitro: Manuel Oliveira (Porto)
Ação disciplinar: cartão amarelo a Leomar (30), Gabriel (33), Zé Pedro (47), Coronas (48).

Assistência: cerca de 600 espectadores.

sábado, 22 de dezembro de 2012

RUI MIGUEL ENTRE OS CONVOCADOS

Para o jogo de amanhã com a Oliveirense Miguel Leal já convocou Rui Miguel, o primeiro reforço de inverno. Na convocatória não estão dois jogadores que têm tido grande influência na equipa, Rafa está castigado devido ao vermelho que levou nos açores. Para seu lugar Pedro Santos deverá ser o escolhido. Robson a contas com uma lesão também está fora dos convocados. 
     A lista completa da convocatória é a seguinte: Coelho, Nuno Santos, Joel, Gabriel, Fábio, Leomar, Pedro Santos, Penela, Pedrinha, Organista, Ferreira, Coronas, Aldair, Diogo Viana, Elísio, M'Bala, Rui Miguel, Romeu Torres e Guedes. Foram 19 jogadores convocados, mas apenas 18 irão para o banco, de fora deve ficar, Penela ou Romeu Torres. 
     A nossa equipa anda atrás de uma vitória, mas em Oliveira de Azeméis tal fato nunca aconteceu havendo duas vitórias para a Oliveirense e dois empates. Amanhã os nossos jogadores tentarão inverter esta situação procurando uma vitória que deixará o plantel mais sossegado e com mais confiança para os próximos jogos. Esperemos que os adeptos apareçam em força e e apoiem os nossos jogadores. FORÇA PENAFIEL.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

MANUEL OLIVEIRA É O ÁRBITRO

Manuel Oliveira foi o árbitro escolhido para o encontro de domingo entre o Oliveirense e o FC Penafiel. O juíz da associação do Porto já dirigiu dois encontros da equipa penafidelense e em ambos aconteceu um empate a uma bola. O Penafiel 1-1 Trofense e o Porto B 1-1 Penafiel. Os casos destes jogos não favorecem muito o Penafiel pois no jogo do Trofense foi marcada uma grande penalidade a favor da equipa da Trofa que não existiu. No jogo em Pedroso Manuel Oliveira foi empurrando o Porto para a área penafidelense expulsando também Aldair, contudo o o golo penafidelense neste jogo foi marcado num lance irregular pois M'Bala estava em fora de jogo.
   A Oliveirense também não teve melhor sorte com este árbitro onde também dirigiu duas partidas, uma derrota e um empate foram os resultados para a equipa de Oliveira de Azeméis. Esperemos que o jogo tenha uma arbitragem isenta, pois no último jogo o Penafiel fora desfavorecido com a arbitragem.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

VIAGEM À OLIVEIRENSE

   A associação Penaboys no próximo domingo vai levar um autocarro a Oliveira de Azeméis para apoiar o FC Penafiel. A nossa equipa precisa de uma vitória e por isso o apoio será importante neste jogo. Quem quiser ir no autocarro é favor ligar para o número baixo indicado.
     Se gostas do FC Penafiel, não faltes a este jogo e ajuda o Penafiel a ganhar este jogo. Em caso de vitória a nossa equipa pode ir para o meio da tabela, lugar de onde nunca devia ter saido. ACOMPANHA O FC PENAFIEL E NÃO FIQUES EM CASA.

PROGRAMA
Saída: 10:00
Piquenique: 12:00
Jogo: 15:00
Chegada a Penafiel: 18:30

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

RUI MIGUEL É OPÇÃO PARA O ATAQUE

   Rui Miguel é a mais recente contratação para o ataque do FC Penafiel. Sem clube esta época, estando no ano passado na Académica onde realizou 17 jogos para o campeonato e não marcou qualquer golo em nenhuma das provas em que a Académica esteve inserida. No site do FC Penafiel afirma que Rui Miguel marcou 5 golos mas tal informação está errada.
    O avançado foi formado na equipa de Coimbra e irá fazer 29 anos em janeiro, tem 1,83m e 79kg. Na Académica Rui Miguel jogou quase sempre a médio ala nunca sendo o ponta de lança da equipa. Já teve experiências noutros países nomeadamente na Escócia e Bulgária. Não se sabe se Miguel Leal irá utilizar Rui Miguel a ponta de lança ou descaído na esquerda como habitualmente jogava na Académica, pois o treinador penafidelense está à espera de outro reforço para o ataque. O jogador já treina e em princípio pode ser opção para o próximo jogo.
    Esperemos que Rui Miguel traga algo à nossa equipa que tem faltado nos últimos jogos que é golos. Os penafidelenses desejam-lhe as maiores felicidades no nosso clube e que ajude o FC Penafiel a sair da crise de golos e vitórias.

   Na foto estão Rui Miguel e Rafa num jogo da época passada em que o Penafiel empatou no 25 de abril a uma bola em jogo a contar para a taça da liga.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

21 PONTOS DISPUTADOS, 1 CONQUISTADO



  Nos Açores o FC Penafiel perdeu mais uma vez para o campeonato onde o resultado foi de 2-0 para o Santa Clara. O jogo foi equilibrado, mas as melhores oportunidades e eficácia tiveram do lado dos açorianos. Coelho foi um dos melhores jogadores do Penafiel evitando na primeira parte alguns golos dos insulares. O primeiro golo da partida foi aos 39 minutos onde Fábio Ervões deixou-se antecipar por Luíz Carlos, o golo foi de cabeça após um livre batido da esquerda. O Santa Clara ainda mandou uma bola à barra antes do intervalo chegar. Na segunda parte o Penafiel tentou o golo do empate, mas tal feito não aconteceu.
  Aos 66  minutos tudo ficou mais difícil, quando Rafa foi expulso por Bruno Paixão. Antes da expulsão Miguel Leal tirou o ponta de lança Guedes para meter M'Bala e ainda fez mais duas substituições até aos 75 minutos, mas não adiantou de nada. Aos 85 minutos Luiz Carlos fez o segundo golo, desta vez de penalti, num lance que Bruno Paixão viu mão de Ervões, mas que minutos antes não teve o mesmo critério a favor do FC Penafiel.
    Foi a sexta derrota em sete jogos para os rubro negros, que continua com os mesmos 21 pontos, mas agora em 17.º lugar da tabela classificativa. O fundo da tabela já se vê e é preciso inverter as coisas para não lá cair. O próximo jogo é novamente fora, em Oiveira de Azeméis.
 
Jogo no Estádio de São Miguel, Ponta Delgada.
Santa Clara - Penafiel, 2-0.
Ao intervalo: 1-0.
Marcadores: Luiz Carlos, 39' e 85' (g.p.)

- Santa Clara: Hélder Godinho, Luiz Carlos, Accioly, Tony, André Simões, Pacheco (Hugo Rego, 88'), Minhoca (Pedro Cervantes, 72'), Godinho, Porcellis, Serginho e Platini (Alex, 82').
Suplentes: Brice Niclos, Marco Lança, Reguila, Alex, Hugo Rego, Pedro Cervantes e Ruizinho.
Treinador: Luís Miguel.

- Penafiel: Coelho, Gabriel, Fábio Ervões, Ferreira, Diogo Viana, Aldair (Coronas, 69'), Guedes (Mbala, 61'), Sérgio Organista, Leomar, Rafa e Vítor Bruno (Elísio, 74').
Suplentes: Nuno Santos, Pedrinha, Elísio, Coronas, Romeu Torres, Pereira e Mbala.
Treinador: Miguel Leal.

Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Toni (18'), Godinho (41'), Leomar (50') e Diogo Viana (74').
Cartão vermelho direto para Rafa (65').
Assistência: 527 espectadores.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

CAMADAS JOVENS EM APUROS

As camadas jovens do FC Penafiel voltaram a ter uma prestação fraca este fim de semana e todos os escalões desceram na tabela classificativa à exceção dos infantis que continuam em primeiro lugar na série 2 da primeira divisão da associação do porto, esta equipa foi a Valongo golear o UD Valonguense por 0-5.  Os iniciados perderam em casa com o Varzim por 1-4 que era o último classificado, com este resultado a equipa orientada por Valente trocou de lugar com o Varzim e encontra-se em último lugar com apenas 10 pontos.
       Os juvenis foram empatar ao Régua 0-0 equipa que apenas tinha conquistado 4 pontos no campeonato e por isso obviamente um mau resultado. Os juniores não fizeram melhor e foram ao vizinho Freamunde empatar 3-3. A equipa da terra dos capões só tinham 3 pontos conquistados e claramente foi outro mau resultado, nos juniores a equipa encontra-se agora em penúltimo lugar.
        Foi mais um fim de semana com maus resultados para os nossos jovens nos principais escalões do futebol de formação. Com resultados destes a descida de divisão fica mais perto para alguns escalões. Lembro que no ano passado foram despedidos treinadores com melhores resultados do que estes. Apesar destes resultados ainda há muito campeonato pela frente e há que acreditar nos nosso jovens.

Carregar na imagem para verem melhor as tabelas classificativas.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

MAIS E MENOS DA SEMANA

De volta ao blog temos o mais e menos da semana que durante muito tempo teve afastado do blog dos penafidelenses, mas cá está de volta outra vez.

O mais da semana vai para Diogo Viana e Sérgio Organista. O extremo penafidelense fez talvez o melhor jogo com a camisola rubro negra, teve garra, foi para cima do adversário e correu todo o jogo. Apesar de não ser da terra, sentiu  a camisola, foi profissional e disputou todos os lances como se de uma final se tratasse. Faltou-lhe apenas um golo para coroar uma grande exibição deste ainda jovem jogador.
   Sérgio Organista desde da segunda jornada que não jogava a titular, encheu o meio campo penafidelense  e fez outra boa exibição, defendeu, atacou e apareceu na grande área para finalizar jogadas, quase marcou de pontapé de bicicleta e na grande penalidade não hesitou e fez o primeiro golo em seis tentativas da marca dos 11 metros. Esperemos ver mais destas exibições do médio natural de Vila de Conde para que a equipa possa dar alegrias aos adeptos.


   O menos para a semana não vai para ninguém em particular mas sim para quem organiza a segurança no estádio e neste caso a GNR de Penafiel. No final do jogo os adeptos leixonenses não pararam de incentivar à violência, ameaçando e provocando os penafidelenses que se encontravam na bancada central. Pois a GNR em vez de acalmarem os ânimos na bancada onde se encontravam os adeptos do Leixões, fizeram exatamente o oposto, começaram a empurrar os adeptos penafidelenses para fora do estádio sem que fizessem nada aos elementos principalmente da claque do Leixões.
    Depois dos leixonenses sairem do estádio começaram por fazer desacatos oferecendo porrada aos adeptos penafidelenses que se encontravam perto da saída da bancada superior. Isto porque as duas carrinhas da GNR com polícia de intervenção que costuma estar à saída da superior, estavam naquele momento na porta 5, porta onde saem os adeptos do Penafiel.
   Mas que falta de visão dos elementos da GNR. Já se sabe que os adeptos do leixões não são flor que se cheire, agora o porquê da GNR sair daquela zona e deixar os adeptos sozinhos? E porquê irem para o local onde os adeptos do penafiel saem? Foi uma autêntica vergonha o que aconteceu neste domingo onde parece que os adeptos penafidelenses têm sempre culpa de tudo e onde são sempre os adeptos de fora que provocam as pessoas de Penafiel. O mais caricato mesmo foi ver as carrinhas da GNR na porta 5 e deixarem os adeptos do Leixões sozinhos. A GNR não fez o trabalho de casa e não soube intervir onde era preciso e por isso o menos da semana.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

domingo, 9 de dezembro de 2012

EMPATE INJUSTO

  O FC Penafiel em casa não conseguiu mais uma vez ganhar e o empate só aconteceu nos descontos num penalti duvidoso que Sérgio Organista converteu em golo. Durante os 90 minutos só a equipa penafidelense quis ganhar o jogo dominando desde o início da partida, o Leixões só de bola parada importunava Coelho.
    A equipa de Miguel Leal no primeiro tempo teve as melhores oportunidades de golo, Guedes numa jogada individual enviou a bola à barra e na recarga Ferreira teve a mesma pontaria. Na segunda parte o Penafiel continuou o seu futebol de ataque onde Diogo Viana e Sérgio Organista deram nas vistas. A melhor oportunidade de golo no segundo tempo pertenceu a Ferreira, num cabeceamento que Rui Sacramento defendeu para canto.
   Aos 79 minutos Joel derruba um jogador leixonense mas ao que parece, a falta foi cometida fora da área. Na conversão da grande penalidade Kizito fez o 0-1. Miguel Leal fez entrar Coronas para o lugar de Aldair aos 83 minutos e Torres aos 87 tirando Joel. Aos 94 minutos quando já toda a gente esperava a derrota, Nuno Almeida assinala grande penalidade a favor da equipa da casa e como já foi dito Sérgio Organista um dos homens do jogo repôs alguma justiça no resultado.

    O jogo chegou ao final e o empate foi um resultado injusto pelo que o FC Penafiel jogou durante todo o jogo. Foi a única equipa que atacou só faltando apenas os golos. Uma vez mais Miguel Leal demorou a fazer substituições e só a três minutos do fim meteu em campo mais um ponta de lança. No final ainda houve alguma confusão entre jogadores do Leixões e Penafiel que trocaram algumas palavras e alguns encontrões. A equipa rubro negra desceu mais um lugar na tabela classificativa e agora encontra-se em 16.º lugar.
 
Jogo no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel
Penafiel-Leixões, 1-1
Ao intervalo: 0-0
Marcadores: 0-1, Kizito, 78 minutos (grande penalidade); 1-1, Sérgio Organista, 90+4' (grande penalidade)

Penafiel: Coelho, Gabriel, Fábio Ervões, Leomar, Joel (Romeu, 86'), Rafa, Ferreira, Sérgio Organista, Aldair (Coronas, 82'), Guedes e Diogo Viana
Suplentes: Nuno Santos, Pedrinha, Coronas, Romeu Torres, Thiago Pereira,Vítor Bruno e Mbala
Treinador: Miguel Leal

Leixões: Rui Sacramento, Steven, Nuno Silva, Fábio Santos, Sequeira, Luís Silva, Patrão, Moedas (Gonçalo Graça, 46'), Kizito (Zé Pedro, 90'), Mailo e Tiago Borges (Calé, 71')
Suplentes: Matos, Zé Pedro, Calé, Gonçalo Graça, Tsoumagkas, Malafaia e Pedras
Treinador: Pedro Correia

Árbitro: Nuno Almeida (AF Algarve)
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Aldair (38'), Luís Silva (44'), Sérgio Organista (59'), Luís Silva (90+2')

Assistência: cerca de 900 espectadores

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

REPETIR 2006-2007

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

CAMADAS JOVENS

Este blog é dedicado maioritariamente aos séniores do FC Penafiel, mas hoje iremos verificar como andam as nossas camadas jovens. As notícias da nossa formação não são muito famosas e apenas os infantis nos dão alegrias de jogo para jogo.
   Os juniores D (infantis) apesar deste fim de semana empatarem em casa com o Freamunde 3-3, continuam em 1.º lugar na sua série, mas agora com a companhia do Tirsense que têm os mesmos pontos que o Penafiel, 34 pontos. Em 13 jogos disputados esta equipa tem onze vitórias, e apenas um empate e uma derrota.
    Os iniciados que estão a disputar o nacional estão em penúltimo lugar com 10 pontos em 13 jogos e a um ponto do último lugar, estando numa situação complicada. Nos juvenis a situação também é de apuros e a equipa encontra-se em 7.º lugar com 14 pontos numa série que conta com 10 equipas, esta equipa tem um jogo a menos, sendo o jogo é com o FC Porto que irá ser jogado a 19 de dezembro.
     Os juniores que este fim de semana perderam em casa com o UD Oliveirense por 0-1, estão na 9.ª posição com 15 pontos numa série com 12 equipas. O próximo jogo será com o Freamunde, último classificado com apenas 3 pontos.
    Nesta semana houve também uma notícia que até teve honras de sair no jornal de notícias, sobre uma agressão de um jogador penafidelense a um árbitro num jogo dos juniores (equipa B). O jogo foi em Rio Tinto e a agressão decorreu já na segunda parte quando o resultado estava 2-2. Foi uma situação que não pode ser repetida no futuro e onde a direção penafidelense tem que tomar medidas quanto a isso. Os nossos diretores estão sempre a dizer que a nossa formação é para formar homens, mas esta situação demonstra o contrário. Espera-se mão pesada sobre este jogador que teve este ato sobre um árbitro. 
   E este é o ponto de situação da nossa formação, que não é muito famosa, mas também temos que nos lembrar que todas as equipas estão nos nacionais e ainda há muito campeonato pela frente. FORÇA RAPAZES

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

PENABOYS EM PORTIMÃO

     Poucos adeptos penafidelenses se viram em Portimão e apenas alguns penaboys acompanharam a equipa e deram o seu apoio. Levaram a mesma tarja de Tondela mas mudaram o número de 3 para 4 dando ênfase que nunca faltou apoio esta época. Os Penaboys estão fartos de apoiar a equipa em todos os jogos e ouvir o nosso treinador dizer que os seus jogadores são assobiados.
     Miguel Leal sabe que as criticas e assobios são para ele próprio e tenta disfarçar dizendo que os assobios são para os jogadores, muito mau mesmo. A única critica que os Penaboys têm dos jogadores é que neste jogo de Portimão, no início da partida não vieram dar as boas vindas aos adeptos e no fim somente Coronas e Guedes bateram palmas aos Penaboys. Apenas dois jogadores o fizeram, curiosamente tantos como da equipa algarvia. Márcio Ramos e Luís Carlos no final do jogo foram ter com os Penaboys e bateram palmas à claque retribuindo um gesto dos Penaboys que colocaram as camisolas deles com o emblema penafidelense na rede. Um gesto que a maioria dos jogadores penafidelenses não tiveram.
     É triste pois estes adeptos fizeram mais de 1000 Km para apoiar a equipa, não houve assobios, incentivaram a equipa e no final nem um obrigado e nem a desculpa de perderem é correta pois também no início da partida não o fizeram.
  Domingo será um jogo importantíssimo onde os jogadores têm que dar o máximo e o treinador tem de arriscar tudo para ganhar o jogo. Não há mais tempo para desculpas, o FC Penafiel tem de ganhar, ou algo tem de mudar e o próximo jogo é a última oportunidade.
   Os Penaboys apesar de estarem tristes com os jogadores e equipa técnica vão apoiar no próximo domingo para ver se o rumo dos acontecimentos muda, mas não há mais espaço de manobra. Uma vitória é necessária e um ponto não chega, coisa que Miguel Leal insinuou na conferência de imprensa que pontuar é suficiente.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

GOLOS

E VÃO CINCO...

   Ontem aconteceu mais uma derrota para a equipa rubro negra, a quinta consecutiva, desta vez em Portimão por 2-1. O jogo começou praticamente com o primeiro golo do Portimonense aos 3 minutos. O Penafiel foi em busca do golo do empate, mas o Portimonense fechou-se bem, tapando quase sempre o caminho da sua baliza. Diogo Viana foi dos mais inconformados e aos 42 minutos num contra ataque fez o golo do empate, batendo Márcio Ramos. Lázaro Oliveira ao intervalo fez duas substituições, Miguel Leal esperou pelos 56' e 67 minutos para mudar algo. As mudanças como é normal no nosso técnico correm sempre mal, pois aos 69' o Portimonense faz o segundo golo outra vez num cruzamento da esquerda onde Simy jogador entrado ao intervalo fez o golo da vitória da equipa de Portimão.. O Penafiel foi outra vez atrás do prejuízo, mas desta vez não conseguiu o golo do empate.
   Aos 89 minutos Miguel Leal arriscou tudo (só dá para rir) e tirou Guedes e meteu M'Bala na frente de ataque, mas como é óbvio não resultou em nada. Mais uma vez o nosso treinador viu-se que não tem capacidade de leitura, sendo batido sempre pelos seus colegas nas substituições. Foi a quinta derrota consecutiva, onde levou o Penafiel para a 15.ª posição da tabela classificativa. Algo se passa no nosso clube e tem que mudar rapidamente, pois não se admite perder 5 jogos consecutivos. Este ano nem das arbitragens nos podemos queixar, pois até têm sido favoráveis. O próximo jogo é no 25 de abril com o Leixões e uma vitória é necessária para não cairmos no fundo da tabela.

 Jogo no estádio municipal de Portimão
Portimonense 2-1 Penafiel

Portimonense: Márcio Ramos, Ivo, William (Vitinha 45'), Wakaso (Simy 45'), Mendes, Mika ( Fábio Felicio 67), Luís Carlos, Erick, Chico, Rúben e Nelsinho.

Penafiel:  Coelho, Gabriel, Fábio, Pereira, Vitor, Rafa, Ferreira, Pedrinha (Organista 56'), Aldair (Coronas), Diogo Viana e Guedes (M'Bala 89'). Suplentes não utilizados: Nuno Santos, Joel, Penela e Elísio.

Árbitro: João Capela.

Assistência: 1000 espetadores

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

HISTORIAL PORTIMONENSE - PENAFIEL

   O FC Penafiel já defrontou a equipa do Portimonense por 19 vezes no Algarve e conta 9 derrotas, 7 empates e apenas 3 vitórias. Os anos 80 foram os anos de ouro para as duas equipas e entre as duas equipas houveram vários confrontos onde o Penafiel nunca ganhou no estádio do Portimonense.
   A equipa algarvia nessa década chegou a ir à europa, sendo uma equipa mais poderosa que o nosso Penafiel. Nos anos 90 o Portimonense apagou-se e chegou a andar pela 2.ª divisão B. Em 93-94 o Penafiel conseguiu a primeira vitória em Portimão. A partir daqui a equipa rubro negra começou a ter melhores resultados e nos últimos 10 confrontos o Penafiel ganhou 3, empatou 4 e perdeu 3. Um conjunto de resultados equilibrado.
   A última vitória conseguida para o campeonato foi em 2009-2010, por 1-3, golos marcados por Vitor, Michel e Guedes. O video mostra esse jogo. Guedes que foi um dos autores dos golos, será o único que poderá fazer esse gosto mais uma vez, já que os outros jogadores já estão noutros clubes, .  Será um jogo com desfecho incerto onde os rubro negros irão encontrar o antigo treinador Lázaro Oliveira,  Luís Carlos extremo que jogou em Penafiel no ano passado e o guarda redes Márcio Ramos.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

RESUMO

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

A DESCER NA TABELA CLASSIFICATIVA

  O FC Penafiel encontra-se na 12.ª posição com 15 jogos disputados e tendo a hipótese de descer mais lugares, pois à várias equipas com um jogo a menos, neste caso com jogos a mais, porque no passado domingo anteciparam-se alguns jogos referentes à 15.ª jornada da segunda liga. Uma vitória falta aos penafidelenses para voltarem à parte de cima da tabela e dar confiança à equipa, pode ser que já no próximo domingo em Portimão isso aconteça, há que acreditar.

OS PENABOYS EM TONDELA

    Os Penaboys estiveram mais uma vez apoiar o clube e em Tondela fizeram-se ouvir do início ao fim. A associação levou uma tarja que dizia " 3 derrotas!?  Mas cá estamos".  Numa mensagem claramente a responder ao treinador que afirma que nunca vê o apoio dos adeptos penafidelenses.  Nestes jogos vê-se quem gosta realmente do clube e na bancada apenas se viram os Penaboys.
    Com certeza que quando Miguel Leal diz que os adeptos penafidelenses não apoiam os nossos jogadores, de certeza não está a falar dos Penaboys e sim dos adeptos em geral, e nisso tem razão. Os restantes adeptos raramente se vêm nos jogos fora, nunca apoiam em casa e metade deles nem são sócios do clube e somente vão ao futebol porque há bilhetes que são oferecidos.  Por isso não tenham dúvidas estes adeptos são os melhores de Penafiel. Levam a cor das nossas bandeiras por todas as terras e todos os estádios de Portugal e sentem mesmo o clube sendo sem dúvida o seu primeiro clube.
    No final do encontro Miguel Leal respondeu a uma pergunta de um jornalista sobre a tarja e disse que foi a primeira vez que sentiu o apoio dos adeptos, mas que o penafiel não precisa de críticas e sim de apoio. Que fique claro que a tarja não era uma crítica e sim uma maneira de dizer que os Penaboys estão sempre com a equipa mesmo com muitas derrotas consecutivas.

    Está visto que o nosso treinador interpretou mal a mensagem e não gosta mesmo dos nossos adeptos, nem dos Penaboys, mesmo depois da festa que fizeram em Tondela tem sempre algo a dizer.  É pena, mas não é por isso que os Penaboys vão deixar de apoiar os jogadores em todos os jogos. Quando este treinador for embora os Penaboys vão continuar por cá. FORÇA PENABOYS E FORÇA PENAFIEL
   Mais fotos no blog dos penaboys e facebook

sábado, 24 de novembro de 2012

QUANDO VÃO PARAR AS DERROTAS ?

  O FC Penafiel mais uma vez não conseguiu evitar uma derrota, desta vez em Tondela por 2-0. Os golos foram marcados um em cada parte e no final das mesmas. 
    O Tondela entrou melhor no jogo onde  conseguia pôr as bolas nas alas havendo sempre cruzamentos para a área penafidelense, depois da meia hora o Penafiel conseguiu equilibrar o jogo, mas quem conseguiu marcar foi a equipa da casa num dos tais lances pelas alas, no cruzamento Pereira não saltou à bola e o jogador do Tondela cabeceou à vontade para o primeiro golo da partida. 
    O golo aconteceu aos 42 minutos e não deu hipótese da equipa penafidelense responder. Na segunda parte o Penafiel tentou o golo e nem com as duas substituições que Miguel Leal fez o conseguiu.  Guedes que entrou aos 71 minutos ainda mandou uma bola à barra. 

   O Tondela quase acabar marcou o segundo golo e acabou com as esperanças rubro negras. São quatro derrotas consecutivas algo que já não acontecia desde o ano em que descemos à segunda B. Muitos treinadores já foram mandados embora por muito menos e Augusto Teixeira tem que tomar uma posição. O próximo jogo é novamente fora desta vez em Portimão.

Jogo no estádio João Cardoso, em Tondela

Tondela 2-0 Penafiel

Tondela: Claúdio, Edson, Pica, Materazzi, Pedro Araújo, Ericson (Tiago Barros 83'), Fábio Pacheco, Luís Aurélio, Tiago Carneiro (Bacar 59'), Márcio Sousa e Fonseca ( Dyego Sousa 71').

Penafiel: Coelho, Gabriel, Fábio, Pereira, Vitor, Rafa, Ferreira, Robson,  Elísio (Aldair 58'), Diogo Viana (Guedes 70') e M'Bala. Suplentes não utilizados: Nuno Santos, Pedrinha, Penela, Joel e Sérgio Organista.

Árbitro : Renato Gonçalves

Assistência: 800 espetadores

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

TONDELA - PENAFIEL

  
    Amanhã o FC Penafiel tem mais um jogo para o campeonato, desta vez no Tondela, equipa que subiu este ano à segunda liga. O Tondela consta com dois jogadores que já vestiram a camisola do FC Penafiel, são eles Pedro Araújo defesa esquerdo que ainda jogou na primeira divisão pelo nosso clube e Márcio Sousa, que foi um dos jogadores que ajudou o FC Penafiel a subir de divisão na época 2008-2009.
   Para amanhã há algumas surpresas na convocatória de Miguel Leal. Romeu Torres fica de fora por opção e no seu lugar entra Guedes que passado seis meses reentra numa convocatória. Lesionados estão Coronas, Leomar, Pedro Santos e Oliveira. A lista completa de convocados é a seguinte: Coelho, Nuno Santos, Gabriel, Pereira, Fábio Ervões, Penela, Vitor Bruno, Joel, Rafa, Ferreira, Pedrinha, Robson, Organista, Aldair, Elísio, Diogo Viana, M´Bala e Guedes.
    O FC Penafiel conta com três derrotas nos últimos três jogos e vai tentar inverter a situação neste jogo com o Tondela que neste momento tem 19 pontos (um a menos que o FC Penafiel) e que em casa tem 3 vitórias, 1 empate e 2 derrotas. O árbitro desta partida será Renato Gonçalves, árbitro que já dirigiu o Maritímo B 2-0 Penafiel e que expulsou o nosso capitão Ferreira num segundo amarelo forçado.
    A equipa não vai sozinha, os Penaboys levam um autocarro lotado para apoiar a equipa. Miguel Leal diz que nunca tem apoio, mas os adeptos estão sempre em todos os jogos apoiar os nossos jogadores. Que tragam uma vitória. FORÇA PENAFIEL

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

MÉDIA DE ESPETADORES BAIXOU

 














   Na época passada a média de espetadores no 25 de abril era de 1413, um número bastante razoável, este ano o número baixou drasticamente para os 722. A explicação para estes números está nos bilhetes de empresa vendidos no início da época. Este ano o clube não vendeu tantos bilhetes como nas últimas duas épocas  e por isso a média de 722 espetadores por jogo. A vida não está fácil para os comerciantes e empresas da região e este ano nota-se esse fator no 25 de abril. Mas não se julgue que seja só essa a explicação de menos bilhetes vendidos.
    A direção ao contrário de outros anos trabalhou mal esta questão e não esteve tão interveniente juntos das empresas a vender bilhetes para os jogos. Isto é verdade porque há empresas que nas outras épocas compraram os tais bilhetes de empresa e este ano não os compraram porque a direção do clube não se deslocou às ditas empresas. Foi uma falha desta direção, pois além de ter menos pessoas no estádio apoiar o clube, o encaixe financeiro foi com certeza menor.
   O blog conversou com um dos empresários que costuma comprar bilhetes de empresa e este ano não comprou porque a direção não se deslocou à empresa numa das freguesias de Penafiel. Foram menos mil euros a entrar nos cofres do clube e como esta empresa deve haver muitas mais, pois não se vê tanta gente no estádio. É um assunto a melhorar por esta direção para a próxima época. A direção não deve de esperar que os empresários vão a sede comprar bilhetes, mas sim o contrário, o clube dirigir-se aos empresários para eles darem uma ajuda ao clube. Fica aqui a dica...A foto diz respeito a um jogo da época passada com o Moreirense, jogo que levou mais de 2700 pessoas. Um dos quadros diz respeito à média de espetadores dos últimos anos no 25 de abril. O outro é da média de espetadores deste ano dos clubes da segunda divisão.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

FURACÃO DE REGRESSO

  Guedes está de regresso e pode já ser convocado por Miguel Leal. O avançado já foi inscrito pelo clube e pode ajudar agora o FC Penafiel a fazer golos. Lembre-se que Guedes lesionou-se na época passada na penúltima jornada contra o Oliveirense no 25 de abril. É um jogador que tem sido fustigado por várias lesões na sua curta carreira de futebol. Esperemos que a sorte agora mude para mais um jogador formado na terra.
   Guedes na sua carreira poucos golos marcou como avançado, pois foi raro jogar na posição que mais gosta que é a avançado centro. Os últimos treinadores que passaram por Penafiel preferiram pô-lo a jogar a extremo, lugar que não rende tanto como avançado. Com a falta de pontas de lança no plantel, e com Romeu Torres para já a ser a única opção, o Furacão vai ter de disputar o lugar com o jogador que veio do Arouca e que pouco tem aproveitado a sua titularidade em vários jogos. Guedes tem 25 anos e tem 1,82 e tem uma grande vontade de marcar golos, falta-lhe ritmo de jogo, mas só jogando é que o vai ter. FORÇA GUEDES E BOM REGRESSO

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

MEIO MILHÃO DE VISITAS

  O blog Força rubro negra continua a dar informação aos penafidelenses e por isso mesmo as 500 mil visitas atingidas esta semana. A primeira notícia do blog aconteceu em março de 2008 num ano em que o FC Penafiel desceu de divisão. Apesar da descida o amor ao clube continuou e o blog continuou a ganhar força e hoje é a maior fonte de informação do clube e um sítio onde se pode discutir os assuntos do clube.  Claro que há sempre pessoas que vêm ao blog escrever comentários que nem merecem ser publicados, pois essas pessoas não gostam verdadeiramente do clube. Ou não gostam do blog, ou não gostam dos penaboys ou não gostam da direção, ou não gostam de qualquer coisa. São pessoas "aziadas" e que nunca deram nada ao clube e só sabem criticar tudo e todos. Eu pelo menos dou a cara, e escrevo o que acho que está mal ou bem em prol do clube. Por isso para as pessoas que criticam tudo e todos, que continuem a escrever e perder o seu tempo pois comentários aziados não me deitam abaixo e só fazem rir pois vêm de pessoas diminuidas mentalmente. Para as pessoas que gostam do blog e do clube , um muito obrigado por frequenta-lo. É verdade que o blog não tem dado muitas notícias ultimamente, mas foram tempos difíceis para mim, mas graças a Deus tudo voltou ao normal e o blog vai continuar a ser o que era. FORÇA PENAFIEL

domingo, 18 de novembro de 2012

TRÊS DERROTAS CONSECUTIVAS

Hoje o Penafiel averbou mais uma derrota em casa, desta vez com o Desportivo das Aves por 0-1. Apesar do resultado a equipa penafidelense foi a melhor em campo, criando várias oportunidades de golo, faltando apenas a concretização. O Aves jogou em Penafiel para o empate e a sorte sorriu-lhe no final num lance em que ganhou um ressalto e Rabiola endereçou a bola para a baliza de Coelho. Ferreira já nos descontos teve oportunidade de fazer o empate mas não conseguiu ultrapassar o guardião avense.
   Miguel Leal fez a primeira substituição aos 67 minutos tirando Torres e metendo Aldair, e aos 74 minutos Diogo Viana saiu por lesão entrando Coronas para o seu lugar. Depois das substituições a equipa penafidelense perdeu o domínio de jogo, perdeu a sua principal referência no ataque e sofreu um golo, mostrando que a ler o jogo e a fazer substituições Miguel Leal não é o seu forte. Romeu Torres deu trabalho aos defesas avenses, mas falhou uma clamorosa oportunidade de golo antes de acabar o primeiro tempo. Nota-se que Torres rende muito mais que M'Bala na frente de ataque, pois o congolês não tem estampa física para jogar no meio dos centrais. 
  Foi contudo uma derrota completamente injusta para os rubro negros, pois o Aves teve todo o jogo a passar tempo e fazer faltas, algumas muito duras, como aconteceu ainda na primeira parte, uma falta de Romeu sobre Diogo Viana, que merecia claramente o cartão vermelho, pois só se preocupou em atingir o médio penafidelense com alguma brutalidade. A sorte não nos sorriu neste jogo e agora já temos três derrotas consecutivas, vivendo a pior fase desde o início do campeonato. O próximo jogo será no Tondela dia 24 de novembro.

Jogo no estádio 25 de abril
Penafiel - Aves, 0-1
Marcadores: Rabiola, 86'

Penafiel -  Coelho, Gabriel, Fábio, Leomar, Vitor, Rafa, Ferreira, Robson, Diogo Viana (Coronas, 74') M'Bala e Romeu Torres (Aldair, 67').
Suplentes não utilizados: Nuno Santos, Joel, Pedrinha, Pereira e Pedro Santos.

Aves- Marafona, João pedro, Romeu, Tito, Rabiola,Leandro, Vasco, Vasco Matos, João Paulo, Elvis e Renato Santos.

Árbitro .  Hugo Miguel.

Assistência - 700 espetadores

sábado, 17 de novembro de 2012

FC PENAFIEL - AVES

   Amanhã em jornada antecipada a equipa rubro negra recebe o Desportivo das Aves, o jogo é a contar para a 15.ª jornada e ia-se realizar no dia 28 de novembro, uma quarta feira. Este jogo não será o único a ser antecipado haverá mais três jogo que são os seguintes: Leixões-Portimonense, Marítimo B-Naval e o Freamunde-FC Porto B. Miguel Leal não vai poder contar com Sérgio Organista e Elísio que estão lesionados.
  A partida advinha-se difícil pois o historial entre as duas equipas no 25 de abril sorri aos avenses. Nos últimos 10 confrontos o Penafiel venceu apenas dois em sua prória casa, houve 5 empates e o Aves venceu 3 partidas. A última vitória sobre o Aves no 25 de abril  aconteceu em 2001-2002 por 2-1 com golos do central Gama e o médio brasileiro Ewerton. O árbitro para esta partida será Hugo Miguel.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

QUEM CRIOU EXPETATIVAS DEMASIADO ALTAS ALTAS ?

   Miguel Leal mais uma vez na conferência de imprensa, as suas palavras deixaram um pouco a desejar. O técnico falou que se criaram expetativas demasiado altas em redor do clube. Mas quem criou isso? Ainda não se ouviu este ano falar em subidas de divisão, nem nas bancadas nem aqui no blog. Os adeptos sabem que a equipa tem carências, principalmente no ataque e têm os pés bem assentes no chão.
  O que dão a entender estas palavras é que foi Miguel Leal que criou as tais expetativas, e quando perde vem sempre com a conversa que o nosso campeonato é a manutenção. Quando se ganha acha que tivemos bem e que os jogadores penafidelenses vão dar muito dinheiro ao clube, quando se perde, a conversa já é das expetativas altas, que o nosso campeonato é a manutenção e que não temos os argumentos das outras equipas. Mas isso é forma de motivar os jogadores? dizer-lhes que são piores que os outros?
   É um discurso incoerente em que pensa somente no seu lugar como treinador. Aliás o nosso treinador a um jornal desportivo já afirmou que quando tiver uma boa oportunidade de emprego agarraria essa oportunidade. Porque é que os adeptos penafidelenses têm-se que preocupar com um treinador destes, quando ele não pensa no clube, não gosta dos nossos adeptos, e depois de uma derrota mete-se logo no balneário e vem para a conferência de imprensa dizer sempre o mesmo.   
   A nossa equipa tem carências, mas obviamente não é só a nossa, pois se não, não estariamos no lugar que estamos. Temos um bom guarda redes, uma defesa estável ao contrário do que se pensava no início, um meio campo que é dos melhores da segunda divisão, temos extremos de boa qualidade e um único ponta de lança que o treinador não o pôe a jogar em casa.
   Os adeptos querem vitórias frente a equipas como o União da Madeira, equipas como Miguel Leal diz são equipas do nosso campeonato. Miguel Leal quis comprar uma guerra com os adeptos, desde que proferiu palavras sobre os mesmos e até os manda calar no estádio, pois então cada um se deita na cama que faz... Só uma palavra para os nossos jogadores, eles sabem que os adeptos estão com eles e que raramente ouvem um assobio. E quando há assobios são de adeptos que pouco devem gostar do clube. 
   O nosso treinador insinua nas conferências de imprensa que as outras equipas têm melhores jogadores (apenas quando perde) que os nossos, os adeptos penafidelenses acham que a maior parte das equipas são equiparaveis ao nível de valor dos jogadores. Agora só falta saber motiva-los para terem um pouco mais de garra em campo e esse ser o fator desiquilibrador. Frente ao Aves é necessário uma vitória e a garra e o crer vão ser decisivos. FORÇA PENAFIEL

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

CLASSIFICAÇÃO

  O FC Penafiel depois da 13.ª jornada terminar e apesar da derrota, apenas desceu um lugar na tabela classificativa, sendo ultrapassado pelo Benfica B, equipa que foi ganhar a Oliveira de Azeméis. A equipa rubro negra encontra-se agora na 8.ª posição com 20 pontos, o problema é que atrás do FC Penafiel e muito próximo estão várias equipas. Um resultado que não a vitória no próximo jogo atiraria os durienses para a segunda parte da tabela, coisa que só aconteceu à terceira jornada depois de duas derrotas consecutivas.


sábado, 10 de novembro de 2012

TATICAMENTE MUITO MAL

   Mais uma derrota, desta vez frente ao União da Madeira por 0-1, um resultado justo pois a equipa da madeira podia ter marcado dois ou três golos na primeira parte arrumando logo a questão. A equipa penafidelense não esteve ao seu nível nos primeiros 45  minutos e o União foi a equipa que mais perigo criou. Os defesas penafidelenses eram lentos para os avançados madeirenses e se não fosse Coelho a fazer um bom punhado de defesas o resultado ao intervalo podia ser já de uma goleada.  
   Na segunda parte o Penafiel cresceu um pouco, mas jogadas de verdadeiro perigo não houve. Aos 68 minuto  depois de um livre a favor do Penafiel, o União saiu rápido em contra ataque e fez o único golo da partida. Depois do golo a equipa de Miguel Leal tentou o golo, mas o melhor que conseguiu foi uma grande penalidade que mais uma vez foi falhada, desta vez por Pedrinha. Ferreira ainda teve uma oportunidade de fazer o golo, mas em frente à baliza atirou por cima. Foram três pontos que foram à vida, num jogo em que Miguel Leal, mais uma vez esteve mal taticamente. A jogar em casa e com defesas fortes na defensiva madeirense, pôs M'Bala na frente de ataque. Romeu Torres que é um jogador que marca poucos golos, mas que trabalha bem lá na frente, podia fixar os centrais, como por exemplo fez em Aveiro, mas o técnico optou por deixa-lo no banco.
   As substiuições não vieram trazer nada de novo, pois ora vejamos, trocou Joel por Vitor (defesa por defesa), tirou Aldair para meter Romeu Torres, passando M'Bala para extremo e por último tirou Robson para meter Pedrinha, substituição que já se viu mais que uma vez que não dá em nada. Com estas substituições a tática foi a mesma do início ao fim, mostrando pouca imaginação em tentar mudar o rumo dos acontecimentos. Falando do penalti, mais uma vez Diogo Viana queria marcar a grande penalidade, mas Pedrinha, que mal acerta um passe (e o treinador não vê isso) quis marcar o penalti. Mais uma vez foi falhado. Mas será que o treinador não define um jogador para marcar um penalti ? Mais uma vez um jogador saiu do banco e após 10 minutos em campo falhou a grande penalidade e o treinador não se sabe impôr nesta matéria. O próximo jogo será outra vez no 25 de abril, jogo antecipado em que o FC Penafiel receberá o Aves. Advinha-se mais um jogo difícil, pois pelo que o técnico referiu no final do jogo, a nossa equipa gosta de jogar fora de casa. O Blog força rubro negra tem uma sugestão. Jogar todos os jogos no estádio do Leixões, jogar fora e com o apoio dos adeptos locais seriamos invenciveis...
 
Jogo no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel.
Penafiel - União da Madeira, 0-1.
Ao intervalo: 0-0. Marcador: 0-1, Hugo Morais, 68 minutos.

Equipas:
Penafiel: Coelho, Gabriel, Fábio Ervões, Leomar, Joel (Vitor Bruno, 72'), Rafa, Ferreira, Robson (Pedrinha, 81'), Aldair (Romeu Torres, 72'), Diogo Viana e Mbala. (Suplentes: Nuno Santos, Penela, Pedrinha, Elísio, Romeu Torres, Thiago Pereira e Vítor Bruno).
Treinador: Miguel Leal.

União da Madeira: Marcelo, Carlos Manuel, Ávalos, Kiko, Alex, Tiago, Bruno (Joel, 87'), Hugo Morais, Lucas, Irobiso e Silva (Faria, 77').
Suplentes: Christopher, Steve, John, Hugo Gomes, Dorde, Joel e Thiago Faria).
Treinador: Predrag Jokanovic.
 
Árbitro: Rui Silva (Vila Real).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Silva (15'), Joel (41') e Marcelo (83'). Cartão vermelho direto para Thiago Faria (85').

Assistência: 600 espetadores.

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

RUI SILVA É O ÁRBITRO PARA SÁBADO

    Rui Silva foi o árbitro escolhido para o Penafiel - União da Madeira. O árbitro transmontano já dirigiu o FC Penafiel para o campeonato por seis ocasiões e o saldo não é positivo, 3 derrotas, 2 vitórias e um empate. Rui Silva esteve relacionado com o apito dourado  e esteve 20 meses suspenso, mas por incrível que pareça voltou a dirigir jogos nos principais escalões do futebol português. O jogo de pior memória para o FC Penafiel com este árbitro foi sem dúvida o Leixões - Penafiel à duas épocas em que o transmontano roubou indecentemente a nossa equipa levando o Leixões à vitória por 2-1. Por isso os nossos jogadores que se cuidem, pois este árbitro não facilita as coisas ao Penafiel, muito pelo contrário. Vai ser preciso muito cuidado.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

A TRADIÇÃO CONTINUA

    Ontem no jogo de abertura da 12.ª jornada o FC Penafiel perdeu por 2-0 em Belém, com os golos acontecerem mesmo no final da primeira parte. A equipa de Miguel Leal fez um bom jogo e não merecia esta derrota. Na primeira parte o Penafiel foi superior ao belenenses, sendo as melhores oportunidades de golo da equipa nortenha.
     Num canto aos 44 minutos aconteceu o golo de Belém, o canto foi marcado para a entrada da área onde um jogador sem oposição rematou para a defesa incompleta de Coelho, Joel demorou a sair do poste pondo Tiago Caeiro em posição legar para fazer o primeiro da partida. Passado um minuto Tiago Silva fez o segundo depois de Gabriel e Leomar não conseguirem tirar a bola da grande área.   
    A equipa foi desmoralizada para o intervalo e na segunda parte não conseguiu virar o rumo dos acontecimentos. Aos 60 minutos Miguel Leal tira dois dos homens mais criativos do plantel, Diogo Viana e Robson e põe em campo Pedrinha, que pouco tocou na bola e Romeu Torres na frente de ataque. As substituições não resultaram e nem a troca de Coronas por Aldair aos 75 minutos fez mudar as coisas. Já se esperava dificuldades no Restelo e o Penafiel para sair com um bom resultado não podia cometer erros. Cometeu-os e por isso a derrota.

    Apesar deste resultado que é normal, uma derrota em Belém, a equipa jogou de igual para igual sendo muitas vezes superior ao adversário. São coisas do futebol onde dois minutos ditaram os dois golos do Belenenses. Há que olhar em frente e o próximo jogo com o União da Madeira é que interessa. Uma palavra para os dois penaboys que se deslocaram de Penafiel a Lisboa para ver o jogo e apoiar a equipa, são uns verdadeiros adeptos penafidelenses.
 
O Penafiel alinhou com Coelho, Gabriel, Fábio, Leomar, Joel, Rafa, Ferreira, Robson (Pedrinha, 59'), Diogo Viana (Romeu Torres, 59'), Coronas (Aldair, 75') e M'Bala. 
 

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

HISTÓRIA PESADA TAMBÉM COM ÁRBITRO

   Pedro Proença foi o nomeado para o jogo de hoje entre o Belenenses e o FC Penafiel. A última vitória conseguida pelo Penafiel com este árbitro, foi na época 2004-2005 frente ao Benfica no 25 de abril, com o golo a ser marcado por N'Doye. Depois desta época nunca mais ganhamos com Pedro Proença. Por isso o jogo será muito difícil tendo em conta o árbitro e a equipa.
   A equipa não estagiou em Lisboa, e saiu apenas hoje de manhã para o jogo. O apoio em Belém não será muito, pois o dia (feriado todos os santos) e a hora do jogo não ajuda a levar muitos adeptos ao estádio.
   Os penaboys levarão apenas uma viatura à capital para apoiar os nossos jogadores. Mas sabe-se que os restantes penaboys irão concentrar-se na sua sede para ver o jogo e quem quiser aparecer é bem vindo.

PASSADO NEGRO EM BÉLEM ANTEVÊ DIFICULDADES


  
   Nesta jornada o FC Penafiel desloca-se a Belém, mas a história não favorece os nortenhos, nunca ganhou ao Belenenses e em 14 jogos disputados em Lisboa o máximo que conseguiu foram dois empates e o último já foi na longinqua época de 1985-1986, curiosamente na última jornada onde tudo já estava decidido.  Pode ser que este ano tudo seja diferente, já que a equipa penafidelense está a fazer o seu melhor arranque de sempre.
   No último treino antes do jogo houve uma curta peladinha e no final Miguel Leal treinou bolas paradas ( cantos e livres ) e ainda houve tempo para treinar penaltis. Sérgio Organista, Robson, Coronas, M'Bala, Diogo Viana, Joel, Leomar e Pedro Santos foram os eleitos para tal e o incrível aconteceu, foram batidas perto de 25 grandes penalidades e foram todas concretizadas em golo. O que leva a pensar que a pressão em campo é muita.  
   Para o jogo de Belém o técnico penafidelense irá proceder a algumas alterações na frente de ataque em relação ao jogo do Benfica, Aldair e Romeu Torres deverão dar lugar a Coronas e M'Bala.
    Não nos esqueçamos que o Belenenses é o segundo classificado com 25 pontos e conta com 5 vitórias em casa em outros tantos jogos, tendo 10 golos marcados e apenas 1 sofrido. Antevê-se um jogo muito difícil para o FC Penafiel, mas a equipa rubro negra já demonstrou ter qualidade para ganhar em qualquer campo. O jogo será transmitido na sporttv às 20:15. FORÇA PENAFIELLLLLL

terça-feira, 30 de outubro de 2012

0% EM PENALTIS

     Desde que começou o campeonato o FC Penafiel teve 4 grandes penalidades a seu favor e falhou as 4. Robson falhou o primeiro penalti frente ao Trofense no 25 de abril, penalti marcado devagar e rasteiro, o segundo penalti falhado foi em Freamunde, Romeu Torres ia com confiança bater a grande penalidade, mas o remate também saiu frouxo. Os últimos dois, Coronas e Leomar, o de Leomar para fora e o de Coronas talvez o melhor remate dos quatro, pois o guarda redes fez uma boa defesa. Não falando dos penaltis da taça de portugal que ditou a eliminação dos penafidelenses, curiosamente só um dos jogos não o ganhamos, o do Trofense, que no final do jogo se registou um empate a uma bola.    
   Mas será assim tão díficil marcar um penalti ? Muito fácil não deve ser, o que é preciso é concentração e colocação de remate. Miguel Leal diz que o especialista de penaltis se encontra no banco Sérgio Organista, mas será que no habitual onze não há um bom marcador de penaltis? O porquê de Diogo Viana não ter marcado ainda nenhum penalti ? É um jogador com técnica, marca livres, chuta forte, porque não marcar penaltis? Isto de marcar penaltis às vezes tem haver com a prestação em campo dos jogadores se estão com confiança ou não, pois Diogo Viana já tinha marcado um golo, notou-se que queria marcar o penalti, porque não o marcou? Atenção que isto é só uma opinião e não quer dizer que o ex portista ao marcar a grande penalidade  não falhasse, mas era a opção mais válida para tal. Miguel Leal tem que ter atenção nestas situações e tomar pulso forte e ver quem está mais habilitado para estes lances tomando uma decisão. Sinceramente as pessoas que marcaram as grandes penalidades frente ao Benfica, foram más opções. Leomar apesar de ter marcado em Aveiro viu-se que a técnica não é o seu forte e Coronas anda em baixo de forma. Espera-se que os treinos sirvam para alguma coisa e nas próximas grandes penalidades não haja falhanços.
   Atenção que o que foi aqui escrito não foi uma crítica aos jogadores que marcaram os penaltis, pois acontece a todos.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

MIGUEL LEAL LEIXONENSE DESDE PEQUENINO ?

   Em apenas 8 dias o técnico penafidelense falou da falta de apoio dos adeptos penafidelenses e deu o exemplo mais uma vez ontem na conferência de imprensa dos adeptos do Leixões. Será que Miguel Leal é um apaixonado do Leixões? Pois já é a segunda vez que vem falar nas conferências de imprensa dos adeptos da equipa de Matosinhos. O problema nestas declarações é que os adeptos penafidelenses são daqueles que mais apoiam a equipa tanto em casa como fora do 25 de abril. Será que o técnico penafidelense não viu apenas 100 espetadores no Naval - Penafiel ? Será que os jogadores navalistas sentiram-se apoiados? Apoiados ou não ganharam ao FC Penafiel num jogo em que os jogadores não foram motivados o suficiente. Será que Miguel Leal não vê os outros estádios vazios e não vê que há adeptos do FC Penafiel em todos os jogos fora de casa? Esperemos que o técnico pare com estas declarações, pois já se sabe que os adeptos penafidelenses não são os do Leixões nem Vitória de Guimarães.
   Mais uma vez perdeu uma oportunidade de estar calado, pois quando se perde é quando se necessita mais de apoio e não quando se ganha. De vez enquando este treinador tem umas "saídas" que são desnecessárias, primeiro foi o problema da rádio, por não saber ouvir uma crítica e agora que as coisas estão a correr bem, vem dar um exemplo de adeptos (Leixões) que não são exemplo para ninguém, pois aqueles adeptos não têm civismo nenhum onde  maltratam toda a gente.  Esperemos que a partir de agora o técnico penafidelense apenas se preocupe em treinar a equipa, pois até está a fazer um bom trabalho e é escusado andar com estas declarações infelizes, pois apoio à equipa não tem faltado. Está visto que Miguel Leal não é um Scolari em saber cativar os adeptos, por isso mais vale estar calado.

domingo, 28 de outubro de 2012

NO ÚLTIMO MINUTO SABE MELHOR

   O FC Penafiel conseguiu esta manhã uma grande vitória sobre o Benfica B por 2-1. A equipa rubro negra entrou muito forte no jogo com intenções claras de marcar cedo e ganhar o jogo. Foram 20 minutos em que o Penafiel podia ter marcado mas a habitual ineficácia da equipa deixou tudo a zero. O Benfica equilibrou a partida mas nunca foi capaz de importunar o guardião Coelho. Ao acabar a primeira parte Diogo Viana num centro remate conseguiu fazer o primeiro golo da partida desfeiteando Mika, que ficou mal na foto. O Penafiel foi para o intervalo a ganhar bem, pois foi a única equipa que verdadeiramente procurou o golo.
   Na segunda parte a equipa de Miguel Leal continuou a ser a melhor equipa, mas aos 60 minutos Miguel Rosa isolou-se e fez o golo do empate, num dos únicos remates do Benfica à baliza penafidelense.  Os jogadores ficaram um pouco desiludidos mas rapidamente voltaram ao ataque. Aos 70 min. Cosme Machado assinalou grande penalidade após mão de Luciano que levou o segundo amarelo. Coronas que entrou na segunda parte foi chamado a converter a grande penalidade permitiu a defesa de Mika. Diogo Viana ainda fez a recarga mas o guarda redes benfiquista mandou para canto. Após o canto o árbitro da partida marcou nova penalidade depois de outra mão na área do Benfica. Desta vez Leomar foi o marcador da grande penalidade e mais uma vez o Penafiel não conseguia adiantar-se no marcador. Foram dois minutos surreais o que se passou no 25 de abril. Mesmo assim o FC Penafiel não baixou os braços e com mais um em campo e o Benfica a passar tempo tentou chegar ao golo, golo que aconteceu já nos descontos. Robson fez um grande passe para Diogo Viana, Mika saiu da baliza e a bola sobrou para o nosso capitão e matador Ferreira que ainda fora da grande área fez o golo da vitória. Foi o delírio dos adeptos penafidelenses presentes no estádio.  Foi uma vitória justíssima para a equipa que mais fez para merecer os três pontos. O Penafiel está agora em 6.º lugar a um ponto do Arouca a dois da Oliveirense e cinco do Belenenses, próximo adversário do Penafiel na próxima quinta feira.
 
 Estamos no bom caminho. FORÇA PENAFIEL

ALEGRIA TOTAL

sábado, 27 de outubro de 2012

FC PENAFIEL - SL BENFICA B

   Depois de uma derrota na Figueira da Foz o FC Penafiel recebe amanhã o Benfica B atual 4.º classificado da segunda divisão. Miguel Leal não tem novidades na convocatória, ficando apenas  a faltar saber qual será o onze para o jogo, será que o técnico penafidelense irá fazer alterações depois de uma exibição menos conseguida? Amanhã saberemos. O árbitro da partida será Cosme Machado, juíz que costuma dar sorte à equipa rubro negra. O jogo terá honras de trasmissão televisiva na Sporttv às 11:15 da manhã. COMPARECE NO ESTÁDIO E APOIA O FC PENAFIEL

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

JOGOU-SE MUITO MAL

    Na luta pelos três pontos a equipa penafidelense mostrou-se uns furos abaixo do costume e perdeu por 1-0 com a Naval, equipa que apenas tinha ganho uma vez no campeonato. O jogo foi muito fraco de ambas as partes sendo as oportunidades de golo escassas para as duas equipas ao longo do jogo. O Penafiel até começou bem tentando criar perigo para a baliza adversária, mas o melhor que fez foi um remate ao ferro da baliza através de Aldair nos primeiros minutos. O jogo foi-se equilibrando, mas aos 43 minutos Joel que num erro crasso entrou de primeira e deixou-se antecipar pelo ex jogador penafidelense João Pedro, que sozinho centrou à vontade onde Marreco fez o primeiro e único golo da partida. Entretanto o jogo chegou ao intervalo sem que a equipa penafidelense pudesse fazer nada para inverter o resultado.
   Na segunda parte à espera de algo de novo , Miguel Leal apenas trocou Rafa que tinha já um cartão amarelo por Sérgio Organista. O futebol não mudou muito e apenas Aldair num remate fora da área importunou o guarda redes navalista. O técnico penafidelense  mostrou não arriscar nada e aos 63 minutos apenas trocou ponta de lança por ponta de lança, fazendo sair M'Bala e fazendo entrar Romeu Torres, nada mudou, pois o futebol penafidelense neste jogo foi pontapé para a frente ao contrário dos últimos jogos que era de futebol apoiado. A dez minutos do fim  Diogo Viana  que não fez nada durante o jogo deu o lugar a Coronas que claro entrou tarde no jogo e não deu para virar o resultado.
   O jogo terminou  com a derrota penafidelense por 1-0. Foi um resultado justo pois  a equipa penafidelense nunca fez nada para mudar o rumo dos acontecimentos, nunca criando jogadas de verdadeiro perigo para a equipa adversária. O momento do jogo foi o falhanço de Joel que deu o golo da Naval. Mais uma vez o técnico penafidelense mexeu tarde na equipa e isso valeu-lhe a derrota. Uma curiosidade aparte é que o Penafiel nos últimos 6 jogos na Figueira da Foz obteve 6 derrotas e jogando sempre abaixo do seu real valor.
   Agora o próximo jogo será frente ao Benfica B, um jogo difícil que mesmo assim poderá fazer esquecer este jogo na Figueira da Foz. Esperemos que assim o faça sem medo, querer ganhar e não esperar pelos últimos minutos para fazer alterações na equipa. O FC Penafiel está agora na 8.ª posição com os mesmo 17 pontos e um resultado que não a vitória no próximo jogo atirará a equipa para o meio da tabela. Frente ao último classificado a exibição foi a pior da época, o que será frente a uma das melhores equipas do campeonato? Esperemos que o técnico penafidelense e os próprios jogadores saibam levantar a moral da equipa, pois caso contrário o pior pode acontecer.
 
Jogo no Estádio Municipal José Bento Pessoa, na Figueira da Foz.
Naval-Penafiel, 1-0
Marcadores: 1-0, por Tozé Marreco, 43 minutos.

 
Equipas:
Naval 1.º de Maio: Guilherme, Carlitos, Diogo Silva, Tikito, Luís Tinoco, Filipe Melo, André Fontes, João Pedro, Regula (João Martins 85'), Roberto (Raul 72') e Tozé Marreco
Suplentes: Ricardo Neves, Raul, João Martins, Leo Bonfim, André Carvalhas, Bruno Di Paula e Vítor Alves
Treinador: Álvaro Magalhães

Penafiel: Coelho, Gabriel, Fábio Ervões, Leomar, Joel, Rafa (Sérgio Organista 46'), Ferreira, Robson, Aldair, MBala (Romeu 64') e Diogo Viana (Coronas, 81')
Suplentes: Nuno Santos, Pedrinha, Elísio, Coronas, Romeu, Pedro Santos e Sérgio Organista
Treinador: Miguel Leal

Árbitro: Marco Ferreira (Madeira)
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rafa (43') e Robson (71')


Assistência: 100 espectadores

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

LUTA POR TRÊS PONTOS

   Hoje o FC Penafiel joga com a Naval na Figueira da Foz em jogo a contar para a 10.ª jornada da segunda liga. A Naval encontra-se em último lugar do campeonato com apenas 5 pontos graças a uma vitória e dois empates, a vitória surgiu  frente ao Benfica sendo a única derrota que a equipa lisboeta obteve. Por isso o último lugar não quer dizer nada nesta divisão e todo o cuidado é pouco. Miguel Leal já pode contar com o extremo Diogo Viana, sendo uma das opções prováveis do onze inicial. Em relação à convocatória para este jogo só uma mexida, exatamente a entrada de Diogo Viana para o lugar de Vitor, que acabou o jogo em Aveiro em grande dificuldade física e talvez por isso a sua saída da convocatória.
   O técnico penafidelense tem praticamente todas as armas para ir buscar um bom resultado à Figueira da Foz, e claro um bom resultado é sem dúvida uma vitória. A luta dos 3 pontos será grande, pois a Naval quer sair da posição que está e o Penafiel quer-se manter nas posições da frente. Esperemos que a equipa rubro negra afunde a Naval continuando assim um início de época acima da média. O jogo será às 16:30 e a rádio clube de penafiel fará a sua cobertura como é habitual. A lista de convocados é a seguinte: Nuno Santos, Coelho, Joel, Gabriel, Pedro Santos, Leomar, Fábio Ervões, Rafa, Ferreira, Pedrinha, Sérgio Organista, Robson,  Elísio, Aldair, Coronas, Diogo Viana, M'Bala e Romeu Torres.  FORÇA PENAFIEL

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

MIGUEL LEAL PEDE APOIO DOS ADEPTOS

   No final do jogo o técnico penafidelense disse que sente a falta de apoio dos adeptos penafidelenses. Por um lado é verdade, os simpatizantes do clube já não acompanham a equipa por todo lado como o faziam à duas decadas atrás, mas os tempos são outros, não há tanto dinheiro, há mais coisas para fazer do que ir ao futebol, e o próprio futebol já não é o que era, agora  é um jogo de interesses que faz afastar os adeptos dos estádios. No sábado em Aveiro estiveram sensivelmente cerca de 50 penafidelenses nas bancadas, o que é o número normal de adeptos apoiar o FC Penafiel fora de casa. Dentro desses 50 adeptos, mais de metade pertenciam aos Penaboys, que apoiam sempre a equipa em todos os estádios. Os restantes penafidelenses que se encontravam no estádio eram familiares de jogadores e mais alguns que realmente gostam do clube e que gostam de acompanhar a equipa.

   O problema é que os adeptos penafidelenses nunca se juntam num sector, ficam dispersos na bancada, dando a sensação que não estão unidos em prol do mesmo, que é ver e apoiar o clube. Miguel Leal deu o exemplo dos adeptos do Leixões em Braga, que no final do jogo parece que tinham ganho o jogo. Realmente os adeptos do Leixões são grandes apaixonados pelo clube, e nas bancadas mostram que estão unidos, coisa que em Penafiel não acontece.
    Esperemos que Miguel Leal não tenha falado que sente a falta de apoio dos adeptos que normalmente apoiam o clube em todos os jogos, pois a esses não lhes podem apontar o dedo. No final do jogo todos os jogadores levaram uma salva de palmas e não houve um assobio. É normal que durante o jogo se um jogador tiver a jogar mal peçam para o tirar, mas nunca são assobiados.
 
    O técnico penafidelense pede o apoio dos adeptos , mas nunca se lembrou de dizer publicamente, obrigado ou ter uma palavra simpática aos adeptos que acompanham sempre os jogos. Se falta apoio nas bancadas não é de certeza culpa dos Penaboys ou dos restantes adeptos que acompanham a equipa, mas sim dos que não vão aos estádios. Por isso faz-se um apelo aos penafidelenses que normalmente vão ver o futebol fora do 25 de abril, que se juntem na bancada e sejam unidos. Para aqueles que gostam do clube, comecem a ir ver o futebol fora de casa. Normalmente quando há jogos longe de Penafiel há sempre um autocarro disponível para levar adeptos, porque não o utilizam!? VAMO-NOS UNIR E APOIAR O CLUBE.

domingo, 21 de outubro de 2012

AZAR NA LOTARIA DOS PENALTIS

   O FC Penafiel ficou de fora da próxima eliminatória da taça de portugal. O jogo foi a prolongamento, pois nos 90 minutos as equipas foram incapazes de marcar golos, nos 30 minutos de prolongamento o nulo continuou e a lotaria das grandes penalidades levou o Beira-Mar à próxima eliminatória. Fábio Ervões e Rafa falharam as sua grandes penalidades e deixaram mais uma vez o FC Penafiel longe do Jamor. No que diz respeito ao jogo, o Beira-Mar foi quase sempre inferior à equipa liderada por Miguel Leal. Poucas ocasiões de golo houveram, mas a equipa penafidelense dominou a maior parte do jogo. Romeu Torres foi uma referência na frente, ganhando bolas de cabeça e fixando os centrais, pena foi que Coronas e Elísio não estiveram à altura do jogo. Miguel Leal demorou a perceber isso e numa altura que se percebeu que o Penafiel podia ganhar o jogo o técnico não  fez as substituições devidas, Coronas por exemplo aos 60 minutos pouco corria às bolas  e tendo no banco jogadores capazes de dar um abanão no jogo esperou quase pelo fim do jogo para refrescar a equipa. No prolongamento sem Romeu Torres na frente o Penafiel pouco importunou Rui Rêgo e foi o Beira-Mar que criou mais pergigo mas somente de bola parada.  O meio campo penafidelense sem Robson e sem Ferreira portou-se bem, com Pedrinha e Sérgio Organista nos seus lugares, a defesa afastou sempre o perigo da baliza de Nuno Santos e esteve bem. Foi pena e injusta a saída dos rubro negros da taça de portugal, mas nem sempre a melhor equipa ganha. Para o ano há mais taça para o FC Penafiel. Diga-se de passagem que o Beira-Mar é uma equipa fraca e um clube fraco, não tem futebol para jogar na primeira liga, nem uma massa associativa forte para apoiar o clube. No jogo não estiveram mais de 200 adeptos e 50 eram do FC Penafiel. É pena haver clubes assim em Portugal ainda por cima na 1.ª divisão, mas é o futebol que temos.
 
Estádio Municipal de Aveiro.
Nos 120 min. - 0-0
Resultado: 4-2 nas grandes penalidades
 
  O Penafiel alinhou com Nuno Santos, Gabriel, Vitor, Leomar, Fábio Ervões, Rafa, Sérgio Organista, Pedrinha (Ferreira 109'), Elísio, Coronas ( Aldair 85') e Romeu Torres (M'Bala 89').
 
   Beira-Mar: Rui Rêgo, Sasso, Hugo, Fleurival (Balboa 45'), Ruben (Serginho 64'), Jaime, Nildo, Pedro Moreira, Cédric (Helder Lopes 74'), Joaozinho e Abel Camará.
 
Árbitro: Olegário Benquerença.
 

Assistência: 200 espetadores