terça-feira, 17 de maio de 2016

AUDITÓRIO DO FC PENAFIEL LOTADO

  Decorreu na noite de ontem a tomada de posse dos novos órgãos sociais do clube. O auditório esteve lotado estando cerca de quatro dezenas de associados presentes. Vários assuntos foram falados na assembleia e nada foi esquecido.
  A tomada de posse correu naturalmente faltando dois elementos que por motivos pessoais não puderam estar presentes. 

  O presidente da assembleia geral teve as primeiras palavras da noite, falou de quatro antiquíssimos sócios que faleceram recentemente, casos do sócio n.º1 Serafim Durães, o Sr. José Barreira, Sr. Aires e outro sócio conhecido por Tião Bessa. Fazendo -se um minuto de silêncio por estes sócios falecidos.
   
   Na ordem de trabalhos estava a atribuição de um título honorífico, título este que foi concedido a Alberto Simões presidente da assembleia geral. A Alberto Simões foi dado o título de presidente honorário, titulo concedido anteriormente apenas a duas pessoas, Justino do Fundo e António Gomes.
  Na votação ninguém se absteve nem votou contra e diga se que é totalmente merecido. Alberto Simões desde muito novo esteve ligado ao clube representando vários cargos como por exemplo o de presidente de direção. Nunca voltou as costas ao FC Penafiel e quando foi chamado para defender as cores rubro negras nunca disse não. Alberto Simões agradeceu o título e partilhou-o com todos os penafidelenses que no anonimato ou não sempre ajudaram o FC Penafiel.

   O novo presidente António Gaspar Dias tomou a palavra e falou de alguns assuntos do clube, como por exemplo da formação que tem estado com um ótimo desempenho mas que há sempre muito trabalho a fazer. Falou também na angariação de associados como uma meta, falou nos preços dos bilhetes dos jogos estando aberto a ideias.
  Teve umas palavras sobre os Penaboys que sempre estiveram ao lado do clube e que algumas divergências de ideias não são um obstáculo para ambos e ainda agradeceu o apoio que esta associação tem dado ao FC Penafiel.
   Agradeceu também aos homens que geriram o clube nesta sua ausência mais propriamente ao Sr. Melo que fez um excelente trabalho.  
  Deu-se ênfase à regeneração dos orgãos sociais com caras novas, pessoas mais novas, e com mulheres em vários cargos coisa que não é habitual na direção do clube.
  Também disse que as contas continuarão a ser rigorosas não entrando em euforias em grandes contratações.
  Tanto Gaspar Dias como Alberto Simões falaram da união penafidelense, que um clube pequeno em termos de pessoas e associados haja tanto falatório, alguma desunião e que não "puxem" todos para o mesmo lado. 
   É uma verdade absoluta, pois há pessoas que fazem criticas sem razão, pessoas que às vezes nem sócias são mas gostam de comentar e criticar tudo e todos. As pessoas que fazem isto não percebem que assim o único prejudicado é o FC Penafiel. Mas o melhor é nem ligar a estas pessoas, pois são pessoas frustradas que tentam denegrir o FC Penafiel o maior clube do nosso concelho. Como o presidente diz, quem gosta do FC Penafiel será bem vindo, mas quem não gosta é deixa-los ir à sua vidinha...
  Isto foi um apanhado geral da assembleia geral que foi finalizado com um VIVA AO FC PENAFIEL

1 comentário:

Bruno Moreira disse...


Acho que a volta do Presidente pode ser benefica ao Clube. Espero que tenhamos uma epoca com mais alegrias que esta que se encerrou.

Saudade de estar no 25 de Abril.

um abraco a todos

Bruno Moreira