terça-feira, 28 de abril de 2015

GOTTARDI O MELHOR EM CAMPO

  Mais uma vez como o jogo do Arouca o guardião adversário foi o melhor jogador em campo e o resultado na Choupana foi uma derrota por 2-0. Este ano a sorte nada quer com o Penafiel e a aselhice, o azar, as exibições dos guarda redes adversários, as arbitragens, as más aquisições de inverno estão a colocar o Penafiel na segunda liga.
  Ontem o FC Penafiel debateu-se bem com uma equipa que está a lutar pela Europa mas novamente as falhas defensivas foram evidentes. Os dois golos do Nacional aconteceram de bola parada onde os defesas penafidelenses foram muito passivos. No primeiro Zainadine "penteou" a bola completamente sozinho sem estar um jogador penafidelense por perto. No segundo, Tiago Valente mais uma vez teve culpas num golo deixando-se antecipar a Soares que cabeceou para o fundo das redes de Coelho. Carlos Brito teve algumas condicionantes durante o jogo, Haghighi bateu com a cabeça no poste aos 42 minutos e teve que ir para o hospital sendo substituído por Coelho. Rafa aos 66 minutos foi expulso indevidamente com o segundo amarelo depois de uma falta que não merecia a cartolina. Na primeira parte Guedes João Martins e André Fontes criaram os principais lances de perigo mas Gottardi evitou sempre o golo. Na segunda parte foi Rabiola e Ezequiel que tentaram o golo mas o guarda redes brasileiro estava em dia sim.
  E quem ainda tinha esperanças numa permanência ontem ficaram por terras onde no ano passado deu uma subida de divisão.
  O futebol é isto e agora há que jogar até ao final do campeonato com brio e profissionalismo.

Neste jogo o Penafiel alinhou com Haghighi (Coelho 42'), Dani, Ustaritz, Tiago Valente, Vitor Bruno, Rafa, João Martins, André Fontes, Ezequiel (Braga 74'), Quinones, Guedes (Rabiola 57'). Suplentes não utilizados: Pedro Ribeiro, Romeu Ribeiro, Aldair e M'Bala.

Sem comentários: